Juazeiro do Norte. CRI promove caminhada em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra à Pessoa Idosa

Juazeiro do Norte. CRI promove caminhada em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra à Pessoa Idosa

Juazeiro do Norte. CRI promove caminhada em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra à Pessoa Idosa

Cerca de 300 idosos percorreram a Rua São Pedro, no Cetro de Juazeiro do Norte, nesta quarta-feira, 14, com faixas e cartazes chamando a atenção da população sobre a necessidade de combater qualquer tipo de violência contra à pessoa idosa. A caminhada terminou no Serviço Social do Comércio (SESC), onde foram oferecidos serviços de saúde para os participantes.

Os participantes tiveram direito a brindes, lanche, aferição de glicemia e pressão e aula de ginástica oferecida por educadores físicos. Também estiveram presentes, o grupo de idosos do CRAS do território Frei Damião e equipe técnica da SEDEST. Segundo os organizadores do evento, essa é uma forma de despertar na população, de forma mais direta, a conscientização do respeito para com as pessoas idosas.

Serviços

Diariamente, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST) desenvolve atividades que trabalham a autoestima e o autoconhecimento por meio de serviços específicos que promovem o envolvimento social para as pessoas idosas, por meio do Centro de Referência do Idoso.

Atualmente, o equipamento atende 384 idosos, oferecendo condições psicológicas e físicas, e trabalhando o envolvimento social por meio de atividades prazerosas. Educação física, hidroginástica, fisioterapia, massoterapia, atendimento geriátrico e psicológico, tanto individual quanto em grupo, artesanato e coral, equipe de enfermagem e de assistentes sociais todos os dias, são alguns dos serviços oferecidos pelo Centro.

Denúncias

Diariamente são registrados casos de violência ao idoso, quando uma denúncia dessa natureza é registrada, imediatamente é encaminhada a uma equipe da Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI) junto ao Programa de Atenção Integral à Família (PAIF) para apuração de informações e os devidos encaminhamentos para atendimentos especializados.

Dia de combate

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra à Pessoa Idosa foi instituído em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, com objetivo de criar consciência mundial, social e política da existência de tal violência e, consequentemente, disseminar a ideia de não silenciá-la ou aceitá-la como normal.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Trabalhadores negam deficit e criticam reforma da Previdência

Trabalhadores negam deficit e criticam reforma da Previdência

Trabalhadores negam deficit e criticam reforma da Previdência

Agência Senado

Sindicatos e confederações que representam trabalhadores criticaram nesta quarta-feira (14) a Proposta de Emenda à Constituição enviada ao Congresso Nacional pelo presidente da República com mudanças na Previdência. As entidades participaram de uma audiência pública interativa promovida pela CPI do Senado que investiga a contabilidade da Previdência Social. A PEC 287/16 está na Câmara dos Deputados.

O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo, Moacyr Auersvald, afirmou que a Previdência não tem déficit. Ele disse que o setor faz parte da Seguridade Social – sistema de proteção que inclui as áreas de saúde e assistência e conta com diversas fontes de financiamento. Citando dados da Associação Nacional dos Auditores Fiscais, Moacyr Auersvald afirmou que a Previdência fechou 2015 com saldo de R$ 24 bilhões. Para o governo, o déficit naquele ano foi de R$ 85,8 bilhões.

“A questão é a falácia da Previdência. Uma mentira falada diversas vezes acaba virando verdade. O governo está fazendo isso. E fazendo muito bem. A gente anda na rua e está cheio de out door dizendo que a Previdência está quebrada”, disse Moacyr Auersvald.

O representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Indústria, Vilson Romero, afirmou que, antes de mexer na Previdência, o governo federal precisa ser mais eficiente na recuperação das dívidas dos grandes devedores. De acordo com ele, o governo só consegue reaver 1,5% do total dos débitos a cada ano.

“Não há instituição no Brasil que seja mais saqueada do que a Previdência Social. Os 500 maiores devedores devem juntos R$ 426 bilhões. Precisamos de mais procuradores, mudar a legislação e rever os Códigos de Processo Civil e Penal, que não dão ferramentas para recuperar um valor expressivo com mais agilidade”, disse Vilson Romero.

O diretor da Federação Nacional do Fisco, Pedro Lopes de Araújo, criticou as renúncias fiscais concedidas pela União. Elas representaram quase 30% do déficit de R$ 149,7 bilhões apurado pelo governo nas contas da Previdência em 2016. Pedro de Araújo destacou o impacto dessas desonerações sobre os sistemas próprios de previdência de estados e municípios.

“A partilha da União para estados e municípios se dá sobre o Imposto de Renda e o Imposto sobre Produtos Industrializados. Nesse caso específico, 44% vão para estados e municípios. Quando a União abre mão de R$ 58,2 bilhões em 2017, os estados e deixam de receber R$ 12,9 bilhões, e os municípios, R$ 14,1 bilhões em virtude dessa desoneração”, disse Pedro de Araújo.

O diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde, Mário Jorge dos Santos Filho, afirmou que a intenção do governo com a reforma é transferir a exploração da Previdência para a iniciativa privada.

“A estratégia é sucatear a máquina pública para entregar tudo aos empresários estrangeiros. É preciso que a gente faça frente a essa propaganda enganosa que o governo federal está financiando nas mídias. A Previdência não é deficitária. O que falta é boa vontade do governo para botar a máquina para funcionar com eficiência”, disse Mário Jorge.

O representante da Federação dos Trabalhadores em Instituições de Ensino Superior Públicas, Mozart Simões, criticou a pressa do governo em aprovar a matéria no Congresso Nacional.

“No Brasil, parece que reivindicar é crime. A reforma da Previdência é feita a toque de caixa. Essa CPI vai apontar o que todo mundo já sabe: a Previdência não é deficitária. Vamos parar a votação da reforma enquanto temos uma CPI. Depois, a gente analisa se vai em frente ou não”, disse Mozart Simões.

O senador Lasier Martins (PSD-RS) afirmou que, ao final das investigações, a CPI da Previdência precisa apresentar respostas:

“Qual é o verdadeiro débito da Previdência? Por que a Previdência se endividou? Que critérios são seguidos para a cobrança? Por que há tanta demora para a recuperação dos débitos? Porque há privilegiados? Haverá no Brasil órgão mais fraudado do que a Previdência? Se essa sangria fosse contida, quem sabe não precisaríamos disso que está preocupando tanto a sociedade brasileira, pela severidade e pela forma cruel com que se propõe a reforma da Previdência”, disse Lasier Martins.

O presidente da CPI, senador Paulo Paim (PT-RS), adiantou pontos que devem constar no relatório do senador Hélio José (PMDB-DF):

“No relatório final, vamos apresentar uma série de sugestões no campo da gestão da Previdência. Porque o que temos muito claro é que a questão é de gestão, fiscalização, combate à sonegação, não dar mais chance de renegociação de dívidas e que o dinheiro da Previdência fique efetivamente com a Previdência”, disse Paulo Paim.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Maia: Congresso pode suspender recesso para votar denúncia contra Temer

Maia: Congresso pode suspender recesso para votar denúncia contra Temer

Maia: Congresso pode suspender recesso para votar denúncia contra Temer

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admitiu nesta quinta-feira (15) que o Congresso Nacional pode suspender o recesso parlamentar, que vai de 18 a 31 de julho, caso o Supremo Tribunal Federal (STF) receba da Procuradoria-Geral da República a denúncia contra o presidente Michel Temer.

O Supremo pode aceitar a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e tornar Temer réu, caso o presidente não obtenha 172 votos na Câmara.

Há expectativa de que Janot apresente a denúncia na semana que vem. A decisão de Rodrigo Maia agrada ao Palácio do Planalto, já que a votação imediata abreviaria o desgaste de Temer. Segundo Maia, a Câmara tem tem o papel de “começar e encerrar o assunto”

Não há consenso, porém, sobre a suspensão do recesso parlamentar. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), por exemplo, não foi solicitado para ajudar o governo e também não se manifestou sobre o assunto. Para suspender o recesso, Câmara e Senado precisam aprovar por maioria simples um requerimento de convocação extraordinária apresentado por Temer, por Eunício, Maia ou pela a maioria dos deputados e senadores.

A denúncia contra Temer, que parte da gravação de uma conversa do presidente da República com o dono da JBS, Joesley Batista, e de delações de executivos da empresa, deve reiterar os crimes de obstrução de justiça, organização criminosa e corrupção passiva, os mesmos crimes que embasaram a abertura de inquérito contra o peemedebista no Supremo.

JORNAL DO BRASIL

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Embrapa: 174 milhões de hectares de mata preservada estão em áreas privadas

Embrapa: 174 milhões de hectares de mata preservada estão em áreas privadas

Embrapa: 174 milhões de hectares de mata preservada estão em áreas privadas

De acordo com a Embrapa, os agricultores preservam mais do que a lei exige em todos os estadosImagem de divulgação/Fiocruz/direitos reservados
Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) indicam que mais de 174 milhões de hectares de vegetação nativa preservados estão dentro de imóveis rurais particulares. A quantidade corresponde a 47,7% da área total dos imóveis rurais brasileiros cadastrados no Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SICAR) até dezembro de 2016, excluindo os estados do Mato Grosso do Sul e do Espírito Santo, que ainda não estão no sistema.

“Em todos os estados, os agricultores preservam mais do que a lei exige. Eles estão todos acima do mínimo. Esse mínimo é por bioma. No bioma Mata-Atlântica é 20%, no bioma Cerrado e Pampa também. Passa a 35% quando o cerrado está na Amazônia Legal, enquanto no bioma Amazônia é 80% [a exigência] de área preservada”, destacou o coordenador do estudo e pesquisador da Embrapa Evaristo de Miranda.

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um registro eletrônico, obrigatório para todos os imóveis rurais. Ele foi instituído pelo novo Código Florestal. Os agricultores têm prazo para cadastrar todo o seu capital ambientalaté o fim de 2017. No entanto, a maioria dos registros já havia sido feita até dezembro de 2016.

Oportunidade

“O governo fala de pagamentos de serviços ambientais, diz que é bom para o planeta, para a bacia hidrográfica e para a chuva. Mas quem está bancando sozinhos são os agricultores, muitos deles pequenos produtores. Às vezes, para eles isso é pesado. Acho que a gente deveria, com esses números, se inspirar para buscar caminhos que pudessem ajudar um pouco esses agricultores pelo que eles fazem por todos”, acrescentou Miranda.

Para o gerente do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), Luís Fernando Guedes, a grande quantidade de mata preservada dentro dos imóveis rurais pode representar um diferencial e uma oportunidade comercial para o país.

“É uma oportunidade potencialmente comercial de colocar aos mercados internacionais que nossa produção está associada à conservação, usando para isso as certificações e vários outros instrumentos. Podemos atrair recursos capitais que vão manter a floresta em pé, para os serviços ambientais. É uma questão de reputação e imagem do Brasil na comunidade internacional”, destacou.

Agenda

Guedes afirmou que a quantidade de mata preservada não deve ser encarada como justificativa para uma elevação no desmatamento. “A agenda que o Brasil protege muita floresta é uma agenda positiva. É uma oportunidade e ela não é um argumento para justificar que precisa desmatar mais.”

“Não tem nenhum argumento que justifique desmatar para aumentar a produção agropecuária. O aumento da nossa safra, da riqueza gerada pelo setor ela pode acontecer pela via da intensificação, de uso mais racional da terra, de um aproveitamento melhor das áreas abertas”, concluiu.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Em Várzea Alegre, motoqueiro é socorrido desacordado ao hospital ao colidir moto com automóvel.

Em Várzea Alegre, motoqueiro é socorrido desacordado ao hospital ao colidir moto com automóvel.

Em Várzea Alegre, motoqueiro é socorrido desacordado ao hospital ao colidir moto com automóvel.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Arquivo

O agricultor Raimundo Nonato Rodrigues Monteiro 32 anos, residente na 10 de Maio, 85 em Várzea Alegre-CE foi socorrido por volta das 21h35min, desta quarta-feira (14), desacordado ao hospital São Raimundo daquela cidade após ter colidido sua motocicleta Honda CG 150 Fan de cor vinho e placa: OCT-7805 com automóvel Chevrolet Corsa Classic de cor preta, de placa NRE-1307.

Ao ser avisada a polícia militar compareceu ao local obtendo a informação junto a motorista do carro, a professora Erilânia Vieira de Sousa 33 anos, que seguia pela via quando o motoqueiro colidiu na traseira de seu veículo. Os militares acionaram o SAMU que conduziu Raimundo Nonato desacordado ao hospital onde o mesmo ficou em observação. A motocicleta do mesmo foi e sua motocicleta foi entregue a seu familiares.

Outras ocorrências:

LAVRAS DA MANGABEIRA Ontem por volta das 19h01min, policiais do RAIO ao patrulhar no Bairro Caixa De Água se deparou na rua Leila Ferrer com o menor D.S.B.S.A, 15 anos, residente na rua Leila Ferrer, naquele bairro, conduzindo uma motocicleta Honda CG Fan 125, ano 2010, preta de placa PMK 8337 que ao ser abordado, foi encontrada em poder do mesmo, uma arma artesanal tipo pistola, calibre 32. O acusado foi conduzido a DP de Iguatu/CE para procedimento de praxe.

Já por volta das 23h20min, a guarnição militar composta pelo sargento Vidal e soldados Siqueira e P Fernandes ao patrulhar no centro da cidade de Lavras da Mangabeira se deparou com uma moto 150 vermelha de placa OIO 3801 ANO 2002, cujo o proprietário José Diego Passos da Silva Sousa, 26 anos, aposentado, residente na rua Francisco batista de Almeida, 205 B-centro, trafegava em alta velocidade praticando direção perigosa.

No momento da abordagem o acusado resistiu a prisão e desacatou o policiais com palavras de baixo calão. O mesmo aparentemente estava com sinais de embriagues e acabou conduzido a DP de Iguatu para procedimentos cabíveis.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Lesão à bala seguida de morte registrada no final da manhã desta quinta-feira, em Juazeiro do Norte.

Lesão à bala seguida de morte registrada no final da manhã desta quinta-feira, em Juazeiro do Norte.

Lesão à bala seguida de morte registrada no final da manhã desta quinta-feira, em Juazeiro do Norte.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Arquivo/Caririceara

Um crime de morte com características de vingança foi registrado na manhã desta quinta-feira, dia 15 na rua Maria Generosa de Almeida, no bairro São José, em Juazeiro do Norte.

Um rapaz de nome Rafael David Guedes dos Santos,  19 anos de idade, o “Rafinha” como era mais conhecido e residia na localidade denominada Vila Real, no Bairro Parque Frei Damião veio a óbito por volta das 11h20min após ter sido baleado por um motociclista usando capacete preto que empreendeu fuga antes de ser identificado seguindo destino ignorado.

Familiares ainda chegaram a socorrer o parente lesionado ao Hospital Regional do Cariri que faleceu ainda no trajeto, tendo sido  confirmada a morte do mesmo no setor de emergência do HRC.

No local do crime, populares relataram que dias atrás, Rafinha havia atirado contra um topiqueiro, informação essa ainda não confirmada e nem desmentida pela polícia. Ainda segundo testemunhas, o acusado fugiu pilotando uma motocicleta Honda Bros de cor vermelha,  rebocando um baú.

O Núcleo de Ciências Forense (Antigo Instituto Médico Legal-IML) foi comunicado da morte e acionou uma equipe do rabecão para comparecer ao hospital e fazer o traslado do corpo para ser necropsiado.

Segundo o boletim da CIOPS Juazeiro enviado a imprensa, consta no sistema informações policiais contra Rafinha, dois procedimentos como infrator, um de roubo a pessoa, em 2015, e uma lesão corporal dolosa, registrada em 2016. A morte dele foi o sexto homicídio do mês de junho em Juazeiro do Norte, e o sexagésimo terceiro do ano no município. O último ocorreu na  manhã da terça-feira, dia 13, quando Francisco Pereira de Sousa, apelidado por “Pereira agiota” que residia na Rua Santana Soares, Bairro Jardim Gonzaga, foi executado a bala por volta das 11h30min, na rua Augusto Dias de Oliveira, bairro Novo Juazeiro. Nos dois casos, apesar das diligencias realizada pela Polícia, os acusados permanecem foragidos.

 

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Dakota Johnson aposta em produção fácil e estilosa

Dakota Johnson aposta em produção fácil e estilosa

Dakota Johnson aposta em produção fácil e estilosa

A atriz tem a receita perfeita para deixar a combinação de camiseta + legging mais descolada

Revista “Capricho”

A produção com camiseta braca + legging preta + tênis é bem básica, mas Dakota Johnson conseguiu adicionar um toque fashion ao visu com um truque simples: amarrar a camisa xadrez na cintura. Básico e descolado, né?

(Fotos:/AKM-GSI)

 

 

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Sergio Marone quer investir na carreira de apresentador: “Gosto de falar sem ter um personagem”

Sergio Marone quer investir na carreira de apresentador: “Gosto de falar sem ter um personagem”

Sergio Marone quer investir na carreira de apresentador: “Gosto de falar sem ter um personagem”

Hoje um dos principais nomes da Record, Sergio Marone pensa em investir mais na carreira de apresentador. Após cobrir as férias de César Filho no Hoje em Dia, o ator foi chamado para fazer o Dancing Brasil e atualmente divide o comando da atração com Xuxa Meneghel. “Eu de fato quero muito investir nessa carreira. Eu gosto muito disso, gosto de falar sem ter um personagem, poder ser eu mesmo, falar diretamente olhando pra câmera, porque quando a gente faz novela a gente tem que ignorar a câmera. São coisas diferentes que me desafiam”, disse ele em entrevista exclusiva à CARAS Online.

O reality show de dança com os famosos já está em sua reta final e Sérgio está mais que confirmado para a segunda temporada. “Fui do Hoje em Dia para o Dancing, vou voltar pro Hoje em Dia e depois volto pro Dancing”, brinca ele.

Mas os fãs não precisam se preocupar, o galã não irá abandonar a carreira de ator e volta ano que vem na trama bíblica Apocalipse. “No final do ano começam as gravações, acho que será uma novela que vai dar o que falar”.

Com informações e foto da Revista “Caras”

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Tasso Jereissatti diz que o PSDB terá que purgar suas feridas

Tasso Jereissatti diz que o PSDB terá que purgar suas feridas

Tasso Jereissatti diz que o PSDB terá que purgar suas feridas

Extra Online – Foto: Divulgação

Em conversa com o GLOBO na tarde desta quarta-feira, dois dias depois da reunião da Executiva que decidiu por aclamação continuar apoiando o governo Michel Temer, o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissatti diz que o PSDB terá que purgar suas feridas, fazer um mea culpa, e buscar, na refundação, os princípios da frase que marcou a saída do PMDB e sua criação: ” Longe das benesses do poder e perto das ruas”. Tasso diz que a reunião foi “uma grande catarse”, mas ninguém votou para ficar no governo até o fim.

— Em nenhum momento pedimos o impeachment de Temer ou Diretas Já. O que pregamos é ficarmos mais desligados do governo, do toma lá da cá, do fisiologismo. (Que) nós deveríamos discutirmos (um novo modelo de presidencialismo) fora do governo — disse Tasso, voto vencido na tese de que era possível continuar apoiando as reformas, fora do governo.

Ele minimizou o peso da ameaça feita pelo presidente do PMDB, Romero Jucá (RR), de que o partido não apoiaria o candidato tucano em 2018. Mas admite que o desembarque quase certo no meio da semana passada, refluiu para a manutenção do apoio segunda-feira.

— Não sei dizer o que aconteceu. Houve uma mudança de discurso muito grande de alguns, de quinta-feira para cá. Quem estiver pensando em aliança para 2018 saiu do sonho e passou para o delírio. No quadro de descrença política que vivemos hoje é arrogância achar que teríamos um candidato preferencial. Temos que pensar no Brasil hoje — avalia o presidente tucano.

Ele nega também que alguém do PMDB tenha conversado com ele sobre um acordo de apoio ao governo em troca de salvar o senador afastado Aécio Neves, no Conselho de Ética da Casa, dominada por peemedebistas.

— Ninguém chegou a insinuar algo nesse sentido comigo. Seria uma atitude política muito rasteira.

Tasso diz que as delações da JBS, para ele, são mais escandalosas até que as da Odebrecht.

— Revelam relações profundamente desonestas, antirrepublicanas, ilegais entre um grupo que forma aquilo que não pode nem deve ser o empresário brasileiro com políticos que se deixaram cair na tentação ou armadilhas desse grupo. Essa delação, aí eu falo como empresário que já fui, é muito ruim para os empresários, porque o empresário brasileiro não é assim. Isso é uma deformação do empresário brasileiro. Então atinge a todos.

E considerou a prisão da irmã de Andreia Neves, irmã de Aécio, “uma violência”.

— Eu não vi pessoas muito mais envolvidas, com muito mais evidências do que ela sendo presas. Acho uma violência, sem julgamento, de forma preventiva, ela não representa (ameaça). E é bom dizer com toda a clareza que existem abusos, sim, do Ministério Público, do Judiciário e mesmo a questão do afastamento do Aécio, que não existe essa figura na Constituição. Tenho muita confiança que o Supremo veja com muita serenidade, sem nenhuma parcialidade o que está acontecendo.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Funaro volta a depor e pode ampliar pressão sobre Temer

Funaro volta a depor e pode ampliar pressão sobre Temer

Funaro volta a depor e pode ampliar pressão sobre Temer

Extra Online – Foto: Divulgação

BRASÍLIA – O operador Lúcio Bolonha Funaro está prestando um novo depoimento à Polícia Federal no inquérito para investigar o presidente Michel Temer e o ex-assessor Rocha Loures pelos crimes de corrupção, organização criminosa e obstrução de justiça. Funaro foi chamado para esclarecer algumas questões relativas ao primeiro interrogatório a que foi submetido no último dia 2. O operador deverá ainda fornecer mais detalhes dos casos mencionados anteriormente. As revelações do operador podem aumentar complicar a situação de Temer e do ex-ministro Geddel Vieira Lima, entre outros.

No primeiro depoimento, Funaro acusou Geddel de fazer sondagens para saber se ele iria mesmo fazer acordo de delação premiada, como estava sendo ventilado pela imprensa. O ex-ministro, um dos principais aliados de Temer, teria ligado várias vezes para a mulher de Funaro em busca de informações sobre os planos do operador. Numa conversa com Temer, em 7 de março deste ano, o empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, disse que estava pagando mesadas a Funaro e ao ex-deputado Eduardo Cunha para que os dois não fizessem delação. Temer teria dito, “tem que manter isso. Viu ?”.

Funaro afirmou também que até ser demitido, Geddel era o principal interlocutor de Batista no governo. A questão é importante porque, ainda na conversa com Temer, Batista diz que, com Geddel fora de cena, precisaria de um novo interlocutor. Temer indica, então, Rocha Loures para tratar de “tudo” com o empresário. Dias depois, o ex-assessor sai a campo, trata de decisões e cargos estratégicos do governo com Batista. Num outro momento, é filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil de Ricardo Saud, operador da propina da JBS.

O dinheiro seria a primeira parcela de um suborno que, pelos cálculos da Policia Federal, bateria casa dos R$ 600 milhões ao longo de 25 anos. Segundo Saud, o dinheiro seria para Temer. As conversas e o recebimento do dinheiro resultaram na abertura de inquérito no Supremo Tribunal Federal e na prisão de Loures. No início Funaro se mostrava reticente em colaborar. Mas, há duas semanas, contratou o advogado Antonio Figueiredo Basto para negociar acordo de delação com a Procuradoria-Geral da República.

Na semana passada, o advogado Bruno Espiñeira Lemos, coordenador da defesa de Funaro, disse que operador está decidido a colaborar com a Justiça.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados