Acusado de violentar sexualmente enteada em Crato é preso pela policia civil a mando da justiça

José Sueldo Pereira Feitoza (2)

Redação/Agência Caririceara.com
Fotos/Vc/Repórter/WhatsApp

CRATO. Na madrugada desta quarta-feira (08), uma Equipe da Delegacia de defesa da Mulher de Crato, com apoio dos inspetores da Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato , deram cumprimento ao Mandado de Prisão em desfavor de José Sueldo Pereira Feitoza que se encontrava foragido. O indivíduo é acusado de estuprar uma enteada sua menor de idade.

Após sua prisão José Sueldo foi conduzido a 19ª DRPC onde ficou recolhido numa das celas vindo pela manhã a ser apresentado na Delegacia da Mulher para depoimento, em seguida levado ao Núcleo de Ciências forense para fazer exame de corpo delito e posterior encaminhado a cadeia pública do crato aonde está disposição da justiça.

Agricultor acusado de Assalto e receptação preso embriagues no volante.

BARRO. José Ronélio de Oliveira Andrade, 30 anos, profissão agricultor, residente no Sitio Lagoinha, zona rural de Barro/CE foi preso ontem, por volta das 21h30, nas imediações do Posto Padre Cicero, as margens da BR-116, no Barro/CE, sob acusação de embriaguez ao volante. A prisão ocorreu após denuncias que no endereço supracitado havia um som abusivo. A polícia ao chegar ao local constatou que não havia o referido som, porem um veiculo com as mesmas características repassadas pelo solicitante, Toyota Hillux, de cor branca, ano 2008, placa HYS-9186, inscrição do Barro/CE, na ocasião se evadia do local.

O policiamento fez a devida abordagem quando verificou que o motorista havia ingerido bebida alcoólica, sendo levado ao posto da PRF-Milagres/CE, para fazer o teste do bafômetro, onde foi constatado o teor de 1,42 mg/l. Diante dos fatos, José Ronélio e seu veiculo foram conduzidos a Delegacia Regional de Policia Civil de Brejo Santo/CE, onde foi a autoridade policial determinou a autuação em flagrante do acusado. Ainda na 21ª DRPC foi verificado que José Ronélio possui antecedentes criminais por roubo a mão armada e receptação.

Leia também



PATOM

Enquete