Ciro quer que Lula continue preso e o acusa de conspirar rasteiramente da cadeia

Ciro Gomes e Lula. Foto: Ricardo Stckert/Instituto Lula

O candidato derrotado à Presidência Ciro Gomes (PDT) está cada vez mais enfático em seu rompimento com o PT. Na última quinta-feira, quando reapareceu em evento da UNE na Bahia, não soltou apenas o famoso “Lula tá preso, babaca”. Ele falou muito mais.

“O Lula continua conspirando de dentro da cadeia, na politicagem mais rasteira. Nós temos que tratá-lo como ele é: como um adversário”. Ele disse que “não comemora” a situação do petista, mas se recusa a endossar sua defesa incondicional. “Lula não é um preso político. É um político preso. Preso político é o Mujica, que nunca foi acusado de corrupção”, provoca. “Vamos olhar a realidade ou ficar navegando na maionese?”.

Em tempo

E disse mais: “O que é que eu devo para eles? O Haddad teve 71% dos votos no Ceará. Em São Paulo, o estado dele, teve 32%”, afirma. “Não sou obrigado a votar nessa gente de novo. Nunca mais”.

Em tempo II

FGs e Lula/PT estão em guerra. Quem vive como malabarismo é o governador Camilo para não romper com seu partido.

*Com informações de Bernardo Mello Franco de O Globo

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados