Municípios com piora nos indicadores da pandemia adotam recomendações estaduais e reforçam fiscalização

Juazeiro do Norte, Crateús, Russas, Tauá e Icó tiveram incrementos nos indicadores da Covid-19, segundo avaliação estadual. FOTO: Leandro Correia/Divulgação

O agravo epidemiológico da pandemia nos municípios cearenses de Juazeiro do Norte, Crateús, Russas, Tauá e Icó, levou o Governo do Estado a recomendar medidas mais restritivas para conter a disseminação da Covid-19 nesses locais. Conforme órgãos oficiais das cinco cidades, a orientação estadual será acatada, com reforço nas fiscalizações.

O grupo de trabalho da Prefeitura de Juazeiro do Norte ainda se reunirá para definir medidas mais rígidas de combate à Covid-19, mas há intensificação na vigilância sanitária desde ontem, 19.

Já em Crateús, um Decreto Municipal publicado há 15 dias com regras específicas para restaurantes deve ser renovado. Música ao vivo e eventos com lives ou telões são proibidos na cidade.

Quero conteúdo exclusivo!
Assine OP+, nossa plataforma de multistreaming, e tenha acesso aos nossos colunistas, grandes reportagens, podcasts, séries e muito mais.

Segundo a secretaria de Saúde de Russas, um aumento significativo de casos ainda não foi detectado, mas ações de prevenção serão reforçadas, com o envio, inclusive, de um ofício para campanhas eleitorais, pedindo cumprimento das normas sanitárias.

No município de Tauá, Decreto Municipal entrou em vigor nessa segunda-feira, 19, e determina interdição dos estabelecimentos que descumprirem os protocolos estabelecidos pelo Governo do Estado.

Enquanto isso, a cidade de Icó mantém três barreiras sanitárias em suas entradas e, segundo a pasta Municipal da Saúde, não há previsão para retirá-las.

Novo decreto

De acordo com o Decreto Estadual de 18 de outubro (Nº33.775), os municípios cearenses poderão, por ato normativo próprio, definir medidas de maior rigor avaliando as particularidades locais. A gestão estadual, por meio de seus órgãos competentes, prestará o apoio necessário para a implementação das ações previstas.

As cidades não podem, porém, adotar medidas de isolamento menos restritivas que as definidas pelo Estado ou proceder à liberação de outras atividades econômicas e comportamentais diferentes daquelas autorizadas pelo Governo.

Juazeiro do Norte

Liderando os números de casos confirmados e óbitos entre os cinco municípios, Juazeiro do Norte reforça a fiscalização na cidade desde ontem, 19. Contudo, Prefeitura ainda pretende fazer avaliação para definir se ações mais rigorosas serão tomadas.

“Em relação a medidas mais restritivas, as secretarias diretamente ligadas ao enfrentamento à Covid-19 se reunirão para avaliar a real necessidade e, caso seja necessário, quais seriam as medidas”, diz a Prefeitura em nota conjunta com a Procuradoria Geral do Município (PGM).

Conforme atualização da plataforma IntegraSUS, eram 15.997 casos confirmados do novo coronavírus, com 15.494 pessoas recuperadas e 290 óbitos pela doença até às 9h31min desta terça-feira, 20. O município se encontra na sexta semana da Fase 4 de reabertura do Plano de Retomada Econômica.

Ainda segundo a nota, a Secretaria de Saúde registra os casos segundo as notificações recebidas e o banco de dados da rede pública e privada. Essas informações estão sendo avaliadas para identificar se há aumento de casos, e onde estão esses casos para monitoramento. Haverá ainda uma reunião com o Grupo de Trabalho (GT) de enfrentamento à Covid-19 para avaliação das estratégias.

Crateús

Em Crateús, onde haviam 5.984 casos confirmados de infecção pelo Sars-Cov-2, além de 5.568 recuperados e 95 óbitos pela doença até as 9h31min desta terça-feira, 20, um Decreto Municipal adotado há 15 dias será renovado para dar continuidade ao enfrentamento da pandemia.

O Decreto proíbe músicas ao vivo e outras apresentações artísticas em restaurantes, além determinar que as mesas nos restaurantes precisam estar a dois metros de distância, com no máximo quatro pessoas. Eventos com lives ou telões foram proibidos no Município.

O documento ainda prevê a intensificação da fiscalização por meio da Polícia, da Guarda Municipal e dos agentes da vigilância sanitária. Segundo Emanoel Ygor Coutinho de Castro, procurador geral do Município, Crateús tem seguido as deliberações governamentais.

Ele comenta que desde a metade de agosto tem sido notado um aumento de casos no local, o que coincide com a reabertura de estabelecimentos de alimentação. “Percebemos um aumento nos casos pelo fato de as pessoas não usarem máscaras nesses locais. Logicamente, tem que tirar a máscara para alimentação e observamos as pessoas se aglomerando nas mesas”, aponta.

Até a última sexta-feira, 16, mais de 40 autos de infração foram feitos para estabelecimentos que não cumpriram medidas sanitárias, desde a publicação do Decreto Municipal, conforme o procurador. Eles estão em processo de avaliação para ver se cabe multa ou não.

“Esse nosso Decreto está vigente ainda. Os números mostraram que diante das ações que tomamos há quinze dias houve diminuição de casos. Vamos continuar nesse sentido, intensificando a fiscalização para que os números continuem baixando”, afirma Emanoel.

Russas

O secretário de Saúde de Russas, Reginaldo Chagas, afirma que o Município vai seguir as recomendações estaduais, mas ressalta que não foi identificado um aumento exorbitante nos indicadores da pandemia.

“Dentro do internamento, não temos ainda uma taxa preocupante e um crescimento alto. Mas como veio a recomendação do Governo, iremos realizar algumas ações preventivas”, diz. Ele menciona que no último fim de semana uma casa de show foi interditada por descumprir as normas sanitárias.

Está prevista uma maior fiscalização em estabelecimentos comerciais da Cidade, além do envio de um ofício aos candidatos à Prefeitura com recomendações sanitárias para sensibilização de colaboradores em relação à prevenção ao coronavírus. Vivemos um período eleitoral, em que pessoas passam a se aglomerar devido às campanhas

O município registrou 3.173 casos confirmados de Covid-19, com 3.025 recuperações e 66 óbitos até às 9h31min desta terça-feira, 20, de acordo com o IntegraSUS.

Conforme o titular da pasta municipal, nos últimos dez dias Russas teve aumento de 60 casos confirmados, taxa considerada dentro da normalidade. Além disso, dos 18 leitos de UTI disponíveis, quatro foram ocupados. O hospital da cidade funciona como polo de atendimento a outros municípios da microrregião do Vale do Jaguaribe.

Tauá

Segundo Érico Araújo, procurador geral de Tauá, um Decreto Municipal em vigor desde segunda-feira, 19, determina intensificação na fiscalização na cidade e interdição dos estabelecimentos que descumprirem os protocolos estabelecidos pelo Governo do Estado.

“Observamos que além da retomada das atividades comerciais, alguns candidatos, pela dinâmica do período eleitoral, desobedecem os protocolos de saúde, aglomerando pessoas sem a utilização de EPI”, explica sobre a piora nos índices da pandemia.

Para o procurador, o reforço na a fiscalização e na testagem vão fornecer um panorama mais real para subsidiar as ações dos órgãos envolvidos no combate a Covid-19. O Município tinha 2.597 casos confirmados por Covid-19, além de 2.313 pacientes recuperados e 44 óbitos até a atualização de 9h31min do IntegraSUS desta terça-feira, 20.

Icó

As três barreiras sanitárias nas entradas de Icó deverão permanecer ainda por tempo indeterminado, de acordo com a secretária de Saúde da Cidade, Orianna Nunes. Icó tinha, até às 9h31min de hoje, 1.799 confirmações de infecção pelo novo coronavírus, além de 1.617 pessoas recuperadas da doença e 28 óbitos.

Orianna afirma que a Cidade dispõe de uma equipe de vigilância sanitária 24 horas que monitora pacientes em isolamento domiciliar. Está também disponível para dar apoio à fiscalização em denúncias sobre aglomerações ou estabelecimentos que descumprem medidas de distanciamento social ou uso de máscara, essenciais para barrar a transmissão do vírus.

A secretária acrescenta ainda que há testagem para Covid-19 em todas as 21 unidades básicas de saúde, além dos exames realizados no hospital de Icó, exclusivo para pacientes diagnosticados com o coronavírus, que possui 10 leitos de UTI.

“Vamos intensificar fiscalização com o apoio do Governo, precisamos do envolvimento da Polícia também. Nossos decretos vêm seguindo o Governo e vamos continuar enrijecendo nossas ações”, reforça.

Pandemia no Ceará

O boletim epidemiológico mais recente da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), publicado na última sexta-feira, 15, mostrou que as Áreas Descentralizadas de Saúde (ADs) de Camocim, Tauá, Brejo Santo, Crato, Maracanaú e Icó apresentaram incremento de óbitos entre as Semanas Epidemiológicas (SEs) 37/38 e 39/40 (200,0%, 160,0%, 83,3%, 28,6%, 25,0%, e 10,0%, respectivamente).

Enquanto isso, as ADs de Baturité (5,9%) e Icó (26,0%) tiveram acréscimo de casos confirmados no mesmo período. No Cariri, onde está Juazeiro do Norte, foram 309 (redução de 29,5%) novos casos e 21 óbitos (redução de 36,4%).

Já a taxa de mortalidade no Estado passou de 100,2 para 101,3 óbitos por 100 mil habitante em sete dias, com destaque para Tauá (58,2), ADS Crateús (66,9), Iguatu (72,8), Icó (59,1) e Russas (75,9) que apresentaram incremento de 11,7%, 7,0%, 4,4%, 3,0% e 2,7%, respectivamente.

*Conteúdo “O Povo

Leia também



Multiservice - Fauston
Nilton e Célia
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados
error: Conteúdo protegido!!