Chefe da facção criminosa “PCC” no Cariri Oriental é preso numa ação conjunta das Polícias Civil e Militar de Mauriti

Francisco Aldo Assunção Filho, 25 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (30), em Mauriti (CE). A prisão ocorreu em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo Juízo de Direito da 17ª Vara Criminal de Maceió, estado de Alagoas.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

 

Um homem de 25 anos, que segundo a polícia é suspeito de chefiar a facção criminosa “PCC” no Cariri Oriental, foi preso na manhã desta quinta-feira (30) numa ação conjunta das polícias civil e militar de Mauriti (CE). Francisco Aldo Assunção Filho possui em seu desfavor um mandado de prisão expedido pelo Juízo de Direito da 17ª Vara Criminal de Maceió, estado de Alagoas.

O trabalho policial foi uma continuidade das ofensivas iniciadas, na última terça (28), pela Polícia Militar do Ceará em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e do MP de Alagoas para combater a atuação de organizações criminosas no interior do Ceará.

Após troca de informações entre as Polícias Civil e Militar, o homem foi localizado em uma residência do bairro Centro. No momento da abordagem, Francisco Aldo não resistiu à prisão. Ele foi conduzido para a delegacia local, onde o mandado em desfavor dele foi cumprido. Agora, ele se encontra à disposição do Poder Judiciário.

A  operação foi coordenada pelo delegado municipal, Dr. André Felipe Silva Torres juntamente com o Tenente Alcebíades Brasil comandante do destacamento policial militar de Mauriti.

De acordo com levantamentos policiais, o suspeito, já possui em seu desfavor dezoito procedimentos policiais, dois por homicídio, quatro por assalto, quatro por furto, dois por infração a lei de transito, um por desacato  e dois ao estatuto do desarmamento dentre outros.

No dia 06 de abril de 2017, Francisco Aldo foi preso pela PM na Rua 01,  casa número 205, no bairro Barrozão em Mauriti acusado de posse de arma de fogo e roubo de veículo. Já no dia 27 de junho de 2019  ele voltou a ser preso, sob a acusação de roubar o carro de um policial militar no bairro Tiradentes em Juazeiro do Norte.

Naquela ocasião  Francisco Aldo ao avistar a viatura policial militar,  fez menção de atirar contra a composição que reagiu antes que ele sacasse a arma.  O acusado acabou baleado nas pernas e socorrido pelos PMs ao hospital regional do cariri para em seguida ser apresentado na delegacia regional de policia civil de Juazeiro do Norte para adoção dos devidos procedimentos.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



Multiservice - Fauston
CÂMARA CRATO - CORONA 12.ABRIL-2020
Nilton e Célia
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que o presidente Bolsonaro está agindo corretamente, defendendo que as pessoas saiam do confinamento contra o coronavírus?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados
error: Conteúdo protegido!!