Avanço das águas do São Francisco muda cenário do sertão cearense

Liberadas no último dia de 1º de março, as águas do Rio São Francisco já começam a mudar o cenário do sertão cearense

A abertura da comporta do km 53 das obras do Cinturão das Águas do Ceará – CAC, no último dia 1º de março, representou o início da mudança de cenário do sertão cearense. As águas do Velho Chico estão aumentando o volume de rios e riachos de mais de cinco municípios. No caminho da transferência da água, Riacho Seco, Rio Salgado e Rio Jaguaribe já se beneficiam com a liberação, aumentando a esperança dos cearenses.

Com chegada próxima ao açude Castanhão, em Jaguaribe, as águas já percorreram os municípios de Jati, Missão Velha, Icó, Aurora e Lavras da Mangabeira. A previsão é que o desague no maior reservatório do Estado aconteça até o final da semana.

Para o secretário dos Recursos Hídricos Francisco Teixeira a chegada das águas ao açudes Castanhão pode acontecer antes do previsto inicialmente. “As calhas dos rios estão bem úmidas e com bastante fluxo natural, o que ajudou muito nesse processo de transferência. Mais no final a tendência é que a velocidade diminua, pois a calha do Rio Jaguaribe é muito larga, maior que os demais, ensejando o espalhamento da água”.

Monitoramento

Um mapa digital, desenvolvimento pela SRH, Cogerh e Funceme, realiza em tempo real o monitoramento das águas do Projeto de Integração do São Francisco em seu percurso até o açude Castanhão. O monitoramento ajuda a otimizar os processos de decisões e tomar conhecimento das perdas.

*Governo do Ceará

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados