Crato. SAAEC informa a população sobre os cuidados durante a quadra chuvosa

A quadra chuvosa já começou na nossa região e, de acordo com os prognósticos da Fundação Cearense de Meteorologia (FUNCEME), o Estado tem 45% de chance de receber chuvas acima da média para o trimestre. A probabilidade é de boas chuvas até abril.

E é muito importante que o cidadão saiba que o despejo da água pluvial (das chuvas) não pode ser feito na rede de esgoto por domicílios, estabelecimentos comerciais e indústrias. Essa prática é cultural e causada pelo desconhecimento do tema, contudo a SAAEC esclarece que ligações clandestinas são proibidas por lei e eleva de forma significativa o extravasamento da rede de esgoto em vias públicas e o refluxo de efluentes para dentro dos imóveis, além de prejudicar a operação e qualidade do tratamento nas Estações de Tratamento de Esgoto (ETE).

Conforme esclarece o engenheiro da SAAEC, André de Souza, a rede de esgotos do Crato funciona bem em épocas sem chuva, mesmo o setor tendo um déficit de R$ 190 milhões. De acordo com André, a rede de esgoto do município não tem capacidade para suportar o volume da água gerado pelas chuvas, “e se o prognóstico da FUNCEME se confirmar e a população não fizer sua parte, teremos incidência de extravasamento na cidade”. Ele acrescenta que “do total de ordens de serviço de extravasamento de rede, cerca de 45% ocorre durante o período chuvoso, evidenciando a problemática”.

Ele informa, ainda, que no ano de 2019 foi introduzido pela SAAEC um novo sistema de desobstrução e higienização das redes coletoras e caixas de passagem muito mais eficientes, por meio de hidrojateamento (lavagem de água em alta pressão), reduzindo as recorrências de extravasamento de rede em cerca de 30% se comparado com o ano de 2018.

Educação Ambiental

A SAAEC orienta que os consumidores podem aproveitar o período chuvoso para praticar o reuso e aproveitamento da água da chuva, captada diretamente em sua residência, podendo ser utilizada para outros fins, tais como:

Descargas dos vasos sanitários;

Lavagem de roupas;

Lavagem de automóveis;

Irrigação de jardins;

Limpeza de áreas externas;

Reservação para outros usos.

Outras medidas simples aplicadas em nosso dia-a-dia também ajudam a evitar obstruções na rede coletora. Não devem ser descartados na rede de esgotos: restos de comida, bitucas de cigarro, absorventes, fio dental, preservativos, pedaços de pano ou papel, fraldas descartáveis ou qualquer outro tipo de resíduo sólido. “Lembrem-se, rede de esgoto não é lixeira”, adverte o engenheiro.

Ele ressalta, ainda, que o óleo de cozinha também não deve ser jogado na pia, vaso sanitário ou em ralos. Esse deve ser armazenado e encaminhado para reciclagem. “O óleo descartado de forma direta na pia, ao resfriar na rede coletora se solidifica e interrompe o fluxo do efluente nas tubulações, ocasionando transtornos e problemas de saúde pública para a população, além de elevar os custos operacionais de manutenção do sistema”, comenta.

*SAAEC

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Top Móveis_Crato Janeiro 2020
CROPPED - FEV_2020
Banner Câmara do Crato -FEV.2020
Dr. João Henrique

Enquete

VOCÊ ACHA QUE BOLSONARO ACERTOU AO BRIGAR COM SEU PARTIDO, O PSL?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados