Governo vai revogar decreto e editar nova medida descrevendo extinção da Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca).

Governo vai revogar decreto e editar nova medida descrevendo extinção da Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca).

Governo vai revogar decreto e editar nova medida descrevendo extinção da Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca).

AGÊNCIA BRASIL
Foto: Divulgação/Agência Pará

O Palácio do Planalto informou que o governo federal editará um novo decreto para descrever, de forma mais detalhada, como será extinta a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca). A decisão foi anunciada após as repercussões negativas que a medida, tomada na semana passada, gerou entre ambientalistas, celebridades, a sociedade em geral e até na mídia internacional.

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, a edição do decreto vai esclarecer ponto a ponto a extinção da reserva, de forma a preservar as reservas indígenas e de conservação existentes na região e impedir exploração de minérios de forma ilegal na área. Para isso, o decreto assinado na semana passada será revogado, informou o Planalto.

Respondendo a críticas da imprensa internacional, de organizações ambientais e ativistas ligados ao tema, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, disse que a atitude foi tomada após a “confusão” gerada, com diferentes interpretações, sobre o que seria extinto. “Foi entendido pela maioria da sociedade que estávamos afrouxando as regras contra desmatamento da Amazônia, que estaríamos abandonando a Amazônia. E isso não corresponde à realidade, pelo contrário”, disse.

Estudado pela cúpula do governo

Embora a mudança tenha sido anunciada na tarde de hoje (28) durante uma reunião ministerial comandada pelo presidente Michel Temer, o ministro do Meio Ambiente disse que a edição do novo decreto já vinha sendo estudada pela cúpula do governo após o receio de que a falta de clareza quanto ao assunto pudesse aumentar o desmatamento na Amazônia.

Na semana passada, o próprio ministro de Minas e Energia concedeu uma entrevista para explicar o decreto , dias após o Planalto divulgar uma nota à imprensa e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, contestar as críticas por meio de rede social.

Criada em 1984

Assinado na última terça-feira (22) pelo presidente Michel Temer, o decreto extinguiu a Reserva Nacional do Cobre e Associados. A decisão gerou questionamento de ambientalistas, celebridades, da população e até da mídia internacional. “Vergonha! Estão leiloando nossa Amazônia! Não podemos destruir nossas áreas protegidas em prol de interesses privados”, escreveu no Twitter a modelo brasileira Gisele Bündchen dias depois da edição do decreto. A mensagem recebeu 1,4 mil curtidas e 458 retuites.

A área de proteção foi criada em 1984 pelo governo de João Figueiredo, último presidente do período militar. Na ocasião, foi definida a proteção da área de 47 mil quilômetros quadrados (km²), incrustada em uma região entre os estados do Pará e do Amapá.

Desde então, pesquisa mineral e atividade econômica na área passaram a ser de responsabilidade da Companhia Brasileira de Recursos Minerais (CPRM – Serviço Geológico Brasileiro) ou de empresas autorizadas pela companhia. Além do cobre, estudos geológicos apontam a ocorrência de ouro, manganês, ferro e outros minérios na área.

De acordo com Sarney Filho, o novo decreto pode ser publicado ainda hoje (28) em edição extra do Diário Oficial da União e proibirá qualquer tipo de extração mineral nos lugares da reserva onde também existem áreas indígenas e de conservação. A exceção ocorrerá apenas para planos de manejo. A norma também proíbe a concessão de tipos de direito minerário a quem “comprovadamente participou de exploração mineral na área da extinta Renca”.

Entrevista de Temer

Nesse domingo (27), o canal SBT veiculou uma entrevista com o presidente Michel Temer na qual voltou a defender a edição do decreto. Segundo ele, as críticas à medida são um “equívoco” porque todas as áreas indígenas e de preservação ambiental continuarão garantidas e era preciso “regularizar essa situação”.

“O que estava havendo, o que me chegou aos ouvidos, foi que, embora definida como área de cobre, na verdade quase não tem cobre lá, tem pouca coisa. Tem muito ouro e outros metais. O que está havendo, digamos, é uma exploração clandestina”, disse o presidente.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

ESMP realiza seminário Temas Atuais de Direito Público e Interesse Social em Juazeiro

ESMP realiza seminário Temas Atuais de Direito Público e Interesse Social em Juazeiro

ESMP realiza seminário Temas Atuais de Direito Público e Interesse Social em Juazeiro

A Escola Superior do Ministério Público (ESMP) promoveu nesta sexta-feira (25/08) o Seminário Temas Atuais de Direito Público e Interesse Social, no auditório da Faculdade Leão Sampaio, em Juazeiro do Norte. O evento levou à comunidade acadêmica discussões qualificadas a respeito da reforma do processo penal, defesa do consumidor em eventos de massa, processo coletivo e os negócios jurídicos processuais realizados pelo Ministério Público, coleta seletiva no Ceará e o papel do MP na infância e juventude.

O ponto alto do evento foi a palestra de encerramento com o procurador da República Douglas Fischer, ex-coordenador da Operação Lava Jato em Brasília. Na oportunidade, o palestrante falou sobre a colaboração premiada como técnica de investigação no Brasil, que atualmente ocupa o 79° em Transparência Internacional entre 176 países – índice que mede a percepção de corrupção no mundo.

A iniciativa em Juazeiro integra as ações de interiorização da ESMP no sentido de prestar contas à sociedade do que faz o Ministério Público e despertar vocações a partir do diálogo com os estudantes. “O Ministério Público Brasileiro tem um papel de vanguarda no cenário mundial. Exercendo também o papel de promotor de direitos fundamentais, o MP vem ajudando a mudar a realidade desse país”, destacou o diretor-geral da ESMP, o promotor de Justiça Manuel Pinheiro.

Fonte: MPCE

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Brejo Santo conhecem projeto Valores Humanos na Educação Infantil

Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Brejo Santo conhecem projeto Valores Humanos na Educação Infantil

Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Brejo Santo conhecem projeto Valores Humanos na Educação Infantil

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), a partir do Centro de Apoio da Infância e Juventude (CAOPIJ), apresentou o projeto Valores Humanos na Educação Infantil a representantes dos municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, durante reunião realizada nesta quinta-feira (24/08), e de Brejo Santo, em reunião realizada nesta sexta-feira (25/08). O projeto é uma parceria com o Instituto Myra Eliane e a entidade Sítio Barreiras e visa reforçar os valores humanos de amor, paz, ação correta, verdade e não-violência no projeto pedagógico das escolas públicas dos municípios participantes. Na oportunidade, todos conheceram a experiência exitosa do município de Milagres, que aderiu ao projeto recentemente e já está em plena implantação nas suas escolas municipais com o apoio do Sítio Barreiras.

O objetivo das reuniões foi expandir o projeto Valores Humanos na Educação Infantil na região do Cariri, a partir da assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre os municípios, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), o Instituto Myra Eliane e o Sítio Barreiras. Pelo TAC, os municípios têm 120 dias para fazer um diagnóstico de qual é a demanda real de vagas e a atual oferta municipal na rede de educação infantil. Como consequência, o termo prevê a aprovação de um projeto de lei que torne obrigatória a capacitação dos profissionais de educação infantil nos valores humanos trabalhados pelo projeto; construir creches em áreas de maior risco identificadas no diagnóstico e apresentar, até 2020, um Plano de Universalização da Educação Infantil.

Ainda pelos termos do TAC, o Instituto Myra Eliane e o Sítio Barreiras comprometem-se com as capacitações gratuitas dos facilitadores, com o acompanhamento da implantação do projeto na rede pública por meio da implementação das ações pedagógicas nas escolas da região do Cariri. O projeto ainda fornecerá material pedagógico já publicado pelo Instituto Myra Eliane. “Nós do Ministério Público, a partir dos promotores de Justiça de cada Comarca, acompanharemos todas as cláusulas do TAC, para que tudo seja implementado”, destacou o promotor de Justiça Hugo Mendonça, coordenador do CAOPIJ.

Cronograma de implementação
O município de Brejo Santo manifestou interesse imediato em assinar o TAC. Os demais avaliarão o conteúdo do documento para um retorno até o dia 15 de setembro, com assinatura do documento prevista para o dia 22 de setembro e início da capacitação com os multiplicadores para o mês de novembro deste ano.

Fonte: MPCE

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Vereadores do Crato denunciam falta de transporte escolar em comunidades e precarização do serviço de saúde mental no município

Vereadores do Crato denunciam falta de transporte escolar em comunidades e precarização do serviço de saúde mental no município

Vereadores do Crato denunciam falta de transporte escolar em comunidades e precarização do serviço de saúde mental no município

Davi Salomão com reportagens de Ambrósio Santos Foto: Jota Lopes/Caririceara

Na sessão da Câmara Municipal desta segunda-feira várias pessoas estiveram solicitando melhorias em áreas da saúde, infraestrutura e abastecimento hídrico no município do Crato.

A senhora Edinete Moreira, moradora do distrito Bela Vista, também conhecido por Vila Padre Cícero, esteve na reunião do legislativo para denunciar o transtorno que a população daquela comunidade vem passando com relação ao abastecimento de água…

Além disso, os moradores também estão tendo que conviver com a falta de calçamento em diversas ruas do distrito…

Outra cratense que também tem sofrido com a falta de água é a senhora Maria Irenice, moradora do bairro Vila Lobo, ela ressalta que o liquido só chega às torneiras durante a madrugada…

Líder comunitário da Batateira, José Ribamar Barbosa, conhecido popularmente como Ribinha, conta que há anos a comunidade vem sofrendo com um canal a céu aberto e a buraqueira em algumas ruas do bairro…

O vereador Maurício Almeida (PDT) cobrou uma ação por parte da administração municipal a cerca da precariedade no tratamento de pacientes com problemas psiquiátricos…

Já o parlamentar Jales Velloso (PSB), pediu explicações a Secretaria de Educação sobre o porquê dos estudantes do distrito de Dom Quintino estarem sem o transporte escolar….

Jales ainda criticou a continuidade do alto valor que vem sendo cobrado na taxa de iluminação pública do município…

A cerca da falta de transporte escolar no distrito de Dom Quintino, nós entramos em contato com a Secretária de Educação, Otonite Cortez, que afirmou que o ônibus está no conserto e em breve estará de volta à rota.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Município do Crato inicia cadastro do Garantia-Safra nesta terça-feira (28)

Município do Crato inicia cadastro do Garantia-Safra nesta terça-feira (28)

Município do Crato inicia cadastro do Garantia-Safra nesta terça-feira (28)

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Davi Salomão com reportagens de Ambrósio Santos Foto: Ilustração/Internet

A Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Crato inicia nesta terça-feira o cadastramento de agricultores no programa federal Garantia-Safra. A expectativa é de que aproximadamente 1.250 produtores rurais participem da edição deste ano.

O técnico da secretaria, Vicente Lúcio explica quais as mudanças para esta edição e como os interessados podem fazer para participar…


©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Rapadura Culturarte da Festa de Nossa Senhora da Penha

Rapadura Culturarte da Festa de Nossa Senhora da Penha

Rapadura Culturarte da Festa de Nossa Senhora da Penha

Local: Crato/CE
Data: 28/08/2017 – Hora: 20h
PROGRAMAÇÃO:
Leitura dos Cordeis:
• Um cordel para Barbara – Autora: Mariane Bigio (200 anos da Revolução Pernambucana de 1817)
• Em defesa do folclore – Autor: Chico Nascimento – Dia Internacional do Folclore – 22/08
• Cego Aderaldo: Biografia em Cordel – Autora: Bastinha Job – 50 anos de morte de Cego Aderaldo – 29/07/2017
• O Sumiço da Santa – Autor: Eloi Teles

Leitura da Crônica:
• Festa da Padroeira – Autor: Geraldo Lemos (Agosto/2015)

Áudio:

CD “Flôr da Terra”
• Faixa 02 – A Festa da Padroeira: Regina Lucia Vilar Filgueiras – Narração: Lucion Oliveira
• Faixa 03 – A devoção a Nossa Sra. da Penha: Armando Rafael – Narração: Heron Aquino

CD Sucessos do Poeta do Crato
• Faixa 04 – Festa da Padruêra

CD Baião: do reino encantado… – Forroboxote6 – Xico Bizerra
• Faixa 14 – Senhora do Crato – Reinivaldo Pinheiro, de Ouricuri
• Querer ver e não poder – Veríssimo Santos

Atração Musical
• Pedro dos 8 baixos.

Homenagem:
• Vicente Mendes dos Santos (Galinha Maldita) – Gari

Panfleto:
• Dia do Folclore – Dedé de Zeba

“Um país sem cultura popular nunca será uma nação”
Candeia

Crato/CE, 26 de agosto de 2017

Francisco Jorge Carvalho
Coordenador
(88) 99257.3068
(88) 3521.4864

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Guarani de Juazeiro vence a equipe do Itapipoca e lidera a Taça Fares Lopes com 100% de aproveitamento.

Guarani de Juazeiro vence a equipe do Itapipoca e lidera a Taça Fares Lopes com 100% de aproveitamento.

Guarani de Juazeiro vence a equipe do Itapipoca e lidera a Taça Fares Lopes com 100% de aproveitamento.


DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Henrique Macedo – Foto: Ilustração

Ontem à tarde no estádio do Junco na cidade de Sobral o Guarani de Juazeiro venceu a equipe do Itapipoca por 2×1, pela segunda rodada da Taça Fares Lopes, com gols de Heverson e Honda.

O Leão do Mercado soma seis pontos e lidera a tabela de classificação com 100% de aproveitamento.
A delegação já retornou a Juazeiro do Norte, os jogadores e comissão técnica irão descansar durante esta segunda-feira (28).

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte divulga lista de indeferidos em Processo Seletivo

Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte divulga lista de indeferidos em Processo Seletivo

Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte divulga lista de indeferidos em Processo Seletivo

A Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte (Sesau) informa que a lista com os nomes dos candidatos indeferidos no Processo Seletivo foi divulgada na última sexta-feira, 25, no Diário Oficial do Município, e está disponível no site www.juazeiro.ce.gov.br .

A Sesau solicita aos interessados que forem entrar com recurso administrativo, que enviem ainda hoje o seu pedido para o Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), localizado na Rua João Machado, 195, no Bairro Santa Tereza, no horário de 8h às 11h e de 13h30 às 16h, conforme especificação do edital.

Devido ao grande número de inscrições, a divulgação da lista contendo os nomes dos candidatos indeferidos no processo seletivo do Gabinete do Prefeito (GAB), Procuradoria Geral do Município (PGM), Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest) e Secretaria de Segurança Pública e Cidadania (SESP) foi prorrogada para esta terça-feira, 29, e o prazo para recebimento de recursos foi adiado para o próximo dia 30.

Para mais informações, acesse o link do Diário Oficial, do dia 25 de agosto: http://juazeiro.ce.gov.br/Imprensa/Diario-Oficial/Num4570-25082017/

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Cunha: se até quem carregou a mala foi solto, por que continuo preso?

Cunha: se até quem carregou a mala foi solto, por que continuo preso?

Cunha: se até quem carregou a mala foi solto, por que continuo preso?

Conteúdo do Brasil 247

Sem conseguir avançar com sua delação premiada, apesar de ser uma peça central no esquema de corrupção do PMDB, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha atacou o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo; ele acusa o ministro de obstruir pedidos de liberdade e beneficiar executivos da JBS; “Alguém ligado a mim saiu carregando alguma mala monitorada? Se até quem carregou a mala foi solto, por que continuo preso?”, pergunta, em referência a aliados de Michel Temer, como Rodrigo Rocha Loures, e do senador Aécio Neves (PSDB)

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Limites da atuação de Gilmar Mendes em caso da Lava Jato estão na mesa do STF

Limites da atuação de Gilmar Mendes em caso da Lava Jato estão na mesa do STF

Limites da atuação de Gilmar Mendes em caso da Lava Jato estão na mesa do STF

EL PAÍS

Foto: Agência Brasil O ministro Gilmar Mendes, em julgamento no TSE.

O ‘tiroteio verbal’ que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, promove para defender suas posições já viraram rotina na cena brasileira. Se algum tema nacional passa pelo debate jurídico e Gilmar tem ingerência, ele desfere seu linguajar corrosivo para atingir antagonistas. Mas se as palavras ácidas de Gilmar sempre foram a parte mais notória do magistrado, agora elas passaram a segundo plano. Após protagonizar nos últimos dias uma queda de braço com o juiz de primeira instância do Rio Marcelo Bretas, o país começa a questionar decisões do ministro que se confundem em conexões incômodas com políticos e empresários investigados no esquema de corrupção desvendado inicialmente na Petrobras. O assunto foi parar na mesa da presidente do Supremo, Carmen Lúcia, que precisará decidir nos próximos dias se a postura de Gilmar deve ser debatida no plenário da Corte.

Foi o trabalho de Bretas, já comparado ao juiz Sergio Moro, que colocou a corte nessa “toga justa”, expressão usada pelo jornalista da Folha, Josias de Souza. O juiz carioca é responsável pelos processos da Lava Jato no Rio de Janeiro. No início de julho, ele mandou prender preventivamente Jacob Barata Filho, magnata de empresas de ônibus no Rio, suspeito de pagar propinas a políticos e agentes públicos por vários anos. Ele deteve, também, outros nomes do setor que integrariam o esquema.

Acontece que Gilmar foi padrinho do casamento em 2013 de Beatriz Barata – filha de Jacob Barata Filho — quando ela se casou com Francisco Feitosa Filho, por sua vez, filho de Francisco Feitosa de Albuquerque Lima, irmão de Guiomar Mendes. Esta última, vem a ser a esposa de Gilmar. Para além dessas coincidências familiares, outro imbróglio. Barata Filho é sócio de uma empresa de transporte onde Albuquerque Lima, ou seja, o cunhado do ministro do Supremo, tem participação societária.

Por isso, causou mal-estar quando, no dia 17 de agosto, o ministro acatou pedido de soltura dos advogados de Barata Filho, alegando que as denúncias atribuídas a ele “embora graves, esses fatos [as denúncias] são consideravelmente distantes no tempo da decretação da prisão. Teriam acontecido entre 2010 e 2016”. Determinou, assim, a prisão familiar do empresário de ônibus, a retenção de seu passaporte e a proibição de contato com outros investigados na ação.

No mesmo dia 17, Bretas entrou com novo pedido de prisão preventiva contra os acusados, mas Gilmar concedeu novamente habeas corpus para os empresários. O ministro, então, foi fiel a seu estilo irônico para tratar de assuntos com os quais não concorda. “Isso é atípico e, em geral, o rabo não abana o cachorro, é o cachorro que abana o rabo”, disse ele. Na sequência, liberou mais sete detidos pelo juiz carioca nessa investigação, seguindo a argumentação sustentada para Barata Filho. Antes, argumentou que não se sentia impedido de julgar o assunto uma vez que o casamento entre a filha do acusado e o sobrinho de sua esposa “não durou nem seis meses”.

A desenvoltura de Gilmar para defender suas posições sempre suscitou reações críticas no mundo jurídico. Só que desta vez, do Ministério Público, a associações de juízes e artistas globais decidiram peitar o ministro, que agora encara um pedido de suspeição no STF para que se afaste do caso devido à proximidade com os investigados. A Procuradoria Geral da República entrou com o recurso, após o Ministério Público Federal do Rio ter feito essa solicitação, solicitando, ainda, que as decisões de Gilmar sobre o assunto sejam anuladas. .

No pedido, Rodrigo Janot afirma que “vínculos pessoais que impedem o magistrado de exercer com a mínima isenção suas funções no processo”, apontando tanto a relação de compadrio do casamento, quanto as ligações do seu cunhado com Barata Filho, bem como o fato de Guiomar Mendes trabalhar num escritório de advocacia que defende o empresário rei do ônibus e outro suspeito do esquema que havia sido detido, mas foi liberado por um habeas corpus concedido por Gilmar (Lélis Teixeira, presidente da Federação das Empresas de Transporte do Estado do Rio).

Não é a primeira vez que o procurador geral, Rodrigo Janot, pede afastamento de Gilmar na análise de alguns recursos ligados à Lava Jato. Foi assim em maio, ocasião em que o ministro concedeu habeas corpus ao empresário Eike Batista. O argumento de Janot era também a proximidade de Gilmar com o acusado, uma vez que o escritório de advocacia onde trabalha a mulher de Guiomar tem Eike como cliente.

Mas desta vez, o pedido de suspeição do procurador ganhou apoio maior e até inédito, unindo manifestantes que andam em trincheiras opostas. Um ato de apoio a Bretas no Rio na última quinta-feira – e contra Gilmar –juntou integrantes do Vem pra Rua, que liderou atos de apoio ao impeachment de Dilma Rousseff (PT), o coletivo Midia Ninja, simpático a Dilma e ao PT, artistas que defendem a investigação de Michel Temer (PMDB) e eram contrários à queda da petista, além de juízes federais e procuradores da República.

Todos cobravam, de uma maneira ou de outra, que Cármen Lúcia pressionasse Gilmar Mendes a ter uma postura mais adequada a um magistrado. Ou seja, de não se manifestar publicamente sobre qualquer assunto que estivesse sob sua responsabilidade de julgamento, de declarar-se impedido em casos que tenha ligação com as partes e de evitar que tenha um posicionamento político, ao invés de técnico. “Cansei de emitir notas contra a postura do ministro Gilmar Mendes. Precisávamos fazer um ato mais duro”, afirmou ao EL PAÍS o presidente da Associação de Juízes Federais, Roberto Veloso. Este juiz vê na atitude de Mendes um movimento que tenta acabar com a operação Lava Jato, que desvendou o maior esquema de corrupção e desvio de recursos públicos do país.

A principal queixa de Veloso e de seus pares é que, ao comentar a decisão de soltar um dos suspeitos de corrupção no Rio, o ministro Mendes criticou as prisões determinadas por Brêtas e disse que estava havendo uma inversão de valores na decisão desse juiz de primeira instância. Também não se declarou impedido de julgar este caso por entender que a lei não o proíbe.

Para o presidente da Ajufe, a ministra Cármen Lúcia deveria se manifestar da mesma maneira que o fez no fim do ano passado, quando o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) chamou de “juizeco” um magistrado de primeira instância que autorizou o cumprimento de um mandado de busca e apreensão no Senado. Naquele caso, disse a ministra: Todas as vezes que um juiz é agredido, eu e cada um de nós juízes é agredido”. Até agora, porém, ela se manteve calada.

Na mesma linha de Veloso, seguiu o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, José Robalinho Cavalcanti. “Não questiono o mérito de suas decisões. Mas ele extrapola em muito os limites de atuação de um juiz quando usa palavras rudes que seriam mais adequadas a um jogo partidário”, declarou o procurador. Na semana que passou, a ANPR emitiu uma carta aberta aos ministros do STF cobrando que Mendes tenha uma postura imparcial. Nos próximos dias, a presidente da Corte, Carmen Lúcia, terá de decidir se leva ao plenário o pedido feito pelo Ministério Público Federal contra seu colega.

Relações políticas

A relação delicada de Gilmar com os familiares dos investigados neste caso do Rio de Janeiro é só uma parte do incômodo que o ministro do Supremo tem gerado. Seu trânsito político incomum também desperta reações. Os casos mais notáveis, atualmente, são a proximidade que ele tem com o presidente Michel Temer e com o senador Aécio Neves (PSDB), ambos investigados no STF no âmbito da operação Lava Jato e em outros casos de corrupção. É comum Gilmar se reunir em encontros extraoficiais com Temer, a quem absolveu recentemente no Tribunal Superior Eleitoral do crime de abuso de poder político e econômico nas eleições de 2014. Chama a atenção, ainda, como ambos têm discursos alinhados para assuntos polêmicos, como o parlamentarismo.

Com Aécio, o magistrado foi flagrado em um grampo telefônico feito contra o senador, no qual o parlamentar pede para ajudá-lo a convencer um colega a votar favoravelmente a uma matéria de seu interesse. Apesar de se relacionar com o senador mineiro, até o momento ele não se declarou impedido de julgar nenhum caso que o envolva. Atualmente, há nove inquéritos contra Aécio no STF, e quatro deles são relatados por Gilmar. Desses, os que chamam mais atenção são um em que o senador é investigado por ter recebido recursos ilícitos da Odebrecht para sua campanha eleitoral de 2014; e outro que analisa irregularidades durante a campanha de Antonio Anastasia ao governo de Minas Gerais. Neste processo, o senador seria o intermediador de um pagamento ilícito de 5,4 milhões de reais.

Sempre que questionado sobre seus encontros, com os políticos, o ministro diz que discute temas variados, desde projetos sobre abuso de autoridade até a reforma política. Matérias que transitam atualmente no Congresso Nacional.

Em Brasília, por conta dessa proximidade com autoridades criou-se uma espécie de bolsa de apostas na qual os políticos discutem se Gilmar irá se aposentar e concorrer, em 2018, a um cargo de senador por seu Estado natal, o Mato Grosso.

Pressão contra o Senado

O movimento desta semana contrário começa a ganhar força na internet. Em pouco mais de uma semana, 808.000 pessoas assinaram uma petição virtual em que é requisitado o impeachment de Gilmar. Em uma das mensagens dos apoiadores há uma provocação ao ministro: “Será que ele vai processar todo mundo?”. A postagem se remete à atriz Mônica Iozzi, da Rede Globo, que foi condenada a pagar 30.000 reais como danos morais ao magistrado por criticar uma decisão dele por meio de uma publicação em sua consta do Instagram.

Caso esse pedido de impeachment prospere, ele será enviado ao Senado Federal, onde desde junho já tramita um processo de destituição do ministro. Neste caso, um grupo de juristas questionou a proximidade entre Mendes e o senador Aécio e disse que ele pratica atividades político-partidárias. O caso ainda não analisado pelo Senado. Outros dois pedidos de impeachment contra o ministro já foram arquivados desde 2008.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados