Instituto Vital Brazil desenvolve remédio inédito contra veneno de abelha

Instituto Vital Brazil desenvolve remédio inédito contra veneno de abelha

Instituto Vital Brazil desenvolve remédio inédito contra veneno de abelha

O soro antiapílico vem sendo testado em pacientes que tiveram múltiplas picadas de abelha Foto:Ilustraçao/Internet

AGENCIA BRASIL

O Instituto Vital Brazil (IVB), vinculado à Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, está desenvolvendo um medicamento inédito contra veneno de abelhas, em parceria com o Centro de Estudos e Venenos de Animais Peçonhentos da Universidade Estadual Paulista de Botucatu (Cevap/Unesp), cuja tecnologia de produção e o próprio soro poderão ser exportados para outras nações. Países asiáticos já têm manifestado interesse nesse sentido, disse ontem (1º) à Agência Brasil o médico veterinário Luís Eduardo Cunha, assessor da diretoria científica do IVB e doutorando em medicina tropical pela Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Há um ano, o soro antiapílico vem sendo testado em dez pacientes que tiveram múltiplas picadas de abelha. Os resultados foram muito bons, disse Cunha. “Nesta fase de testes, a gente vê segurança. Nesses dez pacientes em que foi aplicado o soro, correu tudo bem, na medida do esperado.”

No mês de julho, o Instituto solicita à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a extensão, por mais um ano, da atual fase de testes, chamados estudos clínicos, com o objetivo de testar o soro em mais 10 pacientes, antes que o medicamento seja registrado e possa ser disponibilizado para todo o país.

“Até julho do ano que vem, a gente tem que totalizar 20 pacientes, que é o número que estabelecemos para esse estudo. Como a gente não pode inocular o veneno nas pessoas e depois o soro para testar, e tem que esperar acontecer os casos, isso dificulta um pouco o processo. A gente necessita que os casos aconteçam naturalmente e que sejam perto de onde a gente tem soro”, indicou o assessor da diretoria científica do IVB.

Registro

As duas unidades de pesquisa clínica credenciadas e autorizadas pela Anvisa para fazer esse teste estão nas cidades de Botucatu (SP) e Tubarão (SC). Em julho de 2018, alcançando o total de até 20 pacientes, o IVB fechará o relatório de segurança, que será enviado à Anvisa, para que possa liberar o registro. O Instituto passará então a produzir o medicamento para fornecer ao Sistema Único de Saúde (SUS), do Ministério da Saúde, que vai disponibilizar para o Brasil inteiro. A expectativa é que o medicamento possa ser liberado para consumo no segundo semestre de 2019.

Para participar dos estudos clínicos, as pessoas têm que ter entre 18 e 60 anos, não estar grávidas, no caso de mulheres, e ter sofrido acima de cinco picadas de abelha. “O paciente tem que concordar em participar do estudo. É uma participação voluntária. Mesmo ele acidentado ou tendo algum risco de envenenamento, ele tem que optar ou, caso ele esteja inconsciente, um parente junto com o médico pode autorizar o uso do soro. Mas a gente prefere que ele mesmo autorize”, destacou Luís Eduardo Cunha.

O tratamento consiste na utilização de duas a dez ampolas de soro, dependendo da carga de veneno que as pessoas acidentadas receberam. Duas ampolas são suficientes para combater 200 picadas de abelha.

Acidentes

Os últimos dados disponíveis no Ministério da Saúde, embora ainda provisórios, segundo observou Cunha, mostram que em 2014 ocorreram 14.062 casos de picadas de abelha no Brasil; em 2015, o número recuou para 13.708 registros, caindo ainda mais em 2016 (11.991 casos). Nos últimos três anos, a incidência por 100 mil habitantes revela sete óbitos por veneno de abelha em 2014, 12 em 2015 e 25 em 2016. A média é 30 mortes por ano para 10 mil a 12 mil acidentes, disse o assessor do IVB. A maior prevalência é entre crianças e idosos. Cunha salientou que, proporcionalmente, o resultado é muito parecido ao que acontece com os casos de mortes com picadas de serpentes, em que são registrados atualmente 110 óbitos para cerca de 30 mil envenenamentos.

Luís Eduardo Cunha apontou que a quantidade de acidentes pode estar relacionada ao aumento da atividade apícola no país, nos últimos anos, sobretudo a partir das décadas de 1950 e 1960, quando foram introduzidas no Brasil abelhas europeias e africanas, venenosas, uma vez que as abelhas nacionais não têm veneno de importância médica. A importação desses insetos objetivou melhorar o desempenho da produção de mel no mercado interno. Houve também uma aproximação da população com apicultores, além do crescimento do volume de notificações de acidentes de picadas de abelhas, que é muito maior hoje do que antigamente, “porque as pessoas sabem que podem ter alguma ajuda a mais em termos de tratamento”, lembrou.

Cunha recordou ainda que o Brasil tem uma tradição na produção de soros contra venenos de animais há cerca de 120 anos. O IVB, por exemplo, completará 100 anos em 2019. Além disso, essa é uma atividade do governo, manifestou. “O governo banca essa pesquisa e distribui para o Brasil inteiro”. A produção de soros é destinada a venenos de aranhas, escorpiões, serpentes e abelhas. “É um programa admirado no mundo inteiro. Não tem semelhança em nenhum lugar do mundo”, explicou.

O IVB é um dos 21 laboratórios oficiais brasileiros, um dos quatro fornecedores de soros contra o veneno de animais peçonhentos, e produtor de medicamentos estratégicos para o Ministério da Saúde.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Comerciário morre em acidente envolvendo motocicleta em Crato.

Comerciário morre em acidente envolvendo motocicleta em Crato.

Comerciário morre em acidente envolvendo motocicleta em Crato.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Fotos: Caririceara

Um comerciário de 25 anos morreu após se envolver em um acidente de trânsito na tarde deste domingo (02), na Avenida José Alves de Figueiredo, Bairro Pimenta, na cidade do Crato. Por volta das 16h45min, o jovem Paulo André Beserra Camilo,  que morava Travessa Jardim, nº 240 em Crato seguia sentido bairro-Centro em uma motocicleta Honda titan CG 160, de cor vermelha e placa PFA 2429, inscrição do Crato na companhia de seu irmão de nome Abdias Beserra Felix, 19 anos quando nas imediações da igreja de Nossa Senhora de Fátima o condutor (Paulo André) perdeu o controle do veículo que foi de encontro a um poste de iluminação pública.

Com impacto da colisão, os dois irmãos vieram ao solo sofrendo graves ferimentos. Paulo André teve morte no local, enquanto que Abdias foi socorrido por equipe do Samu ao Hospital São Camilo. Policiais da Força Tática de Apoio-FTA motos, como também uma equipe da polícia civil coordenada pelo Delegado Denis Leonardo e agentes da guarda municipal e do Demutran também estiveram no local adotando os devidos procedimentos.

Segundo parentes dos acidentados, a vítima fatal já havia trabalhado de promotor de vendas na empresa distribuidora de Coca-Cola em Crato, e atualmente estava na Rio Norte, distribuidora dos produtos Schin em Juazeiro do Norte. Há informações de que Paulo André havia entrado de férias no dia de ontem. O corpo dele foi recolhido pela perícia forense para exame cadavérico e posteriormente ser entregue a família para realizar o sepultamento. A moto envolvida foi recolhida ao pátio do Demutran.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Rafael Branco e Arnon Bezerra festejam São Pedro

Rafael Branco e Arnon Bezerra festejam São Pedro

Rafael Branco e Arnon Bezerra festejam São Pedro

A festa de São Pedro no distrito da Ponta da Serra, no Crato, na sábado (1/7), atraiu cerca de 2 mil visitantes. E entre os que lá estiveram prestigiando o evento, estavam o empresário Rafael Branco e o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra. Rafael Branco é uma das lideranças política da localidade, enquanto Arnon recebeu pouco mais de 400 votos de moradores da Ponta da Serra nas Eleições de 2014. A visita, de certa forma, foi uma retribuição amigos cratenses.

Os dois se fizeram acompanhar ainda do assessor especial do gabinete do prefeito Zé Aílton Brasil, Felipe Correia.

Por Flávio Pinto

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Dois homicídios e um acidente de transito com vítima fatal registrados no intervalo de duas horas no cariri.

Dois homicídios e um acidente de transito com vítima fatal registrados no intervalo de duas horas no cariri.

Dois homicídios e um acidente de transito com vítima fatal registrados no intervalo de duas horas no cariri.

Os crimes de morte ocorreram em Aurora e Juazeiro, e o acidente no Crato.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Reprodução/WhatsApp

Duas pessoas foram assassinadas no cariri num intervalo de duas horas, uma na noite deste sábado (01) e outra no início da madrugada de hoje , enquanto que outra perdeu a vida em consequência da violência no transito. Em Aurora o vendedor de confecções Alderi Martins de Lima, 40 anos de idade, o “Deri” foi morto à bala por seu colega de profissão, Danicio Pereira Gomes, de 26 anos, apelidado por “Dadim” residente Sítio Sobradinho.

Segundo a Polícia Militar de Aurora, o homicídio ocorreu em frente à casa onde a vítima morava, na Rua Emídio Alves, sem número, distrito de Santa Vitoria. Ainda segundo a PM, o crime teve como motivação uma briga entre os dois durante um jogo de baralho quando vieram a entrar em vias de fatos e o acusado jura de matar seu desafeto.

Após o desentendimento “Dadim” se retirou do local voltando em seguida guiando seu carro, modelo Gol de cor cinza e de posse de uma arma de fogo. Ao chegar a residência da vítima perguntou aos parentes da mesma se esta estava, afirmando que iria matá-la, e ao ser informado pela esposa de “Deri” que este teria saído, o acusado ficou a espera para cometer o crime. Minutos depois “Deri” ao retornar a sua residência foi surpreendido a bala por “Dadinho”, morrendo no local. Depois de cometer o ato criminoso, o acusado empreendeu fuga tomando destino ignorado.

Cerca de duas depois em Juazeiro do Norte, um rapaz identificado por Henrique Guedes da Silva, 24 anos,  como era mais conhecido morreu ao sofrer vários disparos de arma de fogo, inclusive na cabeça. O crime aconteceu nas imediações da casa onde a vítima residia na rua Manoel Tavares Lopes em frente ao numeral 900, no bairro frei Damião (O Mutirão da Vida).

Segundo a polícia militar, populares relataram que apenas ouviram os estampidos dos tiros seguidos de barulho de motor de motocicleta. O Samu ainda chegou a ser acionado, mas ao chegar a equipe de socorristas apenas atestaram óbito. A reportagem do Site Caririceara apurou junto a CIOPS Juazeiro, que  vítima possuía antecedentes criminais por prática de diversos delitos.

Já no município do Crato, um acidente de trânsito ocorrido à altura do quilometro 36 da CE 386, distrito de Ponta da Serra matou uma pessoa e deixou outra ferida. Por volta de 00h02min, deste domingo, Carlos Alberto Rodrigues da Silva guiava uma motocicleta modelo CG 125, vermelha de placa HUH 9889, inscrição do Crato quando se envolveu numa uma colisão com a moto CG 125, verde de placa HWT 0369, inscrição do Crato dirigida por Antônio Ricardo Gomes de Oliveira.

Em decorrência da violência da batida, os dois motoqueiros vieram ao solo sofrendo graves ferimentos. O primeiro morreu no local, enquanto que o sobrevivente foi socorrido pelo Samu ao Hospital São Francisco.

A polícia ao chegar no local do acidente, a moto que em Carlos Alberto trafegava já havia sido retirada por familiares dele. Já a de Antônio Ricardo foi conduzida a Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato para os devidos procedimentos.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados