Monumento em homenagem à Barbara de Alencar, em Crato está abandonado pelo poder público

DA AGÊNCIA CARIRICEARA COM JORNAL DA PRINCESA
Reportagem e foto / Henrique Macedo

Abandonado, é essa é a realidade do monumento em homenagem a principal figura histórica do Crato, a heroína Bárbara de Alencar.

Hoje, o que se vê é a estátua em meio a fezes de pombos e suja de cartazes de publicidade, o que retrata o descaso do poder público do Crato com a história do município. E, pra piorar, nenhum segurança para resguardar a imagem da figura mais ilustre do município.

“É lamentável isso. A história do Crato sendo apagada por irresponsabilidade de uma gestão que só pensa em beneficiar a própria família e penalizar a cidade, principalmente a história, cultura e os mais pobres. Essa é a gestão do Zé do Imposto Brasil”, reclama o camelô Eduardo Moreira.

Bancos da Praça da Sé impregnados por fezes de pombos, pondo em risco a saúde da população e dos turistas. Foto Henrique Macedo Agência Caririceara.com
Bancos da Praça da Sé impregnados por fezes de pombos, pondo em risco a saúde da população e dos turistas. Foto Henrique Macedo Agência Caririceara.com

Outro agravante são os bancos da Praça da Sé impregnados por fezes de pombos, pondo em risco a saúde da população e dos turistas. Basta jogar um punhado de qualquer comida para que uma revoada de dezenas de pombos ajuntem-se na busca pelo alimento.

“Eles ficam aqui direto e é um risco para a gente, pois as fezes deles muitas vezes caem nas pessoas. Os pombos não saem daqui, pois tem quem dê comida a eles”, relata a empregada doméstica Maria Socorro da Silva, que trabalha próximo à praça.

Os frequentadores do local notam ainda o crescimento da população de aves. “A gente percebe que com o tempo, aparecem mais pombos. Também nunca vi nenhum órgão responsável tentar controlar. Acho que é perigoso para a nossa saúde”, comenta o despachante Paulo Roberto.

De acordo com o médico infectologista e professor de Medicina, Marcelo Macedo, o principal perigo, no que diz respeito aos pombos, é a transmissão de criptococose, doença causada por um fungo que pode ser encontrado nas fezes da ave. “A quantidade de pombos tem aumentado muito, então, eventualmente, podem causar doenças. Entretanto, mesmo com muitas aves, ainda há poucos casos de infecção. Isso porque a transmissão da doença se dá, principalmente, através das fezes secas. Se a pessoa respira, por exemplo, alguma poeira, que contenha fezes de pombo, ela pode contrair a doença”, explica.

O especialista coloca que a criptococose pode acometer vários órgãos do corpo humano, mas o sintoma mais grave provocado pela doença é a meningite. Caso o paciente esteja passando por um momento em que o sistema imunológico esteja fraco, como durante uma quimioterapia, a doença pode se manifestar de forma bem mais grave, inclusive deixando sequelas, ou mesmo levando à morte.

Entretanto, a Prefeitura do Crato, nesses quase três anos nunca realizou ações pontuais, principalmente em áreas de maior incidência, como a Praça da Sé para a limpeza dos bancos de todas as praças do município, bem como para inibir a proliferação dos pombos, demonstrando total falta de interesse com a saúde da população do município.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



TOP MOVEIS - Janeiro 2020
Mult Service_Novembro_2019
Dr. João Henrique

Enquete

VOCÊ ACHA QUE BOLSONARO ACERTOU AO BRIGAR COM SEU PARTIDO, O PSL?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados