Cadeirante é assassinado a bala em Crato e mototaxista em Jardim.

rabecao_pericia forense FT Jota Lopes

Jota Lopes/Agência Caririceara.com

Dois homens com passagens policiais por tráfico de drogas e outros delitos foram assassinados a bala no cariri, na tarde deste sábado (17). Em Jardim o mototaxista, Merinaldo Martins da Silva, 39 anos faleceu após sofrer dois disparos de arma de fogo nas costas e outro na face. O mesmo ainda chegou a ser socorrido por populares ao hospital local, mas veio a óbito no trajeto.

Merinaldo Martins da Silva, 39 anos assassinado n cidade de Jardim
Merinaldo Martins da Silva, 39 anos assassinado na cidade de Jardim

A ação criminosa aconteceu no momento em que Merinaldo chegava a um Bar, próximo a residência onde morava na Rua Santo Antonio, imediações do Fórum no centro da cidade por volta das 14 horas. A equipe policial militar composta pelos Sargentos Gildecio e Joelson, soldados Alves e Wendel compareceu ao local do crime onde apurou junto a testemunhas que dois homens desconhecidos ocupantes de uma motocicleta modelo Bros, de cor vermelha e demais características não anotadas foram os autores do homicídio, os quais tomaram rumo ignorado. A polícia militar de Jardim informou que Merinaldo já respondeu por tráfico de drogas, crimes ambientais e posse ilegal de arma.

Cadeirante, Francisco de Oliveira Santos, vulgo “Aleijado” assassinado no Crato
Cadeirante, Francisco de Oliveira Santos, vulgo “Aleijado” assassinado no Crato

Já na cidade do Crato o cadeirante, Francisco de Oliveira Santos, 27 anos vulgo “Aleijado” morreu por volta das 15 horas, deste sábado ao ser baleado no interior da casa onde morava, na rua Francisco Antonio Viana, 20, imediações do Campo de futebol Beira Rio, no bairro Alto da Penha.

Populares disseram aos militares que atenderam a ocorrência que, dois homens desconhecidos chegaram a casa da vítima numa motocicleta modelo Bros de cor preta e placa não anotada, adentraram ao imóvel e efetuaram três tiros em “Aleijado”,  que estava deitado numa cama, dois na cabeça  e  outro no tórax para em seguida  fugirem seguindo rumo ignorado enquanto a vítima morria no local.  Segundo a polícia, “Aleijado” já possuía antecedentes criminais por trafico e tentativa furto qualificado (arrombamento).

Nos dois casos a policia ao tomar conhecimento dos fatos, passou a diligenciar na tentativa de identificar e prender os acusados, mas até o fechamento dessa matéria, sem êxito. As mortes foram informadas ao Núcleo de Ciências Forense (Antigo Instituto Médico Legal-IML) que deslocou a equipe do rabecão para trasladar os corpos para serem necropsiados.

Leia também



WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete