Centro de Controle de Zoonoses do Crato continua abandonado pelo poder público do município mesmo após cobrança do Ministério Público

DA AGÊNCIA CARIRICEARA COM JORNAL DA PRINCESA FM
Henrique Macedo – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Estrutura precária e total abandono por parte da prefeitura do Crato, essa é atual situação do Centro de Controle de Zoonoses do município. Enquanto os animais e a população cratense estão expostos a doenças, a administração municipal ignora a situação.

De acordo com um morador que pediu para não se identificar, falta material e a prefeitura culpa o Governo do Estado.

Em 2018, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da Promotoria de Justiça do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Crato, ingressou com ação civil pública contra o Município requerendo a reestruturação do equipamento, de modo adequá-lo ao projeto do CCZ – Tipo 2, disposto nas Diretrizes para Projetos Físicos de Unidade de Controle de Zoonoses e Fatores Biológicos de Risco, elaborado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Após a cobrança do Ministério Público, a secretaria de saúde do Crato informou que o projeto de reestruturação do Centro de Controle de Zoonoses estava em fase de elaboração, isso em 26 de janeiro de 2018, porém, até hoje nada foi feito.

Um dado preocupante divulgado pelo Boletim Epidemiológico da Secretaria da Saúde do Ceará aponta que uma morte por calaza foi registrada em 2019 no Crato. Porém, este número pode ser maior, isso devido alguns a possibilidade casos não terem sido informados a pasta.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte

Leia também



Top Móveis_Crato Janeiro 2020
Multiservice - Fauston
Banner Câmara do Crato -FEV.2020
Nilton e Célia

Enquete

VOCÊ ACHA QUE BOLSONARO ACERTOU AO BRIGAR COM SEU PARTIDO, O PSL?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados