Depois da ameaça de Moro, Bolsonaro recua de Ministério da Segurança

Bolsonaro recua e diz ter zero chance de esvaziar agora ministério de Moro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (24) que há “zero chance” de um Ministério da Segurança Pública ser criado “neste momento”.

Ao chegar em seu hotel na capital indiana, onde se reúne com o primeiro-ministro Narendra Modi, Bolsonaro afirmou que “a chance no momento (de criar um ministério da Segurança Pública) é zero, não sei o amanhã, porque na política tudo muda, mas a intenção não é criar “.

A discussão sobre o desmembramento do Ministério da Justiça para criar um Ministério da Segurança Pública criou um mal-estar com o ministro Sergio Moro, que disse a aliados que poderia deixar o governo caso isso acontecesse.

O presidente disse que não se manifestou antes sobre a questão de forma mais enfática porque estava em voo para a Índia, que levou 25 horas.

“Há interesse de setores da política [na criação do ministério], simplesmente recolhemos as sugestões educadamente e dissemos que vamos estudá-las”, disse.

Segundo Bolsonaro ele não chegou a falar com Moro sobre o assunto porque não era necessário.

“Não preciso falar com ele, nos entendemos muito bem. Ele tem o seu perfil, outros ministros têm os seus próprios, Brasil está indo muito bem”, disse. “Números de segurança pública estão muito bem, e é a minha máxima, em time que está ganhando, não se mexe.”

Ele disse que a maior pressão que existe é para a volta dos mistérios do Planejamento e da Fazenda, que foram fundidos para criar o Ministério da Economia. “Se isso (a pressão) se tornar público, vão dizer que eu estou querendo enfraquecer o [Paulo] Guedes.” (Patrícia Campos Mello/FolhaPressSNG)

Leia também



Top Móveis_Crato Janeiro 2020
Multiservice - Fauston
Banner Câmara do Crato -FEV.2020
Nilton e Célia

Enquete

VOCÊ ACHA QUE BOLSONARO ACERTOU AO BRIGAR COM SEU PARTIDO, O PSL?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados