Corte de cabelo curtinho perde nome machista de ‘Joãozinho’ e passa a se chamar Pixie; veja famosas que adotaram o estilo

Foto: Divulgação

Ainda que atitudes machistas e sexistas estejam perdendo força nos centros urbanos, termos que fazem uma alusão a essas culturas ainda estão muito enraizados na sociedade. No entanto, aqui vai uma vitória: o corte de cabelo muito conhecido como “joãozinho”, que implica uma masculinização da estética e reforça estereótipos, passou a ser chamado de “pixie”.

O hairstylist Neandro Ferreira, que já realizou o corte em famosas como Letícia Colin e Carla Salle, avalia pejorativamente o termo atribuído ao modelo capilar. Segundo ele, “Joãozinho é um nome machista que não combina mais com a mulher moderna”.

— As mulheres, de um modo geral, e aqui no Brasil, de um modo mais específico, demoraram para perceber, mas foram sempre moldadas neste padrão de beleza que vem da vontade alheia. No mundo todo o corte curtinho chama-se pixie e aqui no Brasil ganhou o nome ultra machista de ‘Joãozinho’, que masculinizava uma opção estética que traz ainda mais luz à beleza feminina — comenta o cabeleireiro.

*Extra Online

Leia também



Multiservice - Fauston
Nilton e Célia
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Este ano haverá eleições. Qual deve ser a prioridade dos candidatos ao Executivo Municipal?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados
error: Conteúdo protegido!!