NOVO FIES Prazo de renovação de contrato é prorrogado para 25 de maio

NOVO FIES Prazo de renovação de contrato é prorrogado para 25 de maio

NOVO FIES Prazo de renovação de contrato é prorrogado para 25 de maio

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, cria mais uma oportunidade para quem vai fazer a renovação do contrato do primeiro semestre de 2018 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O prazo de aditamento, agora, foi prorrogado para 25 de maio. Neste semestre, a previsão é de renovar 1,1 milhão de contratos.

“Essa é segunda vez que o FNDE prorroga o prazo de renovação dos contratos neste semestre”, informa o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro”, que adverte: “É importante que todos os estudantes façam o aditamento o quanto antes”. O período inicial de renovação terminaria no dia 30 de abril, mas o FNDE já tinha postergado o prazo anteriormente para esta quinta-feira, dia 10.

Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre.  O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino, para depois as informações serem validadas pelos estudantes no SisFies. Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de contratos devem ser renovados.

Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal) para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Novo Fies – Estudantes que ingressarem no Fies a partir de 2018 já entrarão em um novo sistema de financiamento. O Novo Fies é um modelo de financiamento estudantil moderno, no qual o programa está dividido em várias modalidades diferentes que oferecem condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia para cada candidato.

O acesso aos procedimentos de renovação de contrato pelos estudantes pode ser feito nesta página.

Clique aqui para ver mais informações sobre o novo modelo de financiamento.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Pequenos negócios serão beneficiados pelo Cadastro Positivo

Pequenos negócios serão beneficiados pelo Cadastro Positivo

Pequenos negócios serão beneficiados pelo Cadastro Positivo

Texto-base aprovada pela Câmara pode reduzir as taxas de juros e facilitar o acesso dos empresários ao crédito

Aprovado pela Câmara dos Deputados nesta quarta (9), por 273 a 150 votos, o projeto do Cadastro Positivo deve facilitar o acesso a crédito para empresários com bom histórico de pagamentos. Os parlamentares aprovaram o texto-base e ainda vão analisar os destaques dos partidos para modificar a proposta, que prevê a consolidação de uma lista pública com dados sobre bons pagadores. “Sempre tivemos uma resistência passiva do sistema bancário, por conta da arguição da inadimplência, sempre mantiveram spreads extremamente altos para jogar na média, fazendo com que o bom pagador pague uma taxa de risco pelo mau pagador”, analisa Afif.

De acordo com estimativa das entidades que compõem a Frente do Cadastro Positivo, a iniciativa pode injetar, a médio prazo, até R$ 1,1 trilhão na economia, promover um aumento de R$ 790 bilhões (12% do PIB) na geração de negócios e incluir 22 milhões de pessoas no mercado de crédito, mesmo quem não tem comprovação de renda.

O Cadastro Positivo deve empoderar o cidadão que deseja tomar crédito, seja ele um consumidor ou empreendedor. Por meio do projeto, o histórico positivo do cidadão passa a ser mais relevante que o negativo para a decisão de crédito. Portanto, pessoas que possuem uma trajetória positiva, mas que enfrentam uma situação de inadimplência, serão avaliadas também pelas contas pagas em dia.

“No seguro de automóvel, por exemplo, antes de calcular as taxas, é preciso primeiro saber o risco, se você guarda o carro na garagem, se mora numa região com muito roubo, se o condutor tem mais idade. Todas essas informações contribuem para fazer uma taxa de acordo com o risco. Por que com os bancos não funciona assim? Porque não existe o Cadastro Positivo, porque não existe o histórico do bom pagador”, conclui Afif.

Por meio da pontuação de crédito, a inadimplência poderá ser reduzida em até 45%. Esse instrumento pode aumentar o PIB anual em 0,54% ao ano. Sendo que, consumidores nas piores faixas de escore e que, em sua grande maioria, possuem menor renda, serão as maiores beneficiadas pelo Cadastro.

A lei atende aos requisitos do Código de Defesa do Consumidor, pois o cancelamento de cadastro pode ser feito a qualquer momento – dando ao consumidor o controle sobre as suas informações. No sistema atual, os dados do histórico de crédito ficam abertos a todos os interessados. Com a nova lei, esses dados entram automaticamente na pontuação de crédito e a abertura de dados é feita pelo tomador de crédito junto ao proponente.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Segunda Turma do STF nega recurso de Lula contra prisão

Segunda Turma do STF nega recurso de Lula contra prisão

Segunda Turma do STF nega recurso de Lula contra prisão

A defesa pretendia conseguir a soltura do ex-presidente

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou, nesta quinta-feira (10), por negar mais um recurso com o qual a defesa pretendia conseguir a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde o dia 7 de abril, na Superintendência da Polícia Federal, em Cutiriba.

Celso de Mello seguiu o voto do relator, ministro Edson Fachin, que já havia negado o recurso.

Participaram também do julgamento os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, que compõem a Segunda Turma do STF. Todos rejeitaram o pedido de liberdade.

Ministro mais antigo do STF, Mello voltou a afirmar que considera “esdrúxula execução provisória de condenação criminal sem trânsito em julgado”, antes do julgamento das apelações a instâncias superiores. No entanto, ele afirmou que o caso de Lula já foi debatido em plenário pela Corte, e que por isso negaria o recurso do ex-presidente “em respeito ao princípio da colegialidade”.

O julgamento, iniciado na última sexta-feira, ocorreu no plenário virtual, ambiente em que os ministros apresentam seus votos pelo sistema eletrônico, sem se reunirem presencialmente.

Prisão de Lula
O ex-presidente está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril, por determinação do juiz Sérgio Moro, que ordenou a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). Na ordem de prisão, o magistrado disse não restar mais recursos em segunda instância capazes de suspender a medida.

No recurso negado agora pelo Supremo, a defesa de Lula rebateu Moro, sustentando que o juiz não poderia ter executado a pena porque não houve esgotamento dos recursos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF), segunda instância da Justiça Federal.

Para os advogados, o entendimento atual do Supremo, que autoriza as prisões após segunda instância, deveria ter sido aplicado somente após o trânsito em julgado no TRF4, o que ainda não teria ocorrido, uma vez que ainda se encontram em análise no tribunal a admissibilidade dos recursos especial e extraordinário.

Os recursos especial e extraordinário são destinados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao STF, respectivamente, mas passam primeiro por um exame de admissibilidade no segundo grau, antes de serem eventualmente encaminhados às instâncias superiores.

Os advogados alegavam também que a ordem de prisão de Lula não havia sido devidamente fundamentada, sendo uma mera aplicação automática da prisão em segunda instância, o que seria ilegal.

AGÊNCIA BRASIL

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Em Assaré, mototaxista foi preso em flagrante por receptação dolosa

Em Assaré, mototaxista foi preso em flagrante por receptação dolosa

Em Assaré, mototaxista foi preso em flagrante por receptação dolosa

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Reprodução/WhatsApp

O Mototaxista Simão Sousa Xavier, 47 anos residente na Rua João Grande, 20, Bairro Coruja, em Assaré-CE foi preso em flagrante delito volta das 18 horas desta quarta-feira (09), naquela cidade sob a acusação de receptação dolosa. A prisão foi efetuada pela guarnição policia, militar composta pelos Sargentos Haroldo e Lima e soldado Virgulino após o recebimento de denúncia de dois roubos em foram vítimas duas mulheres na noite anterior.

De acordo com a o boletim policial, por volta de 20 horas da terça-feira (08), a composição policial militar de serviço no Destacamento Policial de Assaré, tomou conhecimento através do telefone 190 que por volta das 18h40min teriam ocorrido dois roubos a pessoa em sequência, o primeiro na Rua Padre Emilio Cabral, em frente ao DETRAN, Bairro Condado, onde dois indivíduos em uma Moto Fan Preta abordaram uma professora de 57 anos, gritando que a mesma não reagisse e nem gritasse, exigindo da mulher seu aparelho de telefonia celular, para logo em seguida na rua Maria de Jesus Oliveira, também tomarem de assalto de uma profissional autônoma, de 21 anos, outro celular e fugirem tomando rumo ignorado. O policiamento diligenciou na tentativa de identificar e prender os acusado, mas sem êxito.

 

No entanto, ontem por volta das 13h30min uma das vitimas, informou a policia que através do rastreamento do seu celular e de um aplicativo (Google Fotos), localizou seu aparelho no imóvel onde reside o mototaxista, repassando também fotos do acusado tiradas pelo equipamento. De posse das informações a patrulha militar de serviço se dirigiu endereço indicado pela vitima vindo ao inicio da noite a abordar Simão Sousa em seu domicilio. Ao ser interpelado pelos PMs, ele afirmou que realmente estava com o celular da vitima, mas que teria comprado por R$ 100,00 de um desconhecido e também afirmou que comprara o outro celular roubado da outra vitima, a outro desconhecido também por R$100,00 reais, acrescentando que as duas negociações com os celulares roubados, foram feitas na noite anterior por volta das 19hs ou seja, logo após o roubo.

Diante das evidências e materialidade do crime de receptação dolosa, os militares apreenderam os produtos de roubo, bem como efetuaram a prisão do mototaxista que juntamente com as duas vitimas foram apresentados na Delegacia regional de Crato, ao delegado plantonista, o bacharel Flavio Santos da Silva que determinou a autuação do causado por infração ao artigo 180 do código penal brasileiro, enquanto que as vitimas foram ressarcidas dos seus aparelhos celulares. Na delegacia  as vítimas afirmaram não reconhecerem o acusado como sendo um dos individuo autores assalto.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Maisa Silva se estressa com Silvio Santos após provocações do apresentador

Maisa Silva se estressa com Silvio Santos após provocações do apresentador

Maisa Silva se estressa com Silvio Santos após provocações do apresentador

MAISA SILVA SE ESTRESSA COM SILVIO SANTOS APÓS PROVOCAÇÕES DO APRESENTADOR

Purebreak

Maisa Silva dá fora em Silvio Santos depois de ser provocada durante programa
Parece que Maisa Silva não tem mesmo medo de responder o chefe Silvio Santos… principalmente quando ele passa um pouco dos limites. A atriz de 15 anos participou do “Jogo dos Pontinhos” e, quando foi provocada pelo patrão, não teve papas na língua, dando um fora no dono do SBT.

O apresentador perguntou aos convidados o motivo da jovem não ter namorado e Maisa logo fez questão de dizer que está comprometida sim. “Fala que está namorando, que mentira. Quem é que vai namorar uma pirralha? Você está namorando quem?”, perguntou Silvio. A atriz não se segurou e logo soltou: “Eu? Não te interessa. Não mesmo. A gente não tem intimidade, ué. Você não me conta suas coisas, por que eu deveria te contar as minhas?”. O dono da emissora nem ligou e continuou com o programa normalmente, ainda provocando a jovem. Confira:

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Argentina discute com o FMI apoio econômico para sair da crise

Argentina discute com o FMI apoio econômico para sair da crise

Argentina discute com o FMI apoio econômico para sair da crise

Ministro Nicolas Dujovne se reúne Christine Lagarde. Governo insiste que herdou um déficit fiscal de Cristina Kirchner

O Ministro da Fazenda da Argentina, Nicolas Dujovne, se reúne nesta quinta-feira (10) com a diretora-executiva do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, em Washington. Ontem, a equipe liderada por ele, começou a negociar uma linha de crédito stand-by. Trata-se de um acordo tradicional, parecido ao ultimo negociado pela Argentina, em 2005: a instituição financeira faz desembolsos trimestrais, desde que o pais receptor cumpra determinadas metas.

“Estou decepcionado, porque quando negociei o ultimo acordo com o FMI, achei que seria o ultimo”, disse, em entrevista a Agencia Brasil, o economista Guillermo Nielsen. Ele foi responsável pela negociação dos acordos stand-by de 2003 e 2005, e a renegociação da divida externa, depois do calote de 2001. Segundo Nielsen, o atual governo deveria ter reduzido os gastos públicos, antes de chegar ao extremo de ter que pedir socorro ao Fundo. “Teria sido melhor colocar em ordem nossas próprias contas, do que ter que recorrer a uma organização internacional para nos obrigar a fazer os deveres de casa”.

O empréstimo seria para recuperar a confiança dos mercados na Argentina, depois da disparada do dólar na semana passada, que levou o Banco Central a elevar a taxa de juros de referencia a 40%. Com isso, pretende atrair de volta os capitais de empresas e fundos estrangeiros, que migraram para os Estados Unidos, depois que o governo norte-americano elevou suas taxas. Mas a volatilidade da economia da Argentina – pais altamente dependente de financiamento externo para pagar suas contas – afugentou investidores que não estão dispostos a correr tantos riscos nessa nova conjuntura internacional.

O governo insiste que herdou um alto déficit fiscal da ex-presidente e atual senadora da oposição, Cristina Kirchner. E que seria politicamente inviável ter feito cortes drásticos. Em dois anos e cinco meses de governo, o presidente da Argentina, Mauricio Macri adotou medidas de liberalização econômica, para tirar o pais do estancamento: eliminou as restrições cambiais impostas por sua antecessora e permitiu as empresas de serviços públicos de atualizarem duas tarifas, congeladas e subsidiadas desde o colapso da economia em 2001.

Os aumentos das tarifas (alguns de 700%) repercutiram nos preços e contribuíram para a manutenção da inflação alta, herdada do governo Kirchner, que supera os 20% anual. Reduzir o índice inflacionário tinha sido um dos pilares da campanha de Macri, além de tornar a Argentina mais transparente e aberta ao mundo. O presidente argentino – que assumiu em meio a crise politica brasileira e ao escândalo da Lava-Jato – assumiu uma posição de liderança na região: a Argentina foi sede da reunião da Organização Mundial do Comercio (OMC), no ano passado, e do G20 ( grupo que reúne as vinte maiores economias) este ano.

O ex-presidente dos Estados Unidos, Barak Obama, e o atual vice-presidente norte-americano Mike Pence, viajaram a Buenos Aires e elogiaram os novos rumos da economia. Macri também recebeu as visitas dos mandatários do Japão, da Itália e da Alemanha e a própria Lagarde que – segundo o presidente argentino – apoiou a politica “gradualista” argentino.

Apoio externo e custo político interno

Na quarta-feira (9) a noite, o Ministério das Relações Exteriores da Argentina emitiu um comunicado para mostrar que Macri está no rumo certo. Na nota, os governos do Japão, dos Estados Unidos, da Espanha, do Chile e do Brasil manifestam seu apoio as negociações do governo argentino com o FMI. Mas internamente, Macri pagou um custo politico pela decisão. Uma pesquisa de opinião publica realizada pelas consultoras D’Alessio IROL/Berensztein mostra que apenas um de cada três simpatizantes de Cambiemos (a coalização de partidos de centro-direita no governo) apoia a negociação com o FMI.

A pesquisa foi realizada antes mesmo da decisão ser anunciada, na terça-feira (8) pelo próprio Macri. A maioria (75%) dos 1077 entrevistados considera “inadequado” pedir ajuda ao FMI. E 50% deles consideram o governo responsável pela atual situação.

O governo também enfrenta oposição no Congresso. Na quarta-feira (9) à noite, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que – se implementado – obrigaria o governo a restabelecer as tarifas dos serviços públicos aos níveis de novembro de 2017. E só permitiria aumentos futuros de acordo com a porcentagem dos aumentos salariais. O projeto ainda será votado pelo Senado, onde o governo tampouco tem maioria. Mas Macri já disse que irá vetá-lo, porque produziria um rombo no orçamento.

AGÊNCIA BRASIL

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Juazeiro do Norte. MPF cobra esclarecimentos no caso de professora afastada após aula sobre História Afro no Ceará

Juazeiro do Norte. MPF cobra esclarecimentos no caso de professora afastada após aula sobre História Afro no Ceará

Juazeiro do Norte. MPF cobra esclarecimentos no caso de professora afastada após aula sobre História Afro no Ceará

Episódio ocorreu na cidade de Juazeiro do Norte (CE). Desde 2003, a Lei Federal 10.639 incluiu a obrigatoriedade do ensino de “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena” no currículo da rede pública

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal, pediu à Secretaria de Educação de Juazeiro do Norte, no Ceará, informações sobre o afastamento de sala de aula da professora Maria Firmino, que leciona na Escola de Educação Infantil e Fundamental Tarcila Cruz de Alencar. De acordo com denúncia recebida pela PFDC, a docente estaria sofrendo retaliação após ter ministrado aula sobre o tema “patrimônio material, imaterial e natural de matriz africana”, no dia 20 de abril.

No ofício à secretária de Educação do município, Maria Loureto Lima, a procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, pede que esclarecimentos sobre o caso sejam prestados ao Ministério Público Federal em um prazo de até dez dias. A mesma solicitação foi feita à diretora administrativa da unidade de ensino, Cláudia Roberta Bezerra Lima.

Desde 2003, a Lei Federal 10.639 incluiu a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena” no currículo oficial da rede pública de ensino. A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada pelo Conselho Nacional de Educação e homologada pelo Ministério da Educação em dezembro de 2017, também traz entre suas competências gerais o estímulo à empatia, ao diálogo, à resolução de conflitos e à cooperação, “fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humanos, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades, sem preconceitos de qualquer natureza”.

Levantamento nacional – Em abril, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão solicitou a 63 universidades federais de todo o país informações sobre a oferta do ensino da “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena” na grade acadêmica de cursos de licenciatura e bacharelado dessas instituições. A medida busca identificar o grau de implementação das Leis 10.639/2003 e 11.645/2008, em razão da necessidade de capacitação de professores na temática.

Além de apontar em quais cursos a disciplina Relações Étnico-Raciais figura com obrigatória, as universidades deverão informar quais projetos dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiro (NEABs) ou instituições correlatas estão em andamento – conforme dispõe a Resolução CD/FNDE nº 14/2008. As instituições deverão esclarecer, ainda, se o critério de implementação, em caráter obrigatório, da disciplina Relações Étnicoraciais vem sendo objeto de avaliação pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e qual o órgão responsável por acompanhar e monitorar as políticas de ações afirmativas implementadas no âmbito da universidade.

O pedido de informações integra um conjunto de medidas adotadas pelo Grupo de Trabalho para Enfrentamento ao Racismo, instituído pela PFDC em março de 2018. O colegiado tem como objetivo atuar no combate à discriminação e no fortalecimento de políticas públicas voltadas à promoção da igualdade racial – reunindo representantes do Ministério Público Federal e de Ministérios Públicos estaduais. Entre os temas de atuação do Grupo, está o combate à intolerância religiosa, a adoção de políticas afirmativas em concursos públicos, o acesso ao sistema de cotas raciais, assim como o enfrentamento à criminalização e o genocídio da juventude negra. Saiba mais.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Brasileiro Série D: Imperatriz/MA x Guarani de Juazeiro/CE sofre mudança de horário

Brasileiro Série D: Imperatriz/MA x Guarani de Juazeiro/CE sofre mudança de horário

Brasileiro Série D: Imperatriz/MA x Guarani de Juazeiro/CE sofre mudança de horário

A Diretoria de Competições da CBF comunicou mudança no horário da partida Imperatriz/MA x Guarani de Juazeiro, válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro Série D. Anteriormente marcada para às 16h, o duelo foi adiado para às 18h30. A data, 13 de maio (domingo), e o local, estádio Frei Epifânio, foram mantidos. Confira:

Imperatriz/MA x Guarani de Juazeiro
De: 16h00
Para: 18h30
Data: 13/05, domingo (mantida)
Local: Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz/MA (mantido)

Para ver o comunicado, clique aqui

Para ver a tabela do Brasileiro Série D, clique aqui

Federação Cearense de Futebol

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Polícia Federal faz operação contra crimes na internet

Polícia Federal faz operação contra crimes na internet

Polícia Federal faz operação contra crimes na internet

Grupo incentivava estupro e assassinato de mulheres e negros
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Policiais federais estão hoje (10) nas ruas de seis cidades desde cedo numa operação contra crimes cometidos por meio da internet. Os investigados na Operação Bravata vão responder pelos crimes de associação criminosa, ameaça, racismo e incitação ao crime.

De acordo com a Polícia Federal (PF), os suspeitos utilizavam sites e fóruns mantidos na internet com objetivo de incentivar a prática de crimes, como estupro, assassinato de mulheres e negros e atos de terrorismo.

Segundo a PF, existem também evidências de que os investigados foram responsáveis por “ameaças de bomba encaminhadas a diversas universidades do país”.

Operação Intolerância
A ação desta quinta-feira é um desdobramento da Operação Intolerância, realizada em 2012, que investigou pessoas envolvidas nos mesmos crimes. Na ação de hoje, a polícia constatou que os indivíduos investigados aparentemente mantinham relações com os que foram presos na operação de 2012, inclusive com o uso dos mesmos sites e novas páginas na internet.

Cerca de 60 policiais federais cumprem um mandado de prisão preventiva e oito de busca e apreensão nas cidades de Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Santa Maria, no Rio Grande do Sul, e Vila Velha, no Espírito Santo.

De acordo com a PF, no nome da operação, Bravata, refere-se à maneira com que os suspeitos intimidavam suas vítimas, com “ameaças de maneira insolente, fanfarrice, comportamento de quem ostenta suas próprias qualidades, ação da pessoa presunçosa, arrogante e modo de agir de quem faz alarde de uma coragem que não possui”.

AGÊNCIA BRASIL

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados

Corpo de mulher é encontrado em estado de decomposição na periferia de Juazeiro

Corpo de mulher é encontrado em estado de decomposição na periferia de Juazeiro

Corpo de mulher é encontrado em estado de decomposição  na periferia de Juazeiro

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Ilustração/Internet

Uma mulher foi encontrada morta com corpo despido e em avançado estado de decomposição, na periferia de Juazeiro do Norte, nesta quarta-feira (09). De acordo com a polícia militar, a vítima estava caída por sobre um córrego que despeja numa pequena lagoa na rua Maria José dos Santos, Bairro Tiradentes.

A informação do achado do cadáver chegou a CIOPS Juazeiro por volta das 16h30min, através de ligação de um popular para o número emergência (190). Segundo o informante, um corpo estaria boiando em um lago localizado nas imediações da rua Raimold Bender, bairro Tiradentes. Uma equipe de militares do policiamento ostensivo geral foi acionada para local onde realizou buscas em torno da denúncia, mas nada foi encontrado.

No inicio da noite, nova ligação foi recebida pela policia dando conta de que a localização do corpo teria ocorrido na rua Maria José dos Santos no Bairro Tiradentes. Uma viatura da PM compareceu ao endereço indicado onde se encontrava o corpo da vítima. Os policiais solicitaram a presença da perícia forense que fez o traslado do cadáver para o Núcleo de Ciências Forense (Antigo Instinto Médico Legal-IML) regional do cariri onde será submetido a necropsia que apontará a real causa da morte. Até fechamento dessa matéria, a vítima permanecia sem identificação.

Leia também




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

Enquetes

VOCÊ É A FAVOR DO PORTE DE ARMAS PARA QUALQUER PESSOA?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2018 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados