Rede municipal de ensino terá história de Juazeiro

Juazeiro do Norte foi palco de um dos maiores conflitos da história do Ceará, em 1914. Na mesma época, um suposto milagre atribuído ao Padre Cícero fez “um humilde povoado”, segundo Ralph Della Cava, tornar-se uma das principais cidades do Nordeste. Estes são apenas dois aspectos da História de Juazeiro do Norte que serão ensinados para estudantes da rede pública municipal, a partir do próximo ano letivo, em 2020. A iniciativa é planejada desde 2018 e é comemorada pelo curso de História da Universidade Regional do Cariri (Urca), que sugere ações semelhantes por outras cidades.

Desde junho de 2018, grupos de trabalho formularam documentação sobre o ensino de história local. “O documento de Estudos Regionais foi elaborado por uma equipe de professores da rede, que levou em consideração todas as peculiaridades de nossa região, propondo aproximar os alunos de suas raízes, evidenciando temas que vão desde os primeiros habitantes da Região do Cariri, até o desenvolvimento econômico, turístico e educacional dos dias atuais”, explica o gerente pedagógico da Secretaria de Educação de Juazeiro, Marcelo Bezerra.

O documento será apresentado para professores, estudantes e demais integrantes da comunidade escolar durante evento na próxima quinta-feira (17). A História de Crato já é difundida para estudantes do sexto ao nono ano, do Ensino Fundamental, por meio da disciplina Estudos Regionais. A temática é trabalhada principalmente em escolas de tempo integral. “Nós só não temos é um material específico”, esclarece a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Teresa Adriana Cardoso.

Curso de História As iniciativas são recebidas “com muita alegria” pelo curso de História da Urca. Para o coordenador do curso, professor Fernando Pinto, temáticas sobre história local e regional são “bandeiras que a academia abraçou há mais de três décadas”. O professor acrescenta que “este instrumento se reveste numa ferramenta indispensável para a discussão das querelas domésticas”.

Fernando Pinto ainda sugere que a adesão do ensino sobre história local por outros municípios caririenses. Para isto, ele orienta às gestões a produção de um levantamento geral do contexto histórico, bem como do tempo presente, “no que diz respeito ao patrimônio histórico-cultural, conflitos, movimentos sociais, memória histórica, entre outros”.

*Conteúdo “Jornal do Cariri”

Leia também



Mult Service_Novembro_2019
IRLANIO LIMA - nov-2019 cortesia (1)

Enquete

VOCÊ ACHA QUE BOLSONARO ACERTOU AO BRIGAR COM SEU PARTIDO, O PSL?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados