Bolachinha morre em confronto com policiais do RAIO em Crato. Um comparsa dele de nome Graziano saiu baleado.

Bolachinha morre em confronto com policiais do RAIO em Crato. Um comparsa dele de nome Graziano saiu baleado.

Redação/Agência Caririceara.com
Fotos: Vc/Repórter/WhatsApp

Uma ação ousada de bandidos causou terror a população do Bairro Belmonte, em Crato durante a noite deste sábado (17). Conforme o boletim da CIOPS enviado à redação do Site Caririceara, dois jovens dispararam tiros contra uma equipe do policiamento do RAIO na Avenida José Horácio Pequeno, vindo um deles, a falecer e outro sair baleado com o revide por parte dos policiais à ação criminosa. O fato aconteceu por volta das 22h00min, após populares denunciarem a policia que dois rapazes, um trajando blusa azul e outro de blusa branca estariam transitando naquela área da cidade em uma motocicleta de cor vermelha, promovendo desordem e exibindo armas de fogo.

A equipe RAIO 08, sob o comando do Sargento Lima foi acionada e ao se deslocar para atender a ocorrência se deparou nas imediações do Clube Serrano com os dois acusados que trafegavam em sentido contrário ao da composição. De acordo os policiais os dois rapazes ao avistarem as moto patrulhas efetuaram vários disparos contra o policiamento que revidou vindo a atingir a dupla que veio a cair da motocicleta.

Ainda segundo os militares, o garupeiro que posteriormente foi identificado como sendo o servente de pedreiro, Guilherme Alves Batista, 22 anos, vulgo “ “Bolachinha” que residia na Travessa Assaré, 248, Bairro Seminário em Crato mesmo ferido continuou trocando tiros com os PM’s. Com ele a policia diz ter apreendido um revólver calibre 32, capacidade para seis cartuchos contendo cinco deflagrados.

A guarnição da Força Tática de Apoio sob o comando do Sargento B. Marques foi acionada para dá apoio a equipe do RAIO, vindo a socorrer “Bolachinha” ao Hospital São Francisco onde o lesionado veio a óbito. Segundo o médico que atendeu “Bolachinha”, este sofreu um tiro na região do dorso, um no tórax e outro nas nádegas. A CIOPS Crato informou que pesquisa junto ao Sistema de Informações Policiais-SIP, constatou que Guilherme Alves Batista, o “Bolachinha” respondia a um procedimento por homicídio doloso, dois por porte ilegal de arma de fogo e outro por tráfico ilícito de drogas.

Graziano Sampaio da Silva, 19 anos saiu baleado no tórax, dorso, panturrilha e na região posterior da coxa direita.
Graziano Sampaio da Silva, 19 anos saiu baleado no tórax, dorso, panturrilha e na região posterior da coxa direita.

Dando prosseguimento a perseguição ao piloto da motocicleta, o qual havia empreendido fuga pelo matagal levando consigo um arma de fogo, foi acionada a patrulha do FTA MOTO comandada pelo Sargento Jota Ferreira, mas não sendo logrado êxito.

Minutos depois a CIOPS tomou conhecimento de que um jovem teria dado entrada no setor de emergência do Hospital São Francisco, atingido por disparos de arma de fogo no tórax, dorso, panturrilha e na região posterior da coxa direita. O baleado foi identificado como sendo o vendedor, Graziano Sampaio da Silva, 19 anos residente na Rua Marechal Randon, 109, Bairro Gizélia Pinheiro, em Crato.

A policia informou que Graziano confessou ter sido alvejado a tiros quando pilotava a motocicleta Dafra Speed 150 de cor vermelha de placa NRA-332 transportando “Bolachinha” como garupeiro no momento do confronto com a composição do RAIO. O mesmo foi submetido a intervenção cirúrgica e permanece hospitalizado sob escolta policial, enquanto que a arma apreendida em poder do falecido juntamente com o veiculo utilizado pela dupla foi apresentada na 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato.

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete