Polícia Civil de Juazeiro do Norte elucida mais um crime de morte e prende o seu respectivo autor.

Polícia Civil de Juazeiro do Norte elucida mais um crime de morte e prende o seu respectivo autor.

Polícia Civil  de Juazeiro do Norte elucida mais um crime de morte e prende o seu respectivo autor.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Caririceara

Nesta sexta-feira, dia 25, Inspetores do NHPP/20ª DRPC, prenderam nesta cidade de Juazeiro do Norte, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da Primeira Vara Criminal de Juazeiro do Norte Francisco Lira de Souza, vulgo “ Chico Nova Olinda”, de 59 anos, por prática de crime de homicídio a faca que vitimou Francisco Diassis dos Santos Morais, que era apelidado por “Neném”, de 21 anos. O crime aconteceu no dia 17 de março de 2017, por volta das 22h00, aproximadamente, na rua Coronel Fausto Guimarães, no local denominado “Labirinto”, onde funcionava o antigo prédio do Posto de Saúde da Prefeitura, Municipal de Juazeiro do Norte Dr. Mauro Malzoni, bairro do Pirajá, local comumente utilizado para consumo de drogas, realização de necessidades fisiológicas e práticas de atos sexuais.

ENTENDA O CASO

Na data do crime, a vítima encontrava-se no “Labirinto”, quando em dado momento dali saiu, em desabalada carreira, lesionada com golpe de faca, vindo a cair já na Avenida Ailton Gomes, defronte ao numeral 1378, naquele mesmo bairro, aonde veio a óbito. De acordo a polícia, o homicídio estava envolto em mistério, haja vista o local e horário onde fora registrado.

Ao tomar conhecimento do caso, o Delegado Giovani Aquino determinou a equipe de Inspetores do NHPP a realização das necessárias investigações e segundo o que fora arregimentado, em mais esse brilhante trabalho investigativo, materializado nos autos do Inquérito Policial 488-392/2017, na noite do crime a vítima, que segundo apurado seria usuária de drogas, teria adentrado o chamado labirinto, e passado algum tempo Chico Nova Olinda também ali teria se achegado, a pretexto de ir à procura de uma pessoa, vindo então a lesionar Neném. Segundo ainda apurado o móvel do crime teria se dado em razão da vítima haver lhe segurado pela camisa, tendo Chico Nova Olinda, que estava armado com uma faca, desferido golpe com tal arma branca.

Identificado e ao ser interrogado sobre o caso, antes da decretação da sua prisão, Chico Nova Olinda negou a prática delituosa, e muito embora não negando que de fato tenha estado no labirinto alegou que o assassinato havia sido praticado por Francisco Carneiro do Nascimento, vulgo “Mancha Negra”, que identificado e ouvido negou a prática delitiva, inclusive, disse que no momento do crime dormia no Mercado do Pirajá. Todos os álibis dos suspeitos foram checados, sendo confirmado que realmente “Mancha Negra”, não teria envolvimento com o assassinato, colocando por “terra” a versão de Chico Nova Olinda, posto que testemunhas arroladas confirmaram ter sido ele (Chico Nova Olinda) o autor da morte de Neném, inclusive, no curso das investigações Chico Nova Olinda passou a intimidar testemunhas e o próprio Mancha Negra, fazendo ameaças, chegando a agredir o dito, denotando-se que queria que este assumisse o crime, fatos que ficaram demonstrados nos autos (ação intimidatória praticada por Chico Nova Olinda).

Diante desses indícios e em sendo Chico Nova Olinda reincidente em crime de homicídio doloso, estando presentes os requisitos autorizadores da decretação da prisão preventiva, o Delegado Giovani Aquino, de conformidade com a legislação processual penal vigente, representou pela prisão preventiva do indiciado, o que após a análise do Representante do Ministério Público, que deu parecer favorável à medida exceção, o Juiz competente decretou a prisão preventiva de Chico Nova Olinda.

Ao ser preso, Chico Nova Olinda continuou a negar a autoria delitiva, entretanto, dúvidas não há acerca da autoria, que a ele é imputada e que ficou demonstrada, segundo as investigações. Por conseguinte, Chico Nova Olinda fora recolhido á cadeia pública de Juazeiro do Norte, onde está à disposição da Justiça!

—————

Colabore com a POLÍCIA CIVIL na elucidação de crimes, enviando a sua denúncia ao NHPP DENÚNCIA, via WHATSAPP 085-98828-9662 ou através do Grupo de Despacho da POLÍCIA CIVIL na CIOPS, via 190, com a garantia de SIGILO ABSOLUTO!

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

MPCE implementa Sindec na Unidade Descentralizada do DECON de Juazeiro do Norte contribuindo para o fortalecimento das relações de consumo no Cariri

MPCE implementa Sindec na Unidade Descentralizada do DECON de Juazeiro do Norte contribuindo para o fortalecimento das relações de consumo no Cariri

MPCE implementa Sindec na Unidade Descentralizada do DECON de Juazeiro do Norte contribuindo para o fortalecimento das relações de consumo no Cariri

A noite dessa quinta-feira (24/08) foi marcada pela cerimônia de implementação do software Sindec na Unidade Descentralizada do DECON de Juazeiro do Norte. O evento aconteceu no auditório da Faculdade Paraíso e foi prestigiado por promotores de Justiça, autoridades do município, membros da Polícia Militar e comunidade acadêmica de Juazeiro do Norte. A cerimônia contou com uma apresentação de reisado, manifestação cultural típica do Estado.

O Sindec é um sistema desenvolvido pelo Ministério da Justiça que visa garantir agilidade e desburocratização no atendimento ao consumidor, estando disponível a qualquer usuário. Sua utilização na Unidade Descentralizada do DECON de Juazeiro do Norte vai desobstruir a atuação das Promotorias de Justiça na região do Cariri, abrindo mais espaço para atender as causas coletivas e a priorização da conciliação entre consumidores e empresas.

“Na prática, vai dar mais amparo ao Ministério Público em sua atuação na esfera da defesa do consumidor, inclusive, permitindo dar efetividade ao lançamento do cadastro de reclamações fundamentadas estabelecido no artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor. Além disso, vai permitir a classificação da reclamações por área, possibilitando dados estatísticos sobre o perfil do consumidor reclamante, como exemplo informações por faixa etária”, destaca a promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, secretária-executiva do DECON/CE.

Com a implantação do sistema, será possível traçar uma radiografia da região, que abrange as comarcas de Crato, Santana do Cariri, Assaré, Campos Sales, Araripe, Barbalha, Caririaçu, Farias Brito, Missão Velha, Jardim, Milagres, Brejo Santo, Jati, Porteiras, Mauriti, Barro, Ipaumirim, Aurora, Nova Olinda e Antonina do Norte. “A primeira Unidade Descentralizada do DECON proporcionará a célere eficácia de um programa virtual, disponibilizando aos consumidores os mais variados serviços, desde informações sobre as empresas até a possibilidade de resolver eventuais contendas consumeristas”, comemora a promotora de Justiça Efigênia Coelho Cruz, coordenadora do DECON em Juazeiro do Norte.

Durante a solenidade, a procuradora de Justiça Ângela Carneiro, que é coordenadora do CAOCC e na oportunidade representou o procurador-geral de Justiça Plácido Rios, destacou a importância da interiorização do poder de polícia do DECON. “Entregamos essa Unidade Descentralizada do DECON não só para instalar o Sindec, mas também para fiscalizar as relações de consumo na região do Cariri. Isso é um grande avanço, porque vai ter o cunho de prevenir e inibir práticas erradas de relações de consumo aqui na região Essa nova atribuição tem como objetivo proteger cada vez mais o consumidor e realizar uma meta antiga do Ministério Público, que é a interiorização da defesa do consumidor”, destacou.

Fonte: MPCE

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Morre quarta vítima de acidente na BR-116, entre Jati e Brejo Santo ocorrido no sábado dia 19.

Morre quarta vítima de acidente na BR-116, entre Jati e Brejo Santo ocorrido no sábado dia 19.

Morre quarta vítima de acidente na BR-116, entre Jati e Brejo Santo ocorrido no sábado dia 19.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Reprodução/WhatsApp

A estudante  Ana Vitória Oliveira Silva, de 15 anos, que residia na Rua Antonio Jacinto, 755, Bairro Aldeota na cidade de Brejo Santo-CE, faleceu madrugada desta sexta-feira (25), na UTI do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro do Norte em consequência da violência no trânsito. Ela estava internada no HRC vítima de uma colisão frontal entre dois carros ocorrida na tarde do último sábado, dia 19 na BR-116 em que três pessoas morreram no local.

O acidente aconteceu por volta das 16 horas à altura do KM 515 da rodovia federal, próximo a divisa do município de Jati com Brejo Santo. Segundo a Policia Rodovia Federal, testemunhas afirmaram que o motorista Bartolomeu Luna Barros, de 36 anos, que morava na Avenida Prefeito Carlos Cruz, Bairro Franciscanos, em Juazeiro do Norte dirigia um veiculo modelo Saveiro quando teria forçado uma ultrapassagem  vindo a colidir contra o veículo GM Classic guiado por José Gomes Ferreira, de 42 anos, que residia no bairro Renê Lucena, em Brejo Santo.

Com a violência da colisão os dois motoristas e um passageiro do segundo automóvel, o aposentado João José da Cruz, de 76 anos, que morava no Sítio Bálsamo na zona rural de Jati, morreram no local, enquanto que Ana Vitória e outra adolescente de nome Sara Oliveira Dias de Lucena, de 16 anos sofreram ferimentos graves. As duas foram socorridas pelo Samu ao hospital Geral de Brejo Santo e, em seguida encaminhadas ao Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, onde Ana Vitória morreu seis dias depois e a Sara permanece hospitalizada.

Outra morte por acidente.

O agricultor Erlânio Teixeira de Oliveira, 28 anos que residia na rua Israel Henrique, distrito de Ibicuã, município de Piquet Carneiro na região  do sertão de Senador Pompeu, faleceu na noite de ontem (24) em um dos leitos do Hospital regional do Cariri vítima de um acidente de transito ocorrido pela manhã.  Ele sofreu suspeita de traumatismo craniano encefálico, foi socorrido ao hospital de Piquet Carneiro, em seguida transferido ao HRC onde veio a óbito. O corpo dele  igualmente ao de Vitória, também foi traslado pelo rabecão para ser necropsiado no Núcleo de Ciências Forense Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Um legado político a defender.

Um legado político a defender.

Um legado político a defender.

Não é novidade para ninguém a atual situação política de nosso país. Isto é fato!

A cidade do Crato por sua vez perdeu ao longo dos tempos o seu verdadeiro valor no cenário político porque virou moeda de troca de muitos.

Alianças mal sucedidas, entre vários fatores que contribuíram para o definhamento político local.

A falta de progresso visivelmente notada pela própria paisagem, também se transformou em um conformismo por muitos que já não acreditam mais na boa política.

Na história política Cratense foi marcada e está escrito, onde muitos recordam com saudade e esperança a história do saudoso Pedro Felício Cavalcanti e muitos cultivam a esperança que um dia apareça alguém com as qualidades e desenvoltura política do Professor Pedro Felício Cavalcanti, um homem, além do seu tempo, capaz de enxergar do nada, projetos inovadores e impulsionadores de progresso e desenvolvimento. Exposição Agropecuária do Crato, Escola técnica do Comércio, entre tantos feitos que cravaram seu nome na história. Podemos destacar ainda a sua honestidade, a preocupação de sua prestação de conta feita no final do dia através das ondas do Rádio e nos anais da informação.

Por onde andamos é comum encontrarmos pessoas testemunharem e recordarem os feitos do Professor Pedro Felício Cavalcanti, como até cantarem suas músicas de campanha.

Não é de estranharmos que com todo o seu feito político, como é natural, que até o momento não tenhamos efetivamente um membro da sua família dando continuidade ao seu legado político.

Porém com a reformulação política, com a renovação das lideranças e principalmente da necessidade de bons políticos que assola dia a dia o contexto político da cidade do Crato, teremos o aparecimento e o despertar daqueles que sempre estiveram nos bastidores das articulações e agora não tem como adiar a sua participação mais incisiva e efetiva no cenário político local e estadual.

Durante a semana o Advogado Kleber Filho, neto do saudoso Pedro Felício Cavalcanti e filho do ex- Deputado Estadual Kleber Callou, conversou conosco sobre o legado político de seu avô.

“Sem vaidade. Mas com muito orgulho. Foi um legado que seu Pedro Felício deixou, claro que ele não construiu tudo sozinho, evidente que não, ele teve um grupo de pessoas, amigos, companheiros, pessoas que queriam o melhor para a cidade que por várias vezes vararam horas e noites reunidos em sua própria casa vislumbrando o desenvolvimento socioeconômico da cidade do Crato.”

Kleber Filho destacou ainda que Pedro Felício, Wilson Gonçalves, avô e tio respectivamente não faziam política por profissão ou por algum interesse particular e individual. Eles participaram na política do Crato na sua efervescência, em uma luta travada com a oposição, mas logo em seguida, eles juntavam-se com a própria oposição, porque os interesses do Crato estavam em primeiro lugar. Kleber Filho fala ainda que a cobrança de alguém galgar o caminho político do seu avô e tio é uma constante em suas andanças pela cidade e no seu circulo profissional.

E sobre o assunto ele não deixa sem resposta. Kleber Filho disse que é preciso ter noção, sinceridade e saber esperar o momento.

“Seu Pedro plantou na política do Crato, o que existe de melhor na política administrativa. Ele foi exemplo para o Brasil com sua transparência nas suas prestações de contas, colocando a disposição da população Cratense sua prestação de conta dia a dia, através das emissoras da cidade.”

“Não vou garantir quem será este representante do seu Pedro Felício Cavalcanti na política. Mais um representante de seu Pedro Felício Cavalcanti irá ainda trilhar o caminho político iniciado por seu ele. Não será para tomar o comando da cidade do Crato, porque o comando da cidade do Crato é do povo. Mais vai participar do processo, para que a cidade do Crato volte a ser como em outrora, a princesa do Cariri, a cidade modelo do Ceará.”

José Kleber Callou Filho é Advogado, Criador Pecuarista, Vice- Presidente da Associação dos Empregados do comércio do Crato, membro do Instituto do Cariri e já ocupou a Subsecretária do Meio ambiente do estado do Ceará entre outras instituições. Atualmente é filiado ao PDT Cratense.

Blog do Fábio Lemos

Leia também




Comentários:

As pessoas enche a boca pra falar de vingança…pois até onde a família da vítima conhece os fatos, ser suspeito não é ser culpado, se existe alguma prova contra a vítima pq o mesmo não tomou conhecimento? Sem contar que a família desconhece o termo vingança….

Procuro trabalhar como ajudante de entregas em empresas, pode ser pra fora tanto faz quero trabalhar.
Wtts:988235539

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Jogo do Icasa X Horizonte é remarcado pela FCF do próximo domingo(27) para a quarta-feira, dia 30

Jogo do Icasa X Horizonte é remarcado pela FCF do próximo domingo(27) para a quarta-feira, dia 30

Jogo do Icasa X Horizonte  é remarcado pela FCF do próximo domingo(27) para a quarta-feira, dia 30

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Henrique Macedo – Foto: Divulgação

A Federação Cearense de Futebol publicou ontem as 23h00min no site oficial da entidade a mudança do dia, local e horário da partida do Icasa contra a equipe do horizonte. O jogo estava programado para o estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, as 16h00min deste domingo (27), mas a entidade resolveu remarcar para a próxima quarta-feira (30), no estádio Domingão, na cidade de Horizonte as 20h00min. O Verdão do Cariri vai ter que modificar toda a sua programação e vai ganhar mais alguns dias de folga para se preparar.

O Guarani de Juazeiro vai fazer um coletivo na tarde desta sexta-feira (25) no estádio O Romeirão, onde o técnico Washington Luiz deverá definir o time que entrará a campo no próximo domingo as 16h00min contra a equipe do Itapipoca no estádio do junco na cidade de Sobral. A delegação do Leão do Mercado deve deixar Juazeiro do Norte amanhã pela manhã em busca de mais um resultado positivo, pois venceu a primeira partida e vai atrás da segunda vitória.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Coordenadora do SINE/IDT fala sobre oportunidades de emprego no Cariri

Coordenadora do SINE/IDT fala sobre oportunidades de emprego no Cariri

Coordenadora do SINE/IDT fala sobre oportunidades de emprego no Cariri

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Davi Salomão com reportagem de Ambrósio Santos Foto: Jota Lopes/Caririceara

Apesar do momento delicado da economia, com aproximadamente 13 milhões e 500 mil desempregados em todo o Brasil segundo o último levantamento no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as oportunidades de emprego, mesmo que de maneira tímida, vão aos poucos surgindo.

De acordo com a Coordenadora da Regional Sul do SINE/IDT, Ariadne Albuquerque, setores como da construção civil e do comércio são os que mais estão empregando atualmente no Cariri…

Ariadne Albuquerque alerta ainda para a importância da qualificação profissional…

Diariamente o SINE/IDT disponibiliza em seu site (sineidt.org.br) as oportunidades de emprego que estão disponíveis no Ceará, porém, para poder se candidatar a uma das vagas, os interessados devem realizar um cadastro na agência mais próxima. Em Crato, o SINE/ IDT funciona na Rua Monsenhor Esmeraldo, número 686, Centro.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Casas abandonadas geram preocupação aos moradores do Centro do Crato

Casas abandonadas geram preocupação aos moradores do Centro do Crato

Casas abandonadas geram preocupação aos moradores do Centro do Crato

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Davi Salomão com reportagem de Ambrósio Santos Foto: Jota Lopes/Caririceara

Duas casas abandonadas nas proximidades da escadaria, conhecida como “ladeira do tamanqueiro” que dá acesso ao bairro Seminário, próximo a prefeitura do Crato, tem causado muitos transtornos para os moradores que residem na localidade.

As residências foram desapropriadas há cerca de dois anos e deveriam ter sido demolidas durante as obras de construção da Encosta do Seminário, porém, até o momento a demolição não ocorreu e o local atualmente tem se tornado um espaço de abrigo para usuários de drogas e casos de prostituição.

A senhora Elieuda de Souza reside vizinho a uma das casas e explica como tem sido a tensa rotina na qual os moradores estão tendo que conviver…

Nós procuramos falar com o prefeito a cerca do assunto, porém, Zé Ailton participava de uma reunião em seu gabinete.
©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Juliana Didone adia gravidez por causa do trabalho: ‘Gosto de liberdade’

Juliana Didone adia gravidez por causa do trabalho: ‘Gosto de liberdade’

Juliana Didone adia gravidez por causa do trabalho: ‘Gosto de liberdade’

Juliana Didone comemora boa fase na profissão Foto: Roberto Moreyra/Agência O Globo

Extra Online

Nada mais a cara de Juliana Didone do que este ensaio de moda: a jaqueta bomber, peça que sobressai no editorial, é referência retrô dos anos 50 e volta com força no inverno deste ano. Se usada como mostra a gaúcha, pode criar looks que vão do clássico ao moderno.

— Dá um ar despojado, descontraído. O estilo ficou bem parecido com o que já costumo usar no dia a dia — reforça a artista de 32 anos, que curte garimpar roupas e acessórios vintage em brechós: — Eu gosto da desconstrução, de ter peças únicas de outras épocas. Há tendências que não nos deixam à vontade. Por outro lado, tem aquele vestidinho herdado da família que demonstra muito mais atitude e elegância do aquilo que está na vitrine. Adoro as referências, mas não sou ditada por elas. Para mim, a moda é uma grande brincadeira.

Tirar o peso da rotina faz parte do perfil da atriz. Para “Belaventura”, obra em que interpreta a jovem romântica e lutadora Brione, ela aprendeu a bordar e a fazer tricô, e teve aulas de História sobre o século 15 — reproduzido na trama. Tudo isso em meio a produção e escrita de sua primeira peça teatral, sobre a artista plástica francesa Nikki de Saint Phalle.

— Era uma figura que, em 1950, já falava sobre as mulheres terem voz, conquistarem um mundo aventureiro e divertido num período em que elas, na maioria das vezes, estavam fadadas a serem mães e a cuidar da casa. Hoje, parece que há um retrocesso. O mundo nunca foi tão careta. Senti necessidade de mostrar essa artista pelo menos para o Brasil. Tenho curiosidade pela vida e pelo outro — explica Juliana, avisando que a obra deve chegar ao tablado no ano que vem: — Fazer teatro é como guerrilha. É conseguir dinheiro, patrocínio, apoio. Acredito que no primeiro semestre de 2018 eu vou estrear. E, quem sabe, consiga levar para o país inteiro.

Parte do mundo a atriz já conhece. Na adolescência, deixou Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, para trabalhar como modelo nas grandes metrópoles brasileiras e no exterior. Hoje, a balzaquiana mantém o sonho de estudar e viajar, e, por conta dele, adia os planos de aumentar a família ao lado do marido, o artista plástico Flávio Rossi, futuro parceiro também no teatro.

— Minhas irmãs mais novas são as que mais me cobram para ser mãe. Elas enlouquecem com criança. Eu sou apaixonada, mas o grande desejo da maternidade ainda não me pegou. Ao mesmo tempo em que quero ter filhos, não há uma urgência. Gosto tanto da minha liberdade… Se eu engravidasse por acaso, teria o bebê, feliz. Mas, se for para programar, eu penso em ter daqui a dois anos — planeja.

Enquanto isso, em seu tempo livre, Juliana cuida de sua horta doméstica — com rúcula, manjericão, morango… — e pinta quadros com o companheiro, além de praticar exercícios aeróbicos e alongamentos.

— Quando estou sem tempo, pulo corda em casa por meia hora e faço 50 minutos de ioga. Nos dias em que tenho mais tempo, nado na academia ou corro — diz ela, com 57kg e 1,72m: — Não como carne nem frango há seis anos. Faço peixe uma vez por semana, quando não tem jeito. Prezo por uma dieta mais orgânica. Acredito que a boa saúde vem daí. A minha única dificuldade é com o chocolate. O doce me tira do sério, faz eu entrar quase em compulsão. Aí penso comigo: “Cadê a ioga para me salvar?” (risos)? — diverte-se.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Especialista comenta sobre a Síndrome do Pânico

Especialista comenta sobre a Síndrome do Pânico

Especialista comenta sobre a Síndrome do Pânico

Nas últimas semanas, o padre Fábio de Melo revelou publicamente sofrer com uma doença que atinge 10% da população brasileira: a Síndrome do Pânico. “Fiquei praticamente uma semana trancado em casa, com sensação de morte, tristeza profunda e medo de tudo. Nunca chorei tanto na minha vida”, conta o religioso que agora faz tratamento psiquiátrico para ajudar a lidar com o transtorno.

Mas o que é exatamente esse transtorno? A Síndrome do Pânico é um episódio súbito de desespero e medo intenso de que algo ruim aconteça mesmo que não haja nenhum perigo real ou motivo aparente. “As crises são assustadoras, pois causam a sensação de que a pessoa está perdendo o controle, fazendo até com que acredite estar morrendo”, explica Edyclaudia Gomes de Sousa, psicóloga, membro da Sociedade Brasileira de Psicologia.

A síndrome, que atinge mais mulheres do que homens não causa risco de morte, porém afeta de forma negativa a qualidade de vida do indivíduo, chegando a casos extremos de agorafobia (o medo de sair de casa, estar em público), dificultando a rotina do dia-a-dia.

As crises geralmente começam entre a fase final da adolescência e o começo da vida adulta. Contudo, podem ocorrer depois dos 30 anos e até mesmo durante a infância, porém no último caso ela só é diagnosticada quando as crianças já estão mais velhas.

Causas da Síndrome do Pânico

A causa exata ainda é desconhecida, mas psicólogos acreditam que um conjunto de fatores biológicos e ambientais colabora para o desenvolvimento do transtorno, como histórico familiar, anormalidades neurológicas, abuso de substâncias e situações de estresse.

De acordo com Edyclaudia Gomes de Sousa, alguns estudos indicam que a resposta natural do corpo a situações de perigo esteja diretamente envolvida nas crises de pânico. Ainda assim, não é claro porque esses ataques acontecem em situações onde não há nenhuma evidência de perigo iminente.

“A síndrome do pânico também pode surgir após algum evento traumático como sequestro, assalto ou acidente”, explica a psicóloga.

Sintomas

“Os ataques da síndrome do pânico geralmente ocorrem de repente e sem nenhum aviso, em qualquer hora do dia e qualquer situação. O auge das crises dura, em média, de 10 a 20 minutos, porém esse tempo pode mudar dependendo da pessoa e da intensidade do ataque. É importante ficar atento, pois é comum que se confunda uma crise de pânico com um ataque cardíaco”, explica Edyclaudia.

Os sintomas incluem:

· Dificuldade para respirar;

· Coração acelerado;

· Palpitações;

· Taquicardia;

· Dor no peito;

· Dor de cabeça;

· Sensação de asfixia;

· Hiperventilação;

· Tonturas;

· Sensação de desmaio;

· Tremores;

· Sudorese;

· Náuseas;

· Formigamento ou dormência nos pés, mãos ou rosto;

· Calafrios;

· Ondas de calor;

· Sentimento de estar fora da realidade;

· Sentimento intenso de medo;

· Sensação de morte iminente.

O sintoma principal e frequente é o medo do medo, ou seja, medo de ter outro ataque de pânico. “Esse medo pode ser tão grande que a pessoa procura evitar ao máximo as situações que desencadeiam as crises”, conta a profissional.

Tratamento

É necessária uma combinação de medicamentos com psicoterapia. Os remédios irão diminuir a ocorrência das crises e o tratamento psicológico irá ajudar a entender a causa das crises e descobrir maneiras de lidar com a situação.

“A psicoterapia é a primeira opção para o tratamento da síndrome do pânico. Há diversas formas de psicoterapia, porém a mais estudada e que comprovadamente possui efeitos benéficos nesse transtorno é a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC). Ela ajuda o paciente a aprender através de sua própria experiência que os sintomas de pânico não são perigosos”, elucida Edyclaudia. “Durante as sessões, o psicólogo irá ajudar o paciente a recriar os sintomas de um ataque de forma segura, gradual e repetitiva. Uma vez que as sensações físicas não são mais uma ameaça, a síndrome do pânico começa a ser suprimida,” completa.

Já o tratamento com medicamentos inclui antidepressivos, como os inibidores seletivos da recaptação de serotonina. É importante não suspender a medicação sem consultar o médico previamente.

“Quem possui os sintomas da síndrome do pânico, deve procurar ajuda médica e psicoterápica imediatamente. Embora os ataques não sejam perigosos, são altamente desconfortáveis, muito difíceis de lidar por conta própria e tendem a piorar se não houver tratamento”, finaliza.

JORNAL DO BRASIL – FOTO: DIVULGAÇÃO

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Estado Islâmico mata 34 soldados e milicianos sírios

Estado Islâmico mata 34 soldados e milicianos sírios

Estado Islâmico mata 34 soldados e milicianos sírios

Da Agência EFE

Mais de 34 integrantes das forças governamentais da Síria e de milícias aliadas morreram nas últimas 24 horas pelas mãos do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na província de Al Raqqa, no nordeste do país, informou nesta sexta-feira (25) o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Um deles foi decapitado pelos jihadistas, enquanto 12 combatentes do EI morreram em enfrentamentos com seus rivais, nos quais também foram registrados feridos em ambos os lados, mas o número ainda é desconhecido.

O grupo terrorista publicou em um aplicativo fotografias das vítimas, nas quais é possível ver vários soldados mortos em uma área desértica.

Os radicais também mostraram a suposta decapitação de um dos soldados do governo sírio, além de imagens do ataque com veículos blindados que lançaram contra as forças sírias.

Segundo o OSDH, este é o maior contra-ataque contra as tropas sírias em Al Raqqa, onde estavam avançando e tinham conquistado várias localidades no sudeste da província, em sua tentativa de se aproximarem do limite com a vizinha Deir ez Zor, controlada quase totalmente pela Organização para a Libertação do Levante, o antigo braço sírio da Al Qaeda.

Neste ataque, o EI recuperou terreno na região entre as localidades de Ganim al Ali e Al Sabja,

AGÊNCIA BRASIL

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados