Médico Pediatra é conduzido a 20ª DRPC de Juazeiro após ameaçar enfermeira com revólver no interior do HRC

Médico Pediatra é conduzido a 20ª DRPC de Juazeiro após ameaçar enfermeira com revólver no interior do HRC

Médico Pediatra é conduzido a 20ª DRPC de Juazeiro após ameaçar enfermeira com revólver no interior do HRC

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Fotos: Vc repórter/WhatsApp

No início da noite deste domingo (06), o médico pediatra Flávio Marcílio de Araújo Silva, 53 anos foi conduzido pela equipe da Força Tática de Apoio da policia militar a Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte, acusado de ter se dirigir ao Hospital Regional do Cariri, aonde segundo a policia, armado com um revólver ameaçou a enfermeira de nome Iana Paula, 32 anos funcionaria do HRC.

De acordo com informações da polícia, a dupla de militares de plantão na portaria do hospital, Sargento Silva e cabo Kássio ao perceber ação delituosa desarmou o acusado que conseguiu se evadir.

Os policiais solicitaram reforço junto a CIOPS que deslocou a guarnição do FTA composta pelos Sargentos Alcântara e Brandão, e soldado Palmeira que conseguiu abordar o médico nas imediações da AABB no bairro Lagoa Seca. Após a abordagem o pediatra foi conduzido a 20ª DRPC de Juazeiro para adoção dos devidos procedimentos cabíveis. A motivação para a ameaça a vítima não foi informada a imprensa.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Temer se reúne com Maia e Eunício para discutir reforma

Temer se reúne com Maia e Eunício para discutir reforma

Temer se reúne com Maia e Eunício para discutir reforma
Foto: Ilustração – Internet

BRASÍLIA – O presidente Michel Temer chamou os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), para uma reunião neste domingo, 6, no Palácio do Planalto. O objetivo do encontro, que já começou, é discutir a tramitação da reforma da Previdência.

Quatro dias após ter a denúncia por corrupção passiva contra ele barrada pelo plenário da Câmara, Temer quer fazer um mapeamento de sua base no Congresso para saber com quem pode contará nas próximas votações, já que houve traições entre os aliados. A denúncia contra o presidente, apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi rejeitada por 263 votos.

Para que a reforma da Previdência passe pela Câmara é necessário o apoio de 308 deputados e 49 senadores, em duas votações. Em entrevista ao Estado, publicada no sábado, 5, Temer admitiu que a reforma não será tão abrangente e pode se resumir à fixação da idade mínima e a corte de privilégios de servidores públicos.

Temer também elogiou a atuação de Rodrigo Maia nos últimos dias, tentando desfazer rumores de que sua relação com ele estaria abalada. “O presidente Rodrigo Maia se comporta como estadista porque cumpre rigorosamente o regimento interno da Câmara e a Constituição. O exemplo dele deve servir para vários outros militantes da área jurídica, que muitas vezes ultrapassam os limites da lei”, afirmou Temer ao Estado. “Toda vez que você ultrapassa os limites legais você está violando a autoridade e, portanto, abusando da autoridade. O Rodrigo Maia é zero em relação a isso.”

Para o presidente, muitos dos aliados que votaram contra ele na quarta-feira, 2, vão aprovar a reforma da Previdência. Questionado se confiava no apoio do PSDB, Temer respondeu: “Eu não acredito que eles votem contra o Brasil. Eles mesmo têm alardeado que têm compromisso com as reformas.”

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Motociclista cratense morre em Barbalha após moto que guiava colidir com poste de iluminação pública na CE 386

Motociclista cratense morre em Barbalha após moto que guiava colidir com poste de iluminação pública na CE 386

Motociclista cratense morre em Barbalha após moto que guiava colidir com poste de iluminação pública na CE 386

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Redes Sociais

A violência no trânsito fez neste domingo mais uma vítima fatal no cariri. O torneiro mecânico Luciano Alves de Oliveira, 36 anos que residia na rua Rocildo Alves de Lima, 6, bairro Parque Recreio em Crato morreu por volta das 15h00min, em consequência de um acidente envolvendo motocicleta na CE 386, na zona rural de Barbalha.

De acordo com o boletim das CIOPS Barbalha, a vítima trafegava pela rodovia estadual dirigindo uma moto Honda/NXR Bros 160, ano 2015, de cor preta e placa não anotada  sentido Arajara – Caldas quando nas imediações da entrada que dá acesso ao Sítio Macaúbas perdeu o controle do veículo indo de encontro a um poste de iluminação pública. Com o impacto da colisão Luciano desequilibrou e caiu  batendo a cabeça no solo chegando a óbito no local.

Os policiais que atenderam a concorrência solicitaram a presença da perícia forense que se fez presente ao local, e trasladou o corpo para ser submetido a necropsia.

Outra ocorrência.

No início da madrugada deste domingo deu entrada na perícia forense do cariri o corpo do motorista potiguar, Reginaldo Castro da Silva, 44 anos residente no estado do Rio Grande do Norte. O corpo foi encontrado por populares que avisaram a policia por volta de 01 hora num posto de combustíveis, na BR 116 no município de Milagres-CE. Há indícios de que a morte tenha sido natural, mas mesmo assim o cadáver foi recolhido pelo rabecão para ser necropsia que apontará a real causa do óbito.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Em Várzea Alegre, jovem de 18 anos morre ao ser colhido por moto na BR 230.

Em Várzea Alegre, jovem de 18 anos morre ao ser colhido por moto na BR 230.

Em Várzea Alegre, jovem de 18 anos morre ao ser colhido por moto na BR 230.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Vc repórter/WhatsApp

O agricultor Cícero Castro dos Santos, 18 anos de idade que residia no Sitio Cachoeiras Dantas, em Várzea Alegre-CE morreu na noite deste sábado (05), vítima atropelamento na BR 230. De acordo como boletim da Polícia Militar enviado a imprensa, a vítima teria passado o dia ingerindo bebida alcoólica com amigos. Por volta das 19h00min ao seguir caminhando pela rodovia federal com destino a casa onde morava, o jovem acabou atropelado pelo veículo motocicleta Honda/ CG 125 Fan KS, cor azul, ano 2010/ 2010, placa OCI 9813/CE morrendo local.

Policiais militares de Várzea Alegre foram acionados para o local, como também uma equipe do Samu, mas os socorristas ao chegarem apenas atestaram a morte de Cícero. Os militares informaram o fato ao Núcleo de Ciências Forense de Iguatu que fez o traslado do corpo para ser necropsiado.

Populares disseram aos policiais que o motociclista após o ocorrido, mesmo lesionado fugiu em outro veículo, abandonando a moto no local, tomando rumo ignorado. Diante das informações os militares seguiram até ao hospital do município, onde foram informados que compareceu naquela unidade hospitalar um homem vítima de acidente, que apresentava escoriações pelo corpo, sendo que o mesmo após agendamento do atendimento, veio a sair do hospital sem que tivesse sido atendido pelo médico plantonista.

Em seguida os policias fizeram diligências no intuito de localiza o condutor da motocicleta envolvida no acidente, mas não  obtiveram êxito. O veículo atropelador foi conduzido ao pátio interno da Delegacia Municipal de polícia civil para a adoção das medidas cabíveis.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

FUTEBOL CEARENSE Definidos os detalhes da Primeira Fase da Taça Fares Lopes

FUTEBOL CEARENSE Definidos os detalhes da Primeira Fase da Taça Fares Lopes

FUTEBOL CEARENSE Definidos os detalhes da Primeira Fase da Taça Fares Lopes

Primeira Fase da Taça Fares Lopes 2017. A competição estreia no sábado (19), às 16h, com dois confrontos: Floresta x Itapipoca, no estádio Presidente Vargas, e Guarani de Juazeiro x Iguatu, no Romeirão.

No domingo (20), Icasa e Guarany de Sobral duelam às 16h, no Romeirão. O fechamento da rodada acontecerá no dia 22/08 (terça-feira), às 20h, com o confronto Ceará x Tiradentes.

Para ver a tabela atualizada, clique aqui

Com informações da Federação Cearense de Futebol

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Mulheres superam homens na criação de novos negócios, mas enfrentam obstáculos

Mulheres superam homens na criação de novos negócios, mas enfrentam obstáculos

Mulheres superam homens na criação de novos negócios, mas enfrentam obstáculos

AGÊNCIA BRASIL- FOTO: ILUSTRAÇÃO / SHUTTERSTOCK

As mulheres brasileiras estão à frente dos homens na criação de novos negócios. Mas, quando se trata de negócios já estabelecidos, elas mostram presença menor que a do sexo masculino. As informações estão na pesquisa Global Entrepreneurship Monitor 2016, coordenada no Brasil pelo Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) e o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ).

Segundo o estudo, em 2016 a taxa de empreendedorismo entre os que têm um negócio com até três anos e meio de existência ficou em 15,4% entre as mulheres e em 12,6% entre os homens. A taxa de empreendedores estabelecidos, ou seja, que tocam um negócio há mais de três anos e meio, ficou em 19,6% entre os homens e 14,3% entre as mulheres.

A pesquisa revelou também que as mulheres empreendem por necessidade mais frequentemente do que os homens. No grupo feminino, 48% delas afirmaram ter buscado o empreendedorismo porque precisaram. No masculino, esse percentual cai para 37%.

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, afirma que em tempos de crise o empreendedorismo é uma alternativa para vários brasileiros que perderam o emprego ou buscam uma renda extra. No caso das mulheres, ele destaca que a solução pode ser mais viável que um emprego com horário rígido, já que muitas delas têm de fazer a chamada jornada dupla.

“O dilema da mulher é entre a necessidade de trabalho e de cuidar da criança, da casa. O empreendedorismo tem se mostrado um grande caminho de conciliação. Quem quer fazer carreira em uma empresa tem que lidar com a disciplina dos horários, o que não facilita”, comenta.

Ele lembra que um número grande de brasileiras é responsável, sozinho, pelo sustento da família e pela organização do lar. “Há a mulher como arrimo de família. Elas são a única fonte de renda e ainda têm que cuidar da atividade doméstica. Então, a atividade de empreendedora em casa facilita muito. A maioria caminhou para isso por necessidade. Essa pesquisa trata do mercado formal, mas você tem um monte de mulheres por conta própria na informalidade”, destaca.

Mais suporte

Marcelo Minutti, professor de empreendedorismo e inovação da Faculdade de Economia e Finanças Ibmec, vê como positiva a maior presença feminina nos negócios novos. Ele acredita que isso é resultado do empoderamento das mulheres e avalia que, com o tempo, crescerá também o número das que estão à frente de negócios estabelecidos há mais tempo.

“A gente percebe, nos últimos anos, uma tendência forte para a mulher empreender. Inclusive, esses percentuais de crescimento atual resultam de uma defasagem muito grande [da presença delas nos negócios anteriormente]. Isso estava represado. Como esse empoderamento tem ganhado força apenas nos últimos anos, isso reflete, porque os negócios são mais novos também”, afirma.

Minutti destaca, contudo, que ainda há dificuldades a enfrentar para garantir equidade no mundo dos negócios. “Por mais que seja uma notícia positiva o fato de as mulheres ocuparem espaço maior, a gente tem algumas dificuldades. O preconceito dificulta muito as relações, ainda mais em ambientes majoritariamente masculinos. Por isso, só pedir para as mulheres se esforçarem não é suficiente. Precisa de política pública, que as empresas se adaptem à rotina das mulheres”.

No estudo do Sebrae e do IBPQ, técnicos também enumeram obstáculos apontados por mulheres empreendedoras e recomendam maior suporte. “[As mulheres] conseguem criar novos negócios, porém enfrentam dificuldades para fazer seus empreendimentos prosperarem. Tal fenômeno pode estar associado às condições relatadas, como preconceito de gênero, menor credibilidade pelo fato de o mundo dos negócios ser mais tradicionalmente associado a homens, maior dificuldade de financiamento e dificuldade para conciliar demandas da família e do empreendimento. Essa situação aponta para a necessidade de maiores investimentos para dar suporte”, ressalta a pesquisa.

Ajuda da família

Em março do ano passado, a turismóloga Mariana Alves Carvalho David, 32 anos, decidiu arriscar-se no mundo dos negócios. Desempregada, ela juntou a necessidade ao desejo antigo de ter o próprio negócio e abriu o restaurante Piccolo Emporium, na Asa Sul, zona central de Brasília.

“Na verdade, foram duas coisas. Meu pai vem desse ramo [de restaurantes] há muitos anos e eu tinha vontade de abrir alguma coisa. Aí, fiquei desempregada. Eu tinha um dinheiro e meu pai entrou comigo”, explica. Casada e mãe de dois filhos, ela tem a sorte de poder contar com a ajuda da família para conciliar a vida doméstica com a rotina de empresária.

“Eu não tive tanta dificuldade, pois meu marido já sabia como ia funcionar. Nós tínhamos conversado antes. E o fato de o meu pai estar junto comigo e a gente conseguir dividir [as tarefas do restaurante] facilitou muito. Se não fosse isso, realmente seria um pouco mais difícil”, diz.

Áreas de atuação

Além de enfrentar mais obstáculos para manter o negócio funcionando, as mulheres que decidem empreender atuam em menos áreas que os homens. Segundo a pesquisa do Sebrae e do IBPQ, em 2016, enquanto 49% das empreendedoras iniciais concentravam-se em quatro atividades, 50% dos homens começando a empreender estavam em nove segmentos.

Elas distribuíam-se nos setores de serviços domésticos (13,5 %) , cabeleireiros ou tratamento de beleza (12,6 %) , comércio varejista de vestuário e acessórios (12,3 %) e catering e bufê (10,3%).

Por sua vez, os homens estavam em todas as áreas ocupadas pelas mulheres, com exceção do serviço doméstico, e ainda na construção (14,8 %), restaurantes (7,7 %), manutenção de veículos (7,4 %), comércio varejista de hortifrutigranjeiros (3,2 %), atividades de serviços pessoais (2,8 %) e comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e higiene pessoal (2,4 %) .

Para Marcelo Minutti, as barreiras do mundo corporativo e a própria formação cultural podem explicar a concentração das mulheres empreendedoras em áreas associadas ao universo feminino. “Ela pode se concentrar no espaço onde há mais facilidade para ela. Há uma carga cultural também, referente a como o homem é criado e a como a mulher é criada. Tem que começar um trabalho de base, desde que as meninas estão lá na escola até chegar à idade de empreender”, defende.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Procuradores defendem Lava Jato nas redes

Procuradores defendem Lava Jato nas redes

Procuradores defendem Lava Jato nas redes

Foto: Agência Brasil Integrantes da força-tarefa tem se destacado por comentar medidas do governo, ações de políticos e até de ministros do STF na web

Notícias ao Minuto

Em um dia, mais de mil pessoas haviam curtido e mil retuitado publicação do procurador Helio Telho (15,5 mil seguidores), de Goiás, sobre o Orçamento: “Lava Jato terá R$ 1,6 mi para investigações em 2018. Escolas de samba do RJ terão R$ 13 mi para uma semana de Carnaval”.

Uma delas foi a também procuradora Monique Cheker (23,9 mil seguidores), do Rio, que acrescentou: “Tratar o combate à corrupção (verbas, estrutura) como prioridade deve pautar o voto do eleitor”.

Telho e Cheker fazem parte de uma parcela do Ministério Público Federal que tem se destacado por comentar medidas do governo, ações de políticos e até de ministros do Supremo Tribunal Federal em redes sociais, onde também defendem a Lava Jato e causas ligadas ao trabalho.

Desembargador de tribunal que vai julgar apelação do ex-presidente Lula diz que ‘indícios são provas’
Pres. do TRF: ‘Sentença de Lula entrará para história’
Procuradores defendem Lava Jato nas redes: Integrantes da força-tarefa tem se destacado por comentar medidas do governo, ações de políticos e até de ministros do STF na web © Agência Brasil Integrantes da força-tarefa tem se destacado por comentar medidas do governo, ações de políticos e até de ministros do STF na web

Em um dia, mais de mil pessoas haviam curtido e mil retuitado publicação do procurador Helio Telho (15,5 mil seguidores), de Goiás, sobre o Orçamento: “Lava Jato terá R$ 1,6 mi para investigações em 2018. Escolas de samba do RJ terão R$ 13 mi para uma semana de Carnaval”.

Uma delas foi a também procuradora Monique Cheker (23,9 mil seguidores), do Rio, que acrescentou: “Tratar o combate à corrupção (verbas, estrutura) como prioridade deve pautar o voto do eleitor”.

Telho e Cheker fazem parte de uma parcela do Ministério Público Federal que tem se destacado por comentar medidas do governo, ações de políticos e até de ministros do Supremo Tribunal Federal em redes sociais, onde também defendem a Lava Jato e causas ligadas ao trabalho.

+ Conheça os 108 deputados que votaram contra Cunha, Dilma e Temer

Os perfis são marcados como “conta verificada” –ou seja, “de interesse público” e “autêntica”, segundo o Twitter. O Conselho Nacional do Ministério Público recomenda aos procuradores que não façam nas redes pronunciamentos oficiais sobre casos em que atuam, publicações que possam ser percebidas como discriminatórias. É pedido que atuem “com reserva, cautela e discrição”.

As recomendações não são obrigatórias. Vedada mesmo é atuação político-partidária, o que não inclui críticas a ideias, projetos e programas, mas “ataques de cunho pessoal” a lideranças e partidos.

Deltan Dallagnol (130 mil seguidores no Twitter e 595 mil no Facebook) e Carlos Fernando dos Santos Lima (31 mil seguidores no Facebook), ambos da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, geram bastante repercussão.

Eles rebatem ataques, criticam editoriais e medidas dos três Poderes. Quando o Supremo libertou o ex-ministro petista José Dirceu, Dallagnol listou decisões que mantiveram prisões preventivas de réus em casos como o de “posse de menos de 150 gramas de cocaína” e questionou o “tratamento diferenciado”.

Lima passou a usar a hashtag #quemnãodevenãoTemer e #2018iscoming ao reclamar das pessoas que acha serem inimigos da operação. Em entrevista, disse que está exercendo “o direito de falar” e que se posiciona a favor de “limpar as eleições para ter uma democracia forte”.

Monique Cheker faz constantes referências ao ministro Gilmar Mendes (STF). Só em junho e julho, foram 50 menções ou retuítes. Ao compartilhar reportagem sobre encontro dele com o presidente Michel Temer, indagou: “Há, dentre as competências de um ministro do STF, o papel de consultor do presidente?”.

Procurada, ela disse que o perfil não é extensão do trabalho, mas “uma rede pessoal com enfoque voltado a questões jurídicas e fatos em geral, os quais considero relevantes, no exercício da cidadania e liberdade de expressão”. O retorno que recebe, afirma, é em geral positivo.

O procurador Fernando Rocha (6.600 seguidores), do Rio Grande do Norte, fixou uma enquete no alto da linha do tempo de seu perfil: “Ano que vem tem eleição! Vc votaria no parlamentar que imunizar Michel Temer do processo por corrupção?”.Rocha afirma que seu perfil é pessoal e não aborda casos sob sua responsabilidade. “Tenho uma verve voltada ao combate à corrupção. Ganhei muitos seguidores porque é o tema do momento.”

Telho diz que seu perfil é para opinião pessoal e “assuntos de interesse público”. “Nem apoio nem faço oposição a partido ou a candidato, nem posto ataques a eles.”

No Pará, o procurador Alan Mansur (17 mil seguidores), diretor de comunicação da Associação Nacional dos Procuradores da República, diz que usa as redes para “potencializar” seu trabalho e criar um canal com a população.

Afirma que, ao publicar, pensa que qualquer post pode ser reproduzido em jornal. “Não vou me sentir incomodado por publicarem uma crítica que fiz a um senador, deputado ou a um presidente.”

Procurado, Deltan Dallagnol não se manifestou. Com informações da Folhapress.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados