Após suposto milagre, garoto de seis anos atrai multidão em busca oração no município de Cruz, Ceará

Movimentação intensa no distrito de Belém de Cima, na cidade de Cruz. — Foto Reprodução
Movimentação intensa no distrito de Belém de Cima, na cidade de Cruz. — Foto Reprodução

Conselho Tutelar notificou os pais do garoto, e o atendimento de pessoas em busca de cura foi reduzido. Populares dizem que menino fez mulher voltar a enxergar.

Um garoto de seis anos está atraindo multidões ao distrito de Belém de Cima, na cidade de Cruz, na mesorregião do Noroeste Cearense, após ter realizado um suposto milagre. Segundo moradores da região, uma mulher voltou a enxergar após receber uma reza da criança.

A história se espalhou e agora o distrito está recebendo centenas de pessoas de várias regiões, que chegam em carros de passeios e até em ônibus, em busca de atendimento com o menino.

O g1 entrou em contato com a Cúria da Diocese de Sobral, da qual a cidade de Cruz faz parte, para saber se a Diocese estava acompanhando o caso, mas até a publicação da matéria a entidade não respondeu

Além de alterar a rotina da cidade de pouco mais de 20 mil moradores (Censo de 2010), a repercussão dos atendimentos feito pelo menino levou ao Conselho Tutelar de Cruz a notificar os pais da criança a comparecerem ao órgão, o que ocorreu na última segunda-feira (5).

“Diante de tantas denúncias de exploração, o colegiado decidiu notificar os pais para comparecerem ao Conselho Tutelar”, disse o Conselho Tutelar.

Conforme o Conselho Tutelar, os pais do menino foram advertidos com base no artigo 129 inciso VII do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que trata das medidas aplicáveis aos pais ou responsável.

Além disso, eles foram orientados para que fossem reduzidos os atendimentos, conforme os artigos 4 e 17 da Lei 8.069 de 13 de Julho de 1990.

Segundo moradores da região, o garoto passou a atender só em três dias da semana, no período da manhã, com distribuição de 150 senhas por dia.

*Conteúdo do Portal G1 Ceará

Leia também



PATOM

Enquete