‘New York Times’: Donald Trump, o representante do racismo

dezembro 1, 2017 14:540 comentários

Donald Trump é completamente impróprio para assumir a presidência dos Estados Unidos e esta não é uma questão ideológica. “Isto é expressão do choque de evidências crescentes de que ele é intelectualmente deficiente, temperamentalmente insano e moralmente falido”, escreve o jornal New York TImes, em artigo de opinião assinado por Charles M. Blow.

“Ainda nesta semana, ele mais um vez ressaltou o nível em que ele abertamente é hostil a pessoas de cor – o que eu chamo de racismo e intolerância – e demonstrou a falta de controle em ocultar seu desprezo, mesmo quando isto seria feito em seu próprio benefício”, escreve o colunista do jornal norte-americano.

A doutrina de Trump é a supremacia branca, destaca o jornalista. Para Charles M. Blow, quando a língua de Trump se solta, só consegue encontrar um alvo não branco para atacar. “Qualquer um que não enxergue isto é porque escolheu não enxergar.”

“Se você apoia Trump e sua hostilidade racial, você e eu não temos absolutamente nada para debater. Nada!”

Confira o artigo na íntegra: Trump, Proxy of Racism

Jornal do Brasil

Tags:

Deixe um comentário