Sesc Juazeiro abre inscrições para oficinas de Férias para educadores

Sesc Juazeiro abre inscrições para oficinas de Férias para educadores

Sesc Juazeiro abre inscrições para oficinas de Férias  para educadores

Durante o mês de julho, a Formação Contínua de Educadores do Sesc*, braço social do Sistema Fecomércio-CE, realiza uma série de Oficinas de Férias na Escola Educar Sesc Juazeiro do Norte. Voltadas para quem trabalha com educação, as ações auxiliam na capacitação profissional. As inscrições são realizadas no Relacionamento com Clientes na Unidade Juazeiro do Sesc até o preenchimento das vagas.

Serão realizadas oficinas de Multidisciplinaridade através do origami e A Arte de Ilustrar Livros para Crianças e Jovens, voltadas para clientes do Programa de Comprometimento de Gratuidade (PCG), além de Contação de Histórias como Prática Educativa e Libras instrumental para Educadores, que também são abertas para os demais clientes do Sesc.

Os clientes PCG, que têm inscrições gratuitas, são aqueles egressos de escola pública com renda mensal de até três salários mínimos e que sejam comerciários ou dependentes de comerciários. Para se inscrever é necessário apresentar RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de estar cursando ou ter cursado Ensino Médio em instituição pública. Para os demais clientes os valores variam de acordo com a carteira Sesc.

Oficinas de Férias

Multidisciplinaridade através do origami – Carga horária 20h

Período: 3 a 24/ jul.

Horário 14h às 17h

Ministrante: Prof. Carlos Oliveira

Público: Alunos PCG

Contação de Histórias como Prática Educativa

Período: 4 a 20/ jul

Horário 14h às 17h

Ministrante: Prof. Elizabete Gomes

Público: Alunos PCG e Clientes em Geral

Valores para clientes: Comerciário – R$ 27 / Conveniado – R$ 30 / Usuário – R$ 32

Libras instrumental para Educadores

Período: 5 a 21/jul

Horário 14h às 17h

Ministrante: Prof. Jocelândio Batista

Público: Alunos PCG e Clientes em Geral

Valores para clientes: Comerciário – R$ 27 / Conveniado – R$ 30 / Usuário – R$ 32

A Arte de Ilustrar Livros para Crianças e Jovens

Período: 25 a 28/jul

Horário 14h às 17h

Ministrante: Prof. Alexandra Maciel

Público: Alunos PCG

SERVIÇO

Formação Contínua de Educadores – Oficinas de Férias

Local: Escola Educar Sesc Juazeiro do Norte (Rua José Marrocos, 2265)

Data: 3 a 28/7

Inscrições: Setor de Relacionamento com Clientes da Unidade Juazeiro do Sesc (Rua da Matriz, 227)

Informações: (88) 3511.8217 / (88) 3512.3355

*Instituição mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo.

www.sesc-ce.com.br

Facebook: /sescceara

Twitter: @sesc_ce

Instagram: sescce

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Governo Temer estuda fim do abono salarial.

Governo Temer estuda fim do abono salarial.

Governo  Temer estuda fim do abono salarial.

Com reforma da Previdência em risco, governo estuda fim do abono salarial

Estadão

Se a votação da reforma da Previdência naufragar no Congresso Nacional, a equipe econômica já trabalha com uma alternativa para cortar despesas e garantir o cumprimento do teto de gastos e a volta de superávits primários nas contas públicas. A ideia é acabar com o pagamento do abono salarial.

O benefício, que é pago anualmente aos trabalhadores inscritos no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e que têm rendimento médio mensal de até dois salários mínimos, custará R$ 17 bilhões neste ano. Tradicionalmente, era pago de julho a outubro para todos os 22 milhões de trabalhadores que têm direito. Desde 2015, porém, o governo da ex-presidente Dilma Rousseff dividiu o pagamento em duas etapas, como forma de diluir o custo.

O benefício também passou a ser pago proporcionalmente ao tempo de serviço, de maneira semelhante ao 13.º salário – ou seja, atualmente varia de R$ 78 a R$ 937. O custo político do fim do abono salarial, porém, seria bem alto, uma vez que seus beneficiários são a camada mais pobre da população.

Embora o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, considere ainda viável a aprovação das novas regras para aposentadorias e pensões no segundo semestre, depois da votação da reforma trabalhista, sua equipe tem em mãos uma série de medidas que poderão ser adotadas no caso de a proposta de reforma previdenciária ser desidratada ou mesmo não for aprovada.

Segundo apurou o Estadão/Broadcast, a Fazenda monitora as negociações da reforma diante do quadro político instável. Mas o ministério não vai ficar parado se a reforma não avançar, informou um membro da equipe econômica, destacando que há alternativas para garantir uma trajetória sustentável da dívida pública.

O fim do abono chegou a ser discutido há um ano, durante a elaboração da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do teto de gastos. Na última hora, a proposta foi retirada, assim como outras medidas mais duras, como o financiamento, pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) – responsável pelo pagamento do seguro-desemprego e do abono salarial –, de despesas de Previdência dos trabalhadores da iniciativa privada e dos servidores públicos, além de benefícios assistenciais previstos na Constituição.

Com as contas fechando no vermelho todos os anos, o FAT precisa da injeção de recursos do Tesouro para bancar o seguro-desemprego e o abono. Para este ano, estão previstos R$ 18 bilhões. A União, porém, já avisou o conselho deliberativo do FAT que não terá como bancar os rombos do fundo nos próximos anos e pediu medidas para diminuir as despesas.

Justificativa. Para a equipe econômica, o abono salarial, criado há 46 anos, não se justifica mais. O argumento é que o benefício foi criado na década de 1970, quando não havia política de valorização do salário mínimo com ganhos reais e nem rede de proteção social.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Juazeiro do Norte terá Centro de Arte Popular do Cariri

Juazeiro do Norte terá Centro de Arte Popular do Cariri

Juazeiro do Norte terá Centro de Arte Popular do Cariri

O Núcleo de Arte, Educação e Cultura Marcus Jussier, localizado no bairro Pirajá, passará a ser Centro de Arte Popular do Cariri. O equipamento será reformado pela Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Infraestrutura, e adequado ao novo projeto de fortalecimento dos grupos de tradição, através da Coordenação de Arte e Cultura do Município.

A Secretária de Infraestrutura de Juazeiro do Norte, Gizele Menezes, esteve visitando o local, último dia 28, para avaliação técnica do espaço, juntamente com a Diretora do Núcleo, Maria Gomide. O projeto já se encontra em andamento e, com a reforma.

Atualmente o Marcus Jussier conta com um anfiteatro, salas de aulas e espaços de exposições. Gizele já informou que a reforma será ampla e irá modernizar a fachada principal, com a utilização de elementos que simbolizam a cultura local, haverá também a criação de um calçadão com praça de convívio na frente do prédio, onde hoje é o atual estacionamento.

A Secretária falou sobre a criação de estacionamento em terreno anexo ao prédio, e a implantação de um café aberto ao público, bem, como a criação de alojamentos para os artistas que vierem de fora para realizarem apresentações. Será implantado ainda paisagismo nas laterais do prédio.

O objetivo da reforma é constituir na cidade o Centro de Arte Popular do Cariri, um espaço que servirá também como museu, expondo as histórias dos grupos de tradição. A meta é transformar o local em uma escola livre para transmissão de saberes populares, reunindo todos os que fazem a cultura no Município, tornando Juazeiro do Norte e o Cariri um território de referência à cultura popular no Brasil.

A diretora Maria Gomide disse que está muito feliz e ansiosa com o projeto. “A reforma desse prédio está sendo aguardada com grande expectativa. Eu garanto em nome de todos os grupos de tradição que uma grande festa de inauguração será feita, e a partir de então Juazeiro do Norte terá uma linda casa para receber seus mestres e brincantes, que são os tesouros vivos da cultura de nosso Estado”, assegurou.

Foto: Hélio Filho

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Vigilância Sanitária encontra mais produtos vencidos no Pasárgada Hotel do Crato

Vigilância Sanitária encontra mais produtos vencidos no Pasárgada Hotel do Crato

Vigilância Sanitária encontra mais produtos vencidos no Pasárgada Hotel do Crato

Crato. Durante inspeção realizada pela Vigilância Sanitária deste Município, fiscais do órgão encontraram mais produtos com prazo de validade vencido no Pasárgada Hotel. De acordo com Ana Lígia, gerente de célula da Vigilância em Crato, “quatro latas de refrigerantes, com prazo vencido, foram encontradas dentro de uma geladeira”.

Ainda conforme Lígia, outros freezers e geladeiras não puderam ser vistoriados por se encontrarem fechados. “Chegamos ao local por volta da 17h30 e fomos informados que o restaurante já estava fechado. Ao solicitarmos a abertura de outras geladeiras, a gerência disse que o estoquista, que reside na cidade de Juazeiro do Norte, detinha o poder das chaves”.

A gerente do hotel, Natalia Leiva, explicou ao Diário do Nordeste que, devido à baixa demanda durante a semana, o restaurante permanece aberto somente até às 17 horas. “Após esse horário, os hospedes podem pedir alimento de fora, já que nossas dependências ficam fechadas”. Quanto aos produtos vencidos, Leiva justificou dizendo que se trata de uma “geladeira interna, exclusiva para os funcionários”.

Ainda conforme a gerente, “todo o estoque do Hotel já tinha sido inspecionado. Essas quatro unidades encontradas pela Vigilância não seriam vendidas ou consumidas, foi um falha de um dos nossos servidores que não fez o devido descarte dos produtos. Faremos uma reunião com os funcionários reforçando a importância do imediato descarte dos produtos vencidos, que obviamente são impróprios para venda ou consumo”.

A Vigilância Sanitária deu prazo de 15 dias para que o Pasargada Hotel “se readequasse”. “Já tínhamos mostrado interesse em esclarecer tudo e nossas dependências estavam e permanecem à disposição para qualquer vistoria. Conforme disse, foi um caso isolado, todo nosso estoque foi revisado. Estou indo hoje mesmo me reunir com os fiscais da Vigilância para resolver esse problema”, acrescentou. Segundo Ana Lígia, uma nova inspeção, sem aviso prévio, será realizada nos próximos dias nas dependências do Hotel.

Entenda
A inspeção foi motivada após um cliente do Hotel denunciar, no último domingo, dia 25, que um produto fora vendido com prazo de validade ultrapassado. De acordo com o músico Gustavo Alencar, o refrigerante de baixa caloria “Aquarius Fresh Limão” estava vencido há mais de 20 dias. “Quando identifiquei a data de validade, chamei a atendente e solicitei esclarecimentos sobre o produto vencido”, relatou o músico. A data de validade do produto era 04 de junho de 2017, conforme gravado na embalagem.

Dois dias após a denúncia, o Hotel reconheceu que o produto estava com prazo de validade vencido, no entanto, ressaltou se tratar de um caso “isolado, sem precedentes na história do Pasárgada”. Em nota, enviada a reportagem do Diário do Nordeste, a administração “salientou que se trata de um caso específico sem precedentes na história do nosso hotel” e reiterou “que nas dependências há um rígido controle de qualidade e periodicamente fazemos um descarte sustentável dos produtos sem uso”.

Saiba Mais
De acordo com o Decreto nº 6871 de 2009, o prazo de validade é “o tempo em que os produtos mantêm suas propriedades, em condições adequadas de acondicionamento, armazenagem e utilização ou consumo”. Este prazo é determinado pelo próprio fabricante e fiscalizado pela ANVISA e deve estar indicado no produto. Para estabelecer o tempo de validade de cada produto, são realizados testes de estabilidade do produto, observando-se quanto tempo decorre para que ocorram mudanças físico-químicas, microbiológicas e sensoriais

Com infomarções do Diário Cariri

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Homem é achado morto com cabeça degolada na zona rural de Salitre-CE.

Homem é achado morto com cabeça degolada na zona rural de Salitre-CE.

Dois irmãos foram presos e conduzidos a Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato sendo autuados como acusados do acusado

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Fotos: Reprodução/WhatsApp

Um homem foi encontrado morto com a cabeça degolada no início da tarde desta sexta-feira (30/06), no município de Salitre-CE. De acordo com informações da Polícia Militar, o corpo foi encontrado por volta das 12h00min, estando a distância de alguns metros da cabeça numa vereda perto da estrada vicinal de acesso ao Sítio Lagoa dos Crioulos, a aproximadamente 05 km do centro daquele município.

A polícia militar através da composição, Sargento B. Silva, Cabo Herbert e Soldado José Matos, com apoio dos militares, Sargento Roberto e soldados Fernandes e Rafael, foi deslocada para o local do achado do cadáver onde tomou conhecimento que a vítima, tratar-se do agricultor, Francisco Janailton do Nascimento, conhecido por “Jansilton do Quinco”, 27 anos de idade, que residia no Sítio Lagoa dos Crioulos, zona rural de Salitre-CE. A Perícia Forense do cariri foi acionada e fez o translado do corpo junto com a cabeça para necropsia.

Os policiais ao procederem levantamentos em torno do fato, foram chamados por um morador daquela localidade de nome Mauro Manoel da Silva, que denunciou que um indivíduo havia invadido sua casa ao perceber a presença da polícia, estando o mesmo no quintal. Com a permissão do denunciante os policiais adentraram na residência e detiveram Valdir Júnior Oliveira do Nascimento, 25 anos de idade, profissão agricultor, morador no Sítio Baixio do Moco, Zona Rural de Salitre-CE.

No momento da abordagem o denunciado estava com a bermuda com uma mancha avermelhada, o qual ao ser indagado sobre aquela mancha afirmou que era tinta, acrescentando que há mais de três dias não andava naquela localidade, o que diferentemente afirmou o padrasto dele, Damião José do Nascimento, que disse que o enteado juntamente com o irmão, o também agricultor, Divânio Francisco Furtunato, 23 anos de idade, residente no Sítio Lagoa dos Crioulos, haviam bebericado com a vítima defronte a sua casa que fica naquele sítio até o final da noite do dia anterior ao crime e enquanto isso como estava tarde da noite, se recolheu ao interior de sua casa.

Diante das informações os militares saíram em busca de prender o outro suspeito, vindo a localizar e prendê-lo em casa. Ao ser indagado sobre o caso, Divânio afirmou que há mais de trinta dias não via o irmão Valdir, o que diferentemente disse o seu padrasto o agricultor Damião. Ainda em busca de mais provas, o policiamento contou com o testemunho de um popular de nome Antônio José Rodrigues dos Santos, que relatou que soube através de Geraldo, que Valdir ao amanhecer do dia do delito, tinha invadido a casa de Geraldo solicitando abrigo e, como não foi atendido o pedido, levou Valdir até a casa de suas irmãs no Sítio Baixio do Moco, onde ali não foi aceito também.

A polícia ainda diz ter apurado que a suposta motivação para o crime, foi em função de que a vítima haver pedido uma motocicleta emprestada ao pai biológico de Valdir e Divânio, e danificado o veículo, gerando assim um desentendimento entre as partes; e que o pai dos acusados, Francisco Joaquim Furtunato, também havia ameaçado de morte “Jansilton do Quinco”.

Diante dos fatos dois irmãos foram encaminhados e apresentados ao Delegado de Plantão da Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato-CE, o bacharel Flávio Santos da Silva, que os autuou em flagrante delito por infração ao Art. 121, §2º, III, do Código Penal (Decreto Lei 2848). Após os procedimentos na 19ª DRPC Valdir e Divânio foram encaminhados a Cadeia Pública de Campos Sales-CE, ficando à disposição da justiça.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Ministro Edson Fachin determina a soltura de ex-deputado Rocha Loures

Ministro Edson Fachin determina a soltura de ex-deputado Rocha Loures

Ministro Edson Fachin determina a soltura de ex-deputado Rocha Loures

Nesta sexta-feira (30), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin mandou soltar o ex-deputado e ex-assessor do presidente Michel Temer Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

Loures havia sido preso no começo de junho, após perder o mandato de deputado, como desdobramento das delações de executivos da JBS.

O ex-deputados foi flagrado em filmagem da Polícia Federal recebendo de um executivo da empresa uma mala com R$ 500 mil que, segundo os investigadores da Lava Jato, era dinheiro de propina.

Quando Rocha Loures foi preso, Fachin havia atendido a um pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Segundo o procurador, a prisão de Loures era “imprescindível para a garantia da ordem pública e da instrução criminal”.

Fachin impôs restrições a Loures: deverá ficar em recolhimento domiciliar noturno, das 20 horas às 6 horas, e nos fins de semana e feriados. Ele será fiscalizado por monitoração eletrônica, está proibido de manter contato com investigados, réus e testemunhas do caso no qual responde a inquérito. Loures também não poderá deixar o país e terá de entregar seu passaporte. O ex-assessor terá ainda de comparecer em juízo quando for solicitado, informar suas atividades e manter endereço atualizado.

JORNAL DO BRASIL

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados