Assassinos do soldado Djackson do Ronda morto em Juazeiro trocam tiros com a polícia e um deles acaba morto.

Jota Lopes/Agência Caririceara.com
Fotos: Agência Caririceara.com

Na manhã desta quarta-feira (21) a polícia militar localizou entre os distritos do Cascudo e Lima Campos, no município de Icó os acusados de assassinarem na noite da última sexta-feira (16), durante uma tentativa de assalto em Juazeiro do Norte o soldado da polícia militar do Ceará, Djackson Araújo de Viveiro, o SD Djackson lotado na unidade do Ronda do Quarteirão no município do Crato.

O policial militar Djackson Araújo de Viveiro, o SD Djackson foi executado com dois tiros na nuca, em Juazeiro do Norte
O policial militar Djackson Araújo de Viveiro, o SD Djackson foi executado com dois tiros na nuca, em Juazeiro do Norte

O militar estava saindo de serviço e retornava para casa dos familiares de sua esposa na cidade de Brejo Santo, no veículo Fiat/Ducato Minibus ano/modelo de fabricação 2015, cor prata de transporte escolar, quando o motorista estacionou o carro no cruzamento das Avenidas Ailton Gomes com Maria Letícia Pereira, bairro Planalto ao lado do Atacadão Rio do Peixe e ficou aguardando uma estudante sair do Centro Universitário Leão Sampaio, para seguir a cidade de Brejo Santo, quando dois indivíduos morenos e magros, um deles armado a revólver, em uma moto de cor vermelha não identificada, anunciaram o roubo as pessoas que estavam na Topic.

O policial estava em um dos primeiros assentos e a porta do veículo estava aberta, momento em que o militar tentou sair e acabou caindo, ocasião em que um dos infratores efetuou dois disparos na nuca do policial que morreu no local enquanto que os acusados fugiam rumo à cidade de Barbalha.

A polícia passou buscar informações que levassem chegar até a dupla. Nesta manhã os acusados foram localizados quando vieram a efetua tiros contra o policiamento que revidou acertando os dois, identificados por Eduardo Nascimento da Silva, vulgo Galeguinho, 20 anos e Felipe Rodrigues da Silva, 17 anos. Os mesmos foram socorridos ao Hospital de Icó, onde o segundo não resistiu aos ferimentos. Segundo os militares foram apreendidas em poder dos acusados, duas pistolas, uma PT. Cal 45 e outra pistola de fabricação.

O tenente Coronel Paulo Hermann comandante do 2º Batalhão Policial Militar sediado em Juazeiro do Norte falou a reportagem do site Caririceara.

Escute o áudio do acusado de atirar no soldado Djackson enviado por ele (Rafael), a detentos de cadeia e presídios do cariri comentando como foi a participação na morte do militar…………

Leia também

2 respostas

  1. Ceará pacífico??? Desde quando??? Pra que investir na segurança pública se os governantes andam(com seus familiares diretos) cercados de segurança??? Vê se falta algo pra Secretaria da Fazenda(SEFAZ).

  2. A policia esta de parabem por que deu a resporta altura,a policia milita do ceara tem que bota pra lasca em cima da bandidagem.

Os comentários estão desabilitados.



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete