Briga entre primos termina com um deles esfaqueado e outro lesionado na cabeça e fraturas em um dos braços, em Mauriti

Segundo familiares, uma queima uma broca em um terreno motivou o desentendimento que resultou nas agressões.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Uma briga entre primos por pouco não termina em tragédia familiar neste sábado (23) em Mauriti. Uma discussão por motivo fútil fez com que um agricultor agredisse o outro a golpes de faca e acabou também lesionado, além de sofrer fraturas em um dos braços.

O caso foi registrado por volta das 14h10min, no sítio Guigó, distrito de Palestina onde residem os envolvidos. José Domingos Firmino, apelidado por “Pité” foi esfaqueado no abdômen, nádegas e costas e socorrido ao hospital de Mauriti por seu irmão o também agricultor Izaquel Domingos Firmino que avisou o ocorrido ao Destacamento policial Militar do município.

O homem disse a policia que a lesão sofrida pelo seu familiar teria sido cometida por um primo, o também agricultor Elias Faustino da Silva, mais conhecido como “Guinho”. O denunciante ainda afirmou que “Pité” tinha queimado uma broca e com isso danificou estacas do terreno vizinho de propriedade do seu agressor gerando uma discussão entre os dois.

Em meio ao desentendimento, “Guinho” apontou uma espingarda tipo soca-soca em direção de “Pité” que veio a tomar arma, momento em que acabou agredido a golpes de faca peixeira pelo seu primo. Diante das informações, a composição militar soldado César e F. Diniz sob a coordenação do Comandante do destacamento PM do município o Tenente Alcebíades Brasil, foi acionada para o sítio Guigó constatando a veracidade dos fatos apreendendo a espingarda e a faca utilizadas no delito.

Após receber atendimento na unidade hospitalar de Mauriti, “Pité” acabou transferido para o hospital geral de Brejo Santo para onde também encaminhado o agressor que sofreu ferimentos na cabeça e fraturas no braço esquerdo. O atendimento da ocorrência contou com o apoio da equipe PM, Cabo Romão, Soldados Cordeiro e Walter, que ficou no hospital com a vítima e o agressor. Após serem medicados e liberados, “Pité” e “Guinho” foram conduzidos para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo para registrarem o boletim de ocorrência.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados