CÂMARA DE BARBALHA Vereadores sabatinam diretor da Unidade de Pronto Atendimento-UPA

Conteúdo e foto: Silva Neto/DC

A Câmara Municipal de Vereadores de Barbalha realizou à noite desta terça-feira (29), sua 46ª reunião ordinária do exercício 2017, sob a presidência do vereador Everton de Sousa Garcia Siqueira (Vevé), com 100% de presença dos representantes do povo em plenário, na ordem do dia correspondências recebidas de instituições e órgãos públicos tratando de vários assuntos pertinentes aos problemas requeridos pelos vereadores, matérias oriundas dos Poderes Executivo e Legislativo. Na plenária ordinária compareceu o diretor presidente da UPA – Universidade Patativa do Assaré, entidade que realizou o Processo Seletivo proposto da municipalidade barbalhense.

Projeto de Lei de autoria do Chefe da Municipalidade Barbalhense tratando da criação do Sistema Municipal de Educação, o qual, na sessão 45ª teve grande embate entre as alas de oposição e situação com artigos considerados em descordo com a legislação federal, houve pedido de vistas do líder do prefeito, Tarcio Honorato, e que seria reapresentado com as devidas correções exigidas pela ala de oposição, acabou não sendo reapresentado, e sim, teve o pedido de retira de pauta, pois a secretaria municipal de educação pretende discutir o projeto com os diretores de escolas particulares e o sindicato da categoria.

Logo em seguida se deu apreciação dos requerimentos dos vereadores: Odair José de Matos, Everton de Souza Garcia Siqueira (Vevé), Rosa Garcia e Rosálio Amorim, as reivindicações visam atender as demandas das comunidades da cidade e da zona rural, recuperação de calçamento, estradas, melhorias em campo de futebol, saúde, e melhorias no abastecimento de água em várias localidades, principalmente nos Sítios Chapada e Pelo Sinal, conforme o vereador Vevé, há 15 dias as localidades estão sem água, as famílias estão recorrendo as outras localidades distantes para ter o mínimo possível de água em casa. Todas as proposições foram aprovadas por unanimidade.

A convite dos vereadores Daniel de Sá Barreto Cordeiro e Expedito Rildo Cardoso Xavier Teles, compareceu à reunião da Câmara, o diretor presidente da UPA – Universidade Patativa do Assaré, Francisco Palácios Leite, cuja entidade foi responsável pelo Processo Seletivo recentemente realizado em Barbalha. Os vereadores Daniel Cordeiro; André Feitosa; Dorivan Amaro dos Santos; Cap Marcus Alencar; João Ilânio e Odair José de Matos, com várias indagações sabatinaram o senhor Palácios, diretor presidente da UPA – Universidade Patativa do Assaré, sobre a realização do Processo Seletivo realizado recentemente em Barbalha, no qual, foram inseridas questões políticas, uma delas cita o nome do prefeito de Barbalha e o seu partido político (PSDB), como também nome do vereador Odair José de Matos e o seu partido (13 PT) e ainda mais, quatro siglas partidárias como opção para responder à questão de número 13 do Processo Seletivo.

Os vereadores de oposição questionaram de como se deu o certame entre a prefeitura e a UPA, se foi via contrato, se foi por meio de licitação ou outros meios? Quem teria elaborado a pergunta que foi processada como a de número 13, sigla do PT incluindo o nome do vereador Odair José de Matos, que é do PT, e ainda a questão a qual partido pertence o prefeito de Barbalha. Outros questionamentos foram levantados pelos vereadores, Daniel Cordeiro; André Feitosa; Dorivan Amaro dos Santos; Cap Marcus Alencar; João Ilânio e Odair José de Matos, os quais no geral não ficaram satisfeitos, consideraram que as respostas não foram convincentes e deixou muito a desejar por parte do diretor presidente da UPA, senhor Francisco Palácios Leite.

Pela ala da situação fizeram uso da palavra, a vereadora, Rosa Garcia e o vereador Expedito Rildo Cardoso Xavier Teles, avaliando como positivo o Processo Seletivo em Barbalha, e parabenizando o diretor da UPA pela realização do certame. Para o vereador, Rildo Teles, a questão que confranta no sentido político citando o prefeito e o vereador, foi desnecessária dentro do certame, disse Rildo.

A sabatina dos vereadores ao diretor presidente da UPA, ficou concluída após uma hora e quarenta minutos de debates.

Posteriormente, o presidente da Casa, vereador (Vevé), abriu o espaço da palavra facultada, quando os vereadores solicitaram importantes pleitos advindos das comunidades barbalhenses.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados