Festa do Peão anuncia Anitta e enfrenta críticas: ‘Decepção’

Festa do Peão anuncia Anitta e enfrenta críticas: ‘Decepção’

Festa do Peão anuncia Anitta e enfrenta críticas: ‘Decepção’

© Instagram Anitta

VEJA.com

Anitta foi anunciada nesta segunda-feira como uma das atrações da Festa do Peão de Barretos, que acontece de 16 a 26 de agosto na cidade do interior de São Paulo. O anúncio, porém, foi recebido por um público dividido: na página do evento no Facebook, enquanto alguns seguidores comemoraram a confirmação, outros reclamaram da escolha dos organizadores nos comentários, afirmando que a festa não está respeitando a tradição.

“Só falta daqui a pouco confirmar Pablo Vittar. Saudades dos tempos que tinha Milionário & José Rico, César Menotti & Fabiano e muitos outros”, escreveu uma pessoa. “Acabou a tradição mesmo! Cada vez pior! Amo Barretos, mais se não colocarem SERTANEJO a noite toda nem vou mais…”, disse outra. “Super caipira country sertanejo ela né? A prova de que o Brasil está carente de cantores bons… gosto de Anitta, mas não numa festa dessa… é como Ivete Sangalo no Rock in Rio”, comentou outra.

A página oficial da Festa do Peão respondeu alguns dos comentários afirmando que serão mais de 150 shows no evento inteiro. “A maioria deles, de música sertaneja! Fique ligado em nossas redes sociais pra descobrir que tem muito mais pra todos os gostos! Música sertaneja, moda de viola, country – com a diva maior Shania Twain – e muito mais!”, disse a organização.

A festa anunciou em fevereiro que a cantora americana Shania Twain será uma das atrações do evento. A dona do hit Man! I Feel Like a Woman se apresenta na festa em 18 de agosto.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Presidente colombiano anuncia retomada de negociações com o ELN

Presidente colombiano anuncia retomada de negociações com o ELN

Presidente colombiano anuncia retomada de negociações com o ELN

Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, o comissário da paz Rodrigo Rivera e Gustavo Bell em Bogotá, em 12 de março de 2018

Agência AFP

O presidente Juan Manuel Santos anunciou nesta segunda-feira (12) a retomada dos diálogos de paz com o Exército da Libertação Nacional (ELN), a última guerrilha ativa na Colômbia, interrompidos desde 10 de janeiro por causa de uma intensificação do conflito.

“Dei instruções ao chefe da equipe negociadora, Gustavo Bell, para que viaje a Quito e reative a mesa de diálogo”, assinalou o chefe de Estado em um comunicado.

Santos dobrou a aposta pelo diálogo apesar da derrota que sofreu nas eleições legislativas de domingo para a direita que rejeita a sua política de paz.

O presidente afirmou que os dois lados irão retomar as discussões para tentar declarar um novo cessar-fogo “amplo e verificável” para facilitar uma solução final ao conflito.

“Minha esperança é fazer o maior progresso possível na agenda temática e por que não esgotá-la nos próximos meses, se houver vontade”, disse ele.

O processo com o qual Santos tenta selar uma paz completa para a Colômbia, depois de conseguir o desarmamento e a transformação em um partido da ex-guerrilha das Farc, foi suspenso ao término de uma trégua bilateral de 101 dias que expirou em 9 de janeiro.

Pouco depois, o ELN – que, segundo dados da inteligência militar, tem cerca de 1.500 homens – voltou a atacar as forças públicas e infraestruturas petrolíferas.

O governo respondeu e, desde então, as partes entraram em uma nova espiral de violência que deixou dezenas de vítimas.

Nesta segunda-feira, o ministério da Defesa anunciou a morte de um líder rebelde, identificado como “El Grillo” (O Grilo), durante uma operação na fronteira com a Venezuela.

Em 6 de março, 34 insurgentes morreram em operações militares e dezenas foram presos, de acordo com o ministério da Defesa.

Já a guerrilha organizou atentados que deixaram mais de uma dúzia de soldados mortos.

Em um comunicado divulgado antes do anúncio oficial, o Exército de Libertação Nacional (ELN) já havia mostrado sua vontade de continuar o diálogo em meio a uma nova trégua.

“Respondemos ao chamado do presidente Santos para reiniciar as discussões, com a convicção de que é melhor o diálogo durante um cessar-fogo bilateral”, declarou o comando rebelde.

Última guerrilha ativa na Colômbia, o ELN e o governo procuram um acordo para acabar com uma revolta armada que começou em 1964.

“Espero sinceramente que, nesta nova oportunidade dada à paz, avancemos com prudência, firmeza e perseverança até concordarmos com a desmobilização, desarmamento e reintegração do ELN, isto é, a paz completa”, afirmou Santos.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Barroso restabelece indulto natalino, mas exclui condenados por corrupção

Barroso restabelece indulto natalino, mas exclui condenados por corrupção

Barroso restabelece indulto natalino, mas exclui condenados por corrupção

Ministro Luís Roberto Barroso decidiu monocraticamente sobre o indulto natalino  Foto:Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu hoje (12), monocraticamente, restabelecer em partes o decreto de indulto natalino que foi editado pelo presidente Michel Temer no ano passado, mantendo de fora, porém, os crimes de colarinho branco.

O decreto havia sido suspenso pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, em dezembro, durante o recesso do Judiciário, após pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que o considerou inconstitucional. A decisão foi mantida posteriormente por Barroso, relator da ação, que pediu então que o assunto fosse pautado em plenário.

Como a ação não foi pautada por Cármen Lúcia nos meses de março e abril, Barroso resolveu estabelecer por conta própria os critérios que julgou adequados para a concessão do indulto, que é uma prerrogativa do presidente da República, prevista na Constituição, de dar perdão judicial a pessoas condenadas por alguns crimes.

Barroso justificou sua postura, de não aguardar o plenário, levando em consideração manifestações de diversas defensorias públicas dos estados, que relataram a situação de tensão nas prisões devido ao fato do decreto não ter sido aplicado em nenhuma hipótese até o momento, uma vez que as varas de execução penal de todo o Brasil aguardam uma definição definitiva pelo Supremo.

Regras

Barroso reiterou, no despacho em que restabeleceu o indulto, considerar inconstitucionais as regras originais do decreto editado por Temer, que previa, por exemplo, a concessão do indulto mesmo a quem não pagou as multas previstas em suas penas, ou àqueles que tivessem cumprido somente 20% do tempo de prisão a qual foram condenados.

Tais regras acabaram “transmitindo à sociedade um sentimento de impunidade e até mesmo uma certa descrença nas instituições públicas”, escreveu o ministro.

Entre os principais pontos da decisão de Barroso publicada nesta segunda-feira está o restabelecimento de um terço do cumprimento mínimo da pena para que o condenado seja agraciado com o indulto, limite que vigorava em decretos de anos anteriores e fora recomendado pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária.

O ministro também impôs o limite de oito anos de pena como o máximo ao que o detento pode ter sido condenado para poder receber o indulto. O decreto original não trazia limite para a condenação.

Colarinho branco

Outro ponto estabelecido por Barroso foi a exclusão do indulto daqueles que cometeram crimes de colarinho branco, como corrupção, peculato, tráfico de influência, crimes contra o sistema financeiro nacional, lavagem de dinheiro e ocultação de bens, entre outros. Quem cometeu tais crimes não poderá ser beneficiado, conforme havia pedido a PGR.

“O baixo risco de punição, sobretudo da criminalidade de colarinho branco, funcionou como um incentivo à prática generalizada desses delitos. É à luz dessas premissas que analiso o instituto do indulto, a fim de avaliar seus impactos no sistema punitivo brasileiro”, escreveu o ministro.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Distritos Municipais contarão com Câmaras dos Agentes da Cidadania

Distritos Municipais contarão com Câmaras dos Agentes da Cidadania

Distritos Municipais contarão com Câmaras dos Agentes da Cidadania

População dos distritos brasileiros vai dispor de espaço para o exercício da cidadania Foto: Caririceara.com

O Movimento Nacional Pró-Distrito, lançado em 20 de fevereiro, entra agora em uma nova fase, a instalação das Câmaras dos Agentes da Cidadania, que promove o debate entre os moradores sobre questões como problemas locais e busca desenvolver mecanismos para soluciona-los. Inicialmente as Câmaras serão instaladas no Cariri e no Centro-Sul do estado. O objetivo é chegar nos 989 distritos do Ceará, e mais de 30 mil distritos municipais brasileiros.

O Cariri foi dividido em três áreas que compreendem as microrregiões leste e oeste e a região metropolitana. Em cada território será escolhido um articulador do movimento que ficará responsável por organizar a instalação das câmaras da cidadania.

A implantação terá inicio a partir deste mês até atingir o objetivo, que é proporcionar aos moradores dessas regiões um espaço para exercer sua cidadania e lutar pelos seus direitos.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Motociclista morre ao colidir seu veiculo com poste na Avenida Padre Cícero em Crato

Motociclista morre ao colidir seu veiculo com poste na Avenida Padre Cícero em Crato

Motociclista morre ao colidir seu veiculo com poste na Avenida Padre Cícero em Crato

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Ilustração/Arquivo/Cariricera.com

Um acidente envolvendo uma motocicleta ocorrida na noite deste domingo, dia 11 na cidade do Crato resultou na morte de um homem e ferimentos em outro. O fato aconteceu por volta das 22h00min, na Avenida Padre Cícero, nas proximidades do viaduto no bairro Muriti.

A vítima fatal, José Edmar Cabral, 55 anos de idade que residia na Rua Edvan de Sousa, 110, bairro Vila Alta dirigia uma moto modelo Fan, de cor vermelha, de placas PMD-4927 momento em que por motivos ainda não esclarecidos, perdeu o controle do veiculo vindo a colidir com um poste morrendo local. Ele transportava como garupeiro, um rapaz identificado por Rafael Alisson que foi socorrido pelo Samu ao hospital São Raimundo.

O núcleo de ciências forense do cariri foi comunicado do óbito pela Ciops Crato, e acionou uma equipe no rabecão que trasladou o corpo de José Edmar para ser submetido a exame cadavérico para posteriormente ser entregue a família para providenciar o sepultamento que deverá ocorrer na cidade do Crato.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Em Crato, feira de adoção de animais reúne famílias e parceiros na Praça Alexandre Arraes

Em Crato, feira de adoção de animais reúne famílias e parceiros na Praça Alexandre Arraes

Em Crato, feira de adoção de animais reúne famílias e parceiros na Praça Alexandre Arraes

Cuidado, amor e alegria. Sentimentos que marcaram a edição do “Cariri, Adote”, realizada no último sábado, 10, na Praça Alexandre Arraes. Em parceria com a sociedade civil organizada e o Projeto Acolhe, o Governo do Crato, através das Secretarias Municipais de Saúde (SMS), e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial, participou do momento com diversos serviços.

Na oportunidade, a Secretaria de Saúde disponibilizou a vacina antirrábica para todos os animais, entre cães e gatos, que estavam para adoção. Segundo a Coordenadora Especial da Vigilância em Saúde, Ar​​lene Sampaio, foram vacinados 115 cães e 36 gatos.
Durante a feira, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial realizou orientação falando sobre os bons tratos para com os animais e posse responsável, ações estas previstas dentro da rede de defesa, proteção e bem-estar animal.

O momento contou também com a presença do Secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial, Brito Júnior, e do Coordenador de Meio Ambiente da Prefeitura do Crato, Henrille Silva.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados