Acusado de mata tio a facadas em Crato em 2018 é preso pela Polícia Militar em cumprimento a determinação judicial

José de Freitas, 50 anos, apelidado por “Dedé”,

Crime ocorreu após discussão banal durante bebedeira no interior da casa onde a vítima onde morava no Sítio Serraria, Distrito de Bela Vista, em Crato.

 DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Um homem de 51 anos acusado de crime de homicídio foi preso na manhã desta terça-feira (12), em Crato em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedida pelo juiz da primeira vara criminal local.  José de Freitas, apelidado por “Dedé” sem profissão definida foi preso em sua residência na Avenida JPB de Meneses, Bairro Vila alta pela policia militar.

Antonio Higino Teixeira,  o seu Antonio Carreiro. na época com 75 anos foi morto com quatro facadas, uma no pescoço, duas no tórax e outra nas costas - Foto:  Redes sociais
Antonio Higino Teixeira, o seu Antonio Carreiro. na época com 75 anos foi morto com quatro facadas, uma no pescoço, duas no tórax e outra nas costas – Foto: Redes sociais

Segundo o registro policial, o preso é apontado como principal suspeito de na tarde da segunda-feira, dia 19 de março de 2018, ter assassinado com quatro golpes, um no pescoço, dois no tórax e outro nas costas o próprio tio dele, o agricultor aposentado Antonio Higino Teixeira, na época com 75 anos que era mais conhecido por “Antonio Carreiro“. A policia apurou que a ação criminosa aconteceu durante uma discussão enquanto tio e sobrinho faziam uso de bebidas alcoólicas,  no interior da casa onde a vítima onde morava no Sítio Serraria, Distrito de Bela Vista zona rural de Crato.

A reportagem do site Caririceara apurou junto à Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato , que em seu depoimento ao delegado plantonista, o acusado assumiu a autoria do homicídio afirmando que estava na casa do tio bebendo na cozinha quando por motivos banais os dois tiveram discussão ocasião em que se apoderou de uma faca e lesionou a vítima. “Dedé” disse ainda que após esfaquear seu tio, arrastou o corpo para a sala e abriu a porta da casa a fim de que os populares pudessem ver, pois disse que queria provar “que era o tal”.

Ainda de acordo o registro policial, na época do crime o réu confesso  alegou ser portador de transtornos mentais, mas isso não impediu a sua autuação  em flagrante delito pelo crime previsto no artigo 121 do Código Penal Brasileiro, homicídio doloso. Na ocasião ele ficou recolhido em uma das celas da 19ª DRPC sendo posteriormente  encaminhado a cadeia publica local ficando a disposição justiça, vindo dias depois ser posto em liberdade.

No dia de ontem  a Polícia Militar do Crato, de posse de mandado judicial voltou a prender “Dedé” que foi apresentado ao delegado plantonista na Delegacia de Policia Civil do Crato para os devidos procedimentos quer o caso requer.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados