Bolsonaro se irrita com pedido de redução de preço do arroz: “Vai comprar na Venezuela”

FOTO: : Ed Alves/CB/D.A Press)O presidente e seu secretário de governo, Eduardo Ramos, fizeram um passeio de moto pela capital neste final de semana

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou o domingo (25/10) para deixar o Palácio da Alvorada e dar uma volta de moto por Brasília. O chefe do Executivo estava acompanhado do secretário de governo, Eduardo Ramos.

Bolsonaro fez uma rápida parada próximo à Feira Permanente do Cruzeiro, onde parou para cumprimentar apoiadores. No entanto, o mandatário se mostrou irritado ao ser interpelado por um dos populares para que barateasse o preço do arroz, item essencial na cesta básica que sofreu alta nas últimas semanas.

“Bolsonaro, baixa o preço do arroz, por favor. Não aguento mais”, pediu o homem.

O presidente então disparou: “Tu quer que eu baixe na canetada? Você quer que eu tabele? Se você quer que eu tabele, eu tabelo. Mas você vai comprar lá na Venezuela”.

Em setembro, Bolsonaro avisou que o governo federal não interferirá no mercado para baixar o preço do item.

“Não vamos interferir no mercado de jeito nenhum, não existe canetaço para resolver o problema da economia”, justificou. No entanto, prometeu manter conversa com representantes de supermercados, aos quais pediu “sacrifício e patriotismo” e que o lucro desses itens nos estabelecimentos fosse “próximo de zero”.

*Conteúdo “Correio Braziliense

Leia também



Multiservice - Fauston
Nilton e Célia
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados
error: Conteúdo protegido!!