Cariri deve ampliar rede de combate à exploração infantil

Foto: Divulgação

A Região do Cariri poderá abrigar a segunda Delegacia de Combate à Exploração de Crianças e Adolescentes (Dececa) do Ceará. A tramitação da iniciativa na Assembleia Legislativa do Ceará foi aprovada, na semana passada, pela Comissão da Infância e Adolescência do parlamento cearense. Outras delegacias do tipo são propostas para Caucaia e para o Sertão Central do Ceará, mediante projetos de indicação da deputada estadual Érika Amorim. O deputado juazeirense Davi Macêdo (MDB) é co-autor da proposta para a delegacia caririense.

De acordo com Érika Amorim, a implantação da delegacia especializada no Cariri representará o fortalecimento da rede de proteção da criança e do adolescente e dará uma maior efetividade no estabelecimento das medidas de proteção integral para este público. “Entendemos que essas delegacias são especializadas no atendimento às crianças e adolescentes. É um momento onde existe grande sofrimento para as famílias e para as crianças. Então, é necessário um acolhimento e uma equipe especializados para fazer todo esse atendimento à criança. [Além disso] temos apenasuma em todo o Estado do Ceará”, enfatiza a deputada.

Conforme o Governo do Ceará, a Dececa recebe todo tipo de ocorrência e denúncia que envolva crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual, exploração sexual, maus-tratos e qualquer tipo de violação ao direito desse público. A tramitação do projeto para votação pelos deputados estaduais cabe à Mesa Diretora da Assembleia. Caso seja aprovada, a iniciativa segue como uma sugestão para o governador Camilo Santana (PT).

*Conteúdo “Jornal do Cariri”

Leia também



Mult Service_Novembro_2019
IRLANIO LIMA - nov-2019 cortesia (1)

Enquete

VOCÊ ACHA QUE BOLSONARO ACERTOU AO BRIGAR COM SEU PARTIDO, O PSL?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados