Ação da Policia Civil prende dupla suspeita de causar terror durante evento em Aurora

IMG-20220111-WA0009

A dupla “Piolho” e Hélio foi conduzida à Delegacia Municipal de Polícia Civil de Aurora. O primeiro foi autuado por portaria por porte ilegal de arma de fogo e receptação, e o segundo flagranteado no artigo 12 do Estatuto do Desarmamento.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Redes sociais

Dois homens foram presos na tarde desta segunda-feira (10), em Aurora, na região do cariri cearense por suspeita de aterrorizarem o município no último final de semana, empunhando arma de fogo em público durante a realização de um evento na barragem da Santa Cruz.

Arma apreendida em poder dos suspeitos. Foto: Redes sociais
Arma apreendida em poder dos suspeitos. Foto: Redes sociais

A ação policial foi efetuada por policiais civis da Delegacia de Aurora, sob a coordenação do delegado titular daquela especializada, Dr. Paulo Hernesto Pereira Tavares. Segundo informações obtidas pela nossa reportagem, na tarde do domingo (9), Hélio Marinho da Silva, de 32 anos, residente no bairro Jardim Iracema, em Fortaleza, teria se desentendido com um adolescente durante a inauguração de uma barragem no Sítio Santa Cruz, zona rural de Aurora, chegando as partes a entraram em vias de fato e a confusão se tornado generalizada. Posteriormente, Hélio teria ido a sua residência temporária no Sítio Caiçara pegar uma arma de fogo que ele teria adquirido na “Feira da Parangaba”, na capital cearense, visando retornar ao local da discussão com o objetivo de ceifar a vida dos seus algozes, mas ao saber que a Polícia Militar havia sido acionada, desistiu.

O delegado Paulo Hernesto após tomar conhecimentos de que vídeos circulavam em redes sociais em que Hélio e seu comparsa Rafael da Silva Barros, de 29 anos, apelidado por “Piolho”, apareciam ameaçando pessoas com um revólver, determinou a realização de buscas pelo armamento que foi localizado na casa de “Piolho”, vizinha à residência temporária de Hélio.

Após a prisão de “Piolho”, os agentes de segurança deram continuidade a procura por Hélio que acabou encontrado na casa de uma de sua irmãs. Ironicamente, o mesmo estava tentando se esconder da investida policial, se escondido embaixo de vários lençóis que ficavam sobre a cama, mas sua manobra artística foi logo identificada e ele foi conduzido à delegacia de policia para prestar esclarecimentos. De acordo com os policiais, Hélio já estava uma passagem tira e malas pronta para retornar à Fortaleza.

Diante dos fatos, Hélio e “Piolho” foram conduzidos a presença da autoridade policial na Delegacia Municipal de Aurora. Contra o primeiro foi lavrado inquérito por portaria por porte ilegal de arma de fogo e receptação, e o segundo flagranteado no art. 12 do Estatuto do Desarmamento.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete