Agente de saúde de 45 anos executado a tiros na noite deste sábado no Gesso, em Crato

Gilberto Alves Tavares, 45 anos, o “Betim da Sucan” - Foto WhatsApp

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Fotos: Vc repórter/WhatsApp

Um crime de morte foi registrado na noite deste sábado (25), na cidade do Crato. O Agente de saúde, Gilberto Alves Tavares, 45 anos de idade foi executado com seis disparos de arma de fogo, quatro na região do tórax, um no rosto e outro na mão  esquerda. O homicídio ocorreu por volta das 22 horas na rua Sete de setembro, defronte ao numeral 365 na comunidade do Gesso, Bairro Pinto Madeira.

Betim da Sucan” como era mais conhecida a vítima, residia na rua na Rua José Marrocos, 263, no mesmo bairro onde foi assassinado. Segundo informações colhidas pelo site Caririceara junto a policia, ele não possuía antecedentes criminais apesar de ser usuária de drogas.

A morte foi comunicada pela policia ao Núcleo de Ciências Forense (Antigo Instituto Médico Legal-IML) regional do cariri, em Juazeiro do Norte que deslocou uma equipe no rabecão que trasladou o corpo da vítima para ser submetido a necropsia.

Em relação a autoria do homicídio, no local do crime, prevaleceu a lei do silêncio por parte de moradores da área de onde se deu o fato.  Diligencias foram realizadas pela PM, mas nenhum suspeito foi identificado e nem preso.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

Leia também



PATOM

Enquete