Ajudante de pedreiro morre após sofrer disparo de arma de fogo em Lavras da Mangabeira

Aldevis Pires Lisboa, de 26 anos que era apelidado por “Bel” morreu após ser atingido com um tiro nas costas. Segundo a Polícia, a vítima não possuía antecedentes criminais registrados.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Redes sociais

Um ajudante de pedreiro, de 26 anos, identificado como Aldevis Pires Lisboa, que era apelidado por “Bel”, foi morto à bala na noite desta sexta-feira (18), em Lavras da Mangabeira. Segundo a polícia, o crime ocorreu na Rua Nova Floresta, bairro Vila Bancária. Até o momento, ninguém foi preso pelo crime.

O fato chegou ao conhecimento do destacamento PM do município por volta das 19h40min, via telefone de emergência (190), sobre um possível homicídio, estando o corpo da vítima caído ao solo na Rua Joaquim Vicente Machado, Bairro Vila Bancária. Uma patrulha do Policiamento Ostensivo Geral (POG) compareceu ao local onde já se encontrava uma equipe do RAIO. Os militares solicitam a presença do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas os socorristas ao examinarem o ferido constataram o óbito e observaram um disparo de arma de fogo nas costas do jovem.

Populares foram indagados pelos policiais sobre uma eventual motivação do fato, contudo, informaram que não tinham conhecimento sobre nenhuma rixa pessoal e nenhum suspeito, acrescentado que a vítima teria chegado ao local na garupa de uma moto com outro rapaz baleado, sendo que não souberam identificar quem era o condutor do veículo, o qual se evadiu de imediato. A polícia ainda foi informada o disparo que causou a more de “Bel” ocorreu na Rua Nova Floresta efetuados por dois indivíduos desconhecidos que estavam de moto, os quais empreenderam fuga para lugar ignorado. Apesar das diligências realizadas pelo policiamento do POG na tentativa de prender os acusados, até o fechamento dessa matéria, os suspeitos permaneciam foragidos.

A polícia de Lavras da Mangabeira informou que Bel não possuía antecedentes criminais registrados. Ele residia na Rua Padre Raimundo Augusto, 315, Bairro Cruzeiro. O corpo dele foi recolhido pela a equipe do rabecão da Perícia Forense do Cariri para sede do órgão, em Juazeiro do Norte onde na manha deste sábado foi necropsiado ficando a disposição da família para fazer o traslado para Lavras da Mangabeira onde será ser sepultamento.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados