Raul Gil detona Maisa Silva: “Se não fosse por mim, não existia”

© Divulgação / SBT Raul Gil detona Maisa Silva: “Se não fosse por mim, não existia”

Parece que Raul Gil ainda não esqueceu a polêmica entre ele e Maisa Silva no último ‘Teleton’, no SBT, quando a atriz o interrompeu por ele falar de Jair Bolsonaro na atração. Isso porque, nesta semana, o apresentador encontrou alguns fãs na saída de uma churrascaria em São Paulo e acabou comentando sobre a situação.

Segundo informações do jornalista Daniel Castro, o apresentador acabou criticando o formato do programa beneficente: “Aquele Teleton é tudo paradão, engessado… O que acontece é que me chamam pra ficar lendo. Chamam o Carlos Alberto [de Nóbrega] e botam pra ler… Chamam a Maisa e botam pra ler aquela porra”, disse se referindo o ‘TP’, que mostra o que os apresentadores devem falar.

Raul também contou que estava programado para ele ficar durante uma hora na atração, mas ao defender Bolsonaro foi tirado do palco: “Me expulsaram. Um produtor levantou uma placa [em que estava] escrito ‘Despede Raul'”, contou.

Questionado sobre ter sido interrompido por Maisa, Raul acabou criticando a atriz: “Quando eu falei do Bolsonaro, gritaram pra Maisa, que estava com o negócio no ouvido: ‘Interfere aí, para esse cara’. Aí ela entrou no meio e se fodeu. Se fodeu… Enfim… Aquela bostinha, se não fosse por mim, não existia. Ela começou comigo”, detonou.

*Conteúdo do Stars Insider