Acusado de homicídio foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (07), em Crato

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Um homem que segundo a polícia, era acusado de homicídio e outros delitos foi assassinado a bala na noite desta quarta-feira (07), em Crato. O crime aconteceu na rua Vereador Sebastião Maciel Lopes, 17, Morro da Coruja, no Bairro Muriti.

A vítima trata-se de Damião Domiciano da Silva, 49 anos que morava na Rua Dom Bosco, 82, bairro Gizélia Pinheiro (Batateiras). A policia militar ao comparecer no local do ocorrido encontrou Damião caído ao solo na cozinha da residência atingido por disparos de arma de fogo.

O Samu ainda chegou a ser acionado, mas os socorristas ao chegarem e examinaram a vítima, atestaram o óbito. Damião sofreu quatro disparos de arma de fogo, atingido no pescoço e na altura do queixo.

Segundo testemunhas o autor dos disparos foi a pessoa de Cícero Gabriel Ribeiro da Silva o qual após o delito teria fugiu com seu pai de nome Edilson Ribeiro do Nascimento e seu irmão Nadielson Ribeiro da Silva. Ainda segundo as pessoas que presenciaram o delito, a vítima e acusados teriam se desentendido minutos antes do crime. A policia fez diligências na tentativa de prender os envolvidos no ato criminoso, mas até o fechamento dessa matéria, sem obter êxito.

Prisão por posse de armas de fogo:

Por volta das 08h00min, desta quarta-feira a policia militar foi solicitada a comparecer ao Sítio Correntinho, Zona Rural do Crato, onde segundo denúncia de populares, José Correia de Lima, estaria de posse de uma arma de fogo ameaçando seus familiares. Ao chegar no local o policiamento se deparou com o acusado, onde procedeu buscas em sua residência encontrando duas espingarda, uma calibre 32, e uma espingarda artesanal.

No momento da prisão, José Correia relatou que seu irmão Francisco Correia de Lima, também possuía uma arma artesanal; que após buscas na residência foi encontrada a referida arma. Diante dos fatos, foi dado voz de prisão aos acusados os quais foram conduzidos à 19° Delegacia Regional do Crato onde foram autuados em flagrante

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.