12 quilos de cocaína são apreendidos pela Polícia Civil em Penaforte; uma mulher foi presa

FOTO: POLÍCIA CIVIL DO CEARÁ/DIVULGAÇÃO
FOTO: POLÍCIA CIVIL DO CEARÁ/DIVULGAÇÃO

Entorpecente era transportado em um ônibus, que foi abordado pelos investigadores na BR-116, no município de Penaforte. Origem da droga, de acordo com as investigações, seria São Paulo.

Uma ação de combate ao tráfico interestadual de drogas da Polícia Civil, nesta terça-feira (8), resultou na prisão em flagrante de uma mulher e na apreensão de 12 tabletes de entorpecentes. O material ilícito era transportado em um ônibus, que foi abordado pelos investigadores na BR-116, no município de Penaforte. A origem das drogas, de acordo com as investigações, seria São Paulo.

Assista ao vídeo:

Após a abordagem no coletivo, os policiais chegaram a uma mulher identificada como Antônia Darlene Mota Batista, de 26 anos, com antecedentes criminais por tráfico de drogas. Segundo informações policiais, a suspeita era investigada há cerca de seis meses, como responsável pela logística e coordenação do transporte interestadual de drogas. A mulher comprou uma passagem em São Paulo, com destino a Juazeiro do Norte – CE, os investigadores efetuaram a abordagem na BR-116, em Penaforte.

As equipes policiais verificaram no bagageiro do veículo e encontraram uma mala, onde estavam escondidos os 12 tabletes de entorpecentes, totalizando 12 quilos de cocaína. A suspeita foi conduzida para Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde foi autuada em flagrante por tráfico interestadual de drogas. A PC-CE mantém as investigações no sentido de identificar outros participes do esquema criminoso.

Denúncia

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 2157-8021, que é o WhatsApp do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) do Cariri, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem de áudio, de texto ou vídeo. As informações também podem ser repassadas para o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete