Juju Salimeni relembra fim de casamento e detalha o que busca em um homem: “Que seja bem resolvido”

Juju Salimeni (Foto Rafael CusatoQUEM)

Juju Salimeni (Foto: Rafael Cusato/QUEM)

Juju Salimeni garante que não está à procura de um novo amor, mas mesmo assim, sabe muito bem o que quer em relacionamento futuro. A apresentadora de 32 anos, que anunciou neste ano o fim da união de 14 anos com o fisiculturistaFelipe Franco, contou o que procura em um homem.

“Tem que ser um homem que não tenha intenção de trabalhar com a fama, que trabalhe com alguma coisa que não necessite da condição de ser um cara famoso, que seja bem resolvido, que não vá competir em algum momento comigo e que não queira me usar ou se aproximar de mim por algum interesse”, diz ela, que também conta que uma pessoa atenciosa ganha pontos com ela.

“Acho que o principal é a atenção. A pessoa mostrar que se importa. A pessoa que está com você tem que te colocar como prioridade. Eu trato o outro assim e quero ser tratada da mesma forma. Se eu estou em um lugar e a pessoa me chama, vou largar o que eu estiver fazendo. Se eu tiver que pegar um avião e ir para lá, vou fazer, vou estar junto e vou resolver. Meu parceiro sempre vai ser prioridade. Sou assim e quero que ele seja assim comigo, que mostre que se importa.”

Durante a entrevista para QUEM, Juju também relembrou como a depressão prejudicou o seu casamento. “Com certeza a depressão atrapalhou porque afeta a pessoa que está com você. Não é tão simples viver com uma pessoa que tem várias limitações e não está na mesma energia que você. Eu acho que foi uma coisa que precisava acontecer. A gente não estava conseguindo se ajudar. Ele não estava conseguindo me ajudar da forma que eu precisava. Eu precisava me ajudar sozinha, me salvar. Acho que se eu estivesse em condições melhores, a gente poderia talvez ter resolvido de outra forma. Mas hoje vejo que foi por uma coisa boa. Estou bem, me fez bem, me fez me encontrar e melhorar comigo mesma”, explica ela, que não mantém uma relação de amizade com o ex. “Temos uma relação profissional, somente profissional. Temos trabalho juntos, contratos com mesmos patrocinadores.”

Sem pressa de ter um novo amor, a beldade conta que não entrou para aplicativos de relacionamentos e acredita que ser famosa e forte intimida os pretendentes.

“É muito estranho. Quando eu era solteira, anos atrás, eu era muito nova e era anônima. Era muito mais fácil. As pessoas as vezes falam: ‘É famosa. Deve ter milhares de homens atrás!’. Não é nada disso. Os homens admiram, mas o meu perfil acaba intimidando e deixa os homens com receio. Hoje é mais difícil para mim por esta questão do medo dos homens e por não saber realmente quem é que vai estar interessado pela pessoa, não pela imagem ou pelo que pode receber com isso. Tenho que ter muita cautela. Mas estou no momento de nem pensar nisso. Decidi focar só no trabalho. Claro que se eu sentir vontade ou conhecer alguém, vou aproveitar. Estou aberta ao que Deus quiser”, afirma.

CORPÃO
“Todas as minhas roupas são sob medida ou são ajustadas. Tudo alinhado para o meu estilo de corpo. O Thiago tem as minhas medidas e sabe o que vai entrar, o tipo de tecido que cai bem… Tem coisa que eu não uso porque tem o perigo de rasgar. Quase todas as minhas roupas de academia, por exemplo, têm furos. Esses dias tinha um furo bem no meio da busanfa (risos). Não gosto de calça jeans. Até uso, mas precisa ser com elastano para eu poder sentar direito e com conforto. Às vezes, mesmo no frio, uso shorts para poder ficar com as pernas livres”.

“A vida toda fui bem magrinha. Era o meu estilo de corpo, genética. Mas não gostava em mim. Acho outras mulheres magras lindas, mas eu não me sentia bem. Então, queria mudar. Ia ao médico e pedia remédio para engordar, usava duas ou três calças ao mesmo tempo… Por muitos anos, não quis usar saia, shorts ou mostrar as pernas, que eu achava muito finas. Até que alguém me deu uma dica, quando eu tinha 15 anos, de fazer musculação. Foi aí que comecei a mudar meu corpo”.

CRÍTICAS
“No começo ouvia, mas hoje em dia não. O mercado fitness cresceu muito e hoje quase todo mundo pratica alguma atividade física. Não me importo com a opinião dos outros, sempre fiz isso por mim. A minha vontade de mudar o meu corpo era e é tão grande que não me importo se as outras pessoas vão ou não gostar. Eu sei que agrado meus fãs e a maior parte das pessoas me admiram por isso. Eu gosto de mim assim. Vou de acordo com o que vejo no espelho. Se eu gostei, ok.”

CARREIRA
“Meu primeiro trabalho foi em uma loja de roupas no shopping. Fiquei um bom tempo neste ramo. Trabalhei em uma loja, depois em outra… Depois resolvi fazer faculdade de Administração. Só que durante esse tempo, outras oportunidades surgiram, como a de fazer feiras de negócios como recepcionista. Os horários começaram a ficar mais complicados e não consegui terminar o curso, só fiz um ano. Passei a fazer uma feira atrás da outra. Não tinha semana livre. Começaram a surgir propostas para ensaios sensuais legais. Um sensual sem ser vulgar. Fui fazendo e fiquei conhecida na internet. O pessoal do Pânico me viu em um desses ensaios e me chamou para um teste. Resolvi ir na seleção do programa, que eu assistia e adorava. Tinha as Panicats como referências, mas eu tinha um perfil um pouco diferente do das meninas. No começo, eles me acharam muito grande. Pediram para eu emagrecer, mas eu disse que não rolava porque gostava e treinava para ser forte. Passou alguns meses e eles não me chamaram. Até que recebi o convite para fazer um período de experiência. Acho que eles precisavam tapar buraco de alguém que tinha saído (risos). Fui e no primeiro domingo que participei as pessoas perguntaram muito quem era a mulher grandona. Teve muito interesse do público! Não tinha muitas mulheres fortes, além da Feiticeira (Joana Prado), que era minha inspiração. Isso gerava curiosidade no público e foi interessante para eles. Acabei ficando no programa.”

*Revista “Quem

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados