Estudante que segunda a policia, respondia judicialmente por denunciação caluniosa é morto à bala em Brejo Santo

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Um estudante de 23 anos morreu no inicio da noite desta quarta-feira (09) após ser alvejado por disparos de arma de fogo em Brejo Santo. De acordo com a Polícia Militar, Breno José Rufino Neves, que residia na Rua Santa Teresinha, 165, Bairro São Francisco, nesta cidade por volta das 17h51min fazia caminhada as margens da BR 116, quando ao chegar no KM 501, nas imediações do posto de combustível Planalto, Morro Dourado foi surpreendido por dois indivíduos numa motocicleta Honda 150, de cor preta, sem placa, que efetuaram tiros em sua direção, para em seguida empreenderam fuga sentido Morro Dourado.

A dupla acusada foi flagrada pelas câmeras de vídeo monitoramento da cidade. O piloto da motocicleta trajava uma camisa verde com o nome de moto taxi pontual, calça jeans e capacete preto sem viseira. Já o garupeiro vestia uma camisa listrada preta com branca, calça jeans e capacete vermelho.

Uma viatura policial compareceu ao local e ainda encontrou a vitima agonizando, tendo que fazer o socorro imediato até o hospital, onde minutos depois foi constado o óbito de Breno José. A Ciops Brejo Santo informou em seu boletim enviado a imprensa, que o jovem A vitima respondia judicialmente pelo crime denunciação caluniosa.

Diligencias foram efetuadas em torno do fato na tentativa de prender os acusados, mas sem êxito até o fechamento dessa matéria. O corpo de Breno José foi recolhido pela perícia forense do cariri para ser necropsiado.

Outro homicídio

IGUATU. Nesta quarta-feira (09) por volta das 15h00min, a Policia Militar foi informada via 190, acerca de um homicídio ocorrido em um Mercadinho que funciona na Rua 104, COHAB II. No local o policiamento tomou conhecimento através de populares, que um elemento de camisa verde adentrou o estabelecimento comercial e anunciou o assalto, para em seguida atingir com tiro no o peito esquerdo, o proprietário do comércio, José Nilton Alves de Macedo, 64 anos. As testemunhas não informaram se a vítima teria ou não reagido a tentativa de roubo. O comerciante ainda foi socorrido para o hospital regional de Iguatu, vindo a óbito minutos depois. Após o ato criminoso, o acusado fugiu a pé sem levar nada, tomado rumo antes de ser identificado.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados