Lista Vermelha vai relacionar a fauna ameaçada do Ceará

Por iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente do Ceará (SEMA), aconteceu, na tarde de 30/10, a primeira reunião para elaboração da Lista Vermelha da Fauna Ameaçada do Estado do Ceará. Na ocasião, estiveram presentes pesquisadores da academia (UFC, UECE e UFRPE) e da Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (AQUASIS), além dos técnicos da Sema, para planejar os próximos passos necessários para a criação desse instrumento.

“O Ceará será o terceiro estado do Nordeste com Lista Vermelha da Fauna. Até agora somente os Estados da Bahia e Pernambuco tiveram suas listas publicadas. Os trabalhos agora são para a elaboração das listas da fauna de vertebrados e, posteriormente, serão elaboradas as listas para a fauna de invertebrados e para a nossa flora, com isso buscamos ampliar as medidas de conservação da nossa biodiversidade”, explica o secretário Artur Bruno.

Flávia Prado, orientadora da Célula de Política de Fauna e Flora da Sema, explica que as listas vermelhas estaduais das espécies ameaçadas são instrumentos da política ambiental que apontam a situação de risco das espécies que ocorrem no território estadual, indicando o seu status e nível de ameaça. Além disso, a partir das Listas Vermelhas são construídas medidas para conservação das espécies.