Vila da Música deve ganhar novo nome em homenagem ao “Monsenhor Ágio”

Governador Camilo Santana inaugura Vila da Música no Crato (5)

Anúncio foi feito durante o velório do Monsenhor Ágio, nesta quinta-feira, dia 13 de junho

Uma emocionante homenagem para celebrar a vida, a obra e o legado do nosso querido Padre Ágio, fundador da Escola de Educação Artística Heitor Villa, que faleceu no dia 12 de junho, com 101 anos. O governador Camilo Santana anunciou, em pronunciamento durante o velório, nesta quinta-feira, dia 13 de junho, no Crato, que a Vila da Música, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), ganhará agora um novo nome: “Vila da Música Monsenhor Ágio Augusto Moreira”. A mensagem 8398, que apresenta a proposta, já foi encaminhada à Assembleia Legislativa e aguarda tramitação.

“Padre Ágio só pregava o bem, só espalhava o amor, a alegria. Ele seguiu profundamente sua vida na missão de servir e evangelizar. O padre escolheu o instrumento mais importante, a educação através da música para criar esperança e libertar as pessoas. Ele começou com filhos de agricultores, pessoas que trocavam, à noite, foices e enxadas por violões e violinos, quantas crianças passaram por ele e se transformaram – tudo isso através da música. Que cada um de nós possamos ser discípulo dele. Qual homenagem posso fazer, me perguntei. A primeira delas é que já enviei hoje projeto de lei que dá novo nome para a Vila da Música, a escola passará a ser chamada agora de “Monsenhor Ágio Augusto Moreira”. Uma singela homenagem que vai se eternizar. Que a imagem dele possa seguir em nossas mentes e corações”, afirmou o governador.

Saiba mais

Padre Ágio foi um dos personagens mais marcantes da história do Cariri. Lembrado pelas inúmeras qualidades que cultivou em vida, o clérigo se destacou por ser um sacerdote dedicado, escritor, músico e professor de canto gregoriano, italiano, grego e francês no Seminário São José em Crato. Sacerdote simples e piedoso, exímio escritor e músico, foi professor de canto gregoriano, italiano, grego e francês no Seminário São José, em Crato. Também foi vigário cooperador nas cidades de Jardim, Icó, Farias Brito e Iguatu. O título de “monsenhor” veio em 2003, por indicação do então bispo diocesano, Dom Fernando Panico. Aos 100 anos, lançou o livro “Padre Cícero Romão Batista: O maior líder espiritual do Nordeste Brasileiro”. “Foram 101 anos de muito amor e dedicação aos que mais precisam. Padre Ágio, como era carinhosamente chamado, realizou um trabalho muito bonito e transformou a vida de jovens e crianças da região do Cariri por meio da música”, afirmou Camilo Santana.

A Vila da Música, primeiro equipamento cultural de competência do Estado no Interior, é fruto da parceria do Governo do Ceará – através da Secretaria da Cultura – com a tradicional escola de música Sociedade Lírica de Belmonte (Solibel), fundada pelo Padre Ágio Augusto Moreira na década de 1970. A Vila da Música é um equipamento cultural voltado para a formação e fruição cultural, inspirada na experiência realizada pela Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel). O equipamento surge como um centro de socialização e de cidadania por meio da educação dos sentidos. Primeiro equipamento cultural do Estado no Interior, o espaço conta com infraestrutura moderna e dedicada a atender estudantes – crianças, jovens e adultos -, distribuídos em diversos cursos de diversos instrumentos.

*Governo do Ceará

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade




Facebook

Publicidade

© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados