CÂMARA DE JUAZEIRO Arnon, Bender e Raimundão articulam disputa pela presidência.

CÂMARA DE JUAZEIRO Arnon, Bender e Raimundão articulam disputa pela presidência.

Jornal do cariri / Foto: Arquivo/Caririceara.com

O prefeito eleito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB), teve que iniciar sua articulação para montar base política na Câmara mais cedo do que imaginava. A medida foi para barrar o avanço da ofensiva organizada pela oposição, encabeçada pelo candidato derrotado nas eleições deste ano, Gilmar Bender(PDT). Outro que deve disputar à presidência da nova Mesa Diretora é o prefeito Raimundo Macedo (PMDB).

Raimundão tem interesse na aprovação de suas contas de governo e de gestão, que devem ser votadas pela Casa. Apesar de não confirmada, a motivação de Bender seria uma ação do Ministério Público Eleitoral (MPE), junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que pede a impugnação do registro de Arnon, que ainda não foi julgada. Caso Arnon seja impugnado, Bender pode assumir a Prefeitura e vai precisar de maioria na Casa Legislativa.

A informação sobre a articulação de Bender para fazer a presidência da Câmara é negada pelo vereador reeleito Adauto Araújo (PSC), seu principal articulador. O edil disse que o grupo pretende apenas manterá independência do Poder Legislativo frente à nova gestão. Segundo Adauto, o grupo se reunia periodicamente.

Adauto já se articulava com 10 colegas, eleitos e reeleitos, para garantir a indicação da nova Mesa. Segundo o vereador, concorrem internamente, além dele, Capitão Vieira (PEN) e José Barreto (PPS). Os outros nomes não chegaram a ser revelados por Adauto. Sabendo da ofensiva, o prefeito Arnon Bezerra tratou de desmontar o grupo. Uma das peças chaves, o vereador Darlan Lobo (PMDB), foi contatado por um articulador de Arnon para se juntar ao grupo do prefeito eleito. Darlan acabou cedendo, sob a promessa de ser
um dos nomes para a disputa.

Neste momento, apesar de representar o fiel da balança, Darlan diz que seu nome foi colocado pelo trabalho que desempenhou quando esteve à frente da Câmara, em 2014. O peemedebista citou medidas austeras e de fiscalização que o fizeram receber do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) uma avaliação de gestão modelo

Internamente, Darlan deve enfrentar Gledson Bezerra (PNM), que tinha colocado seu nome à disposição no grupo do prefeito eleito Arnon Bezerra. Sobre a disputa entre Bender e Arnon, Darlan garante que Bender não quer formar grupo para atrapalhar a futura gestão. Ele disse, ainda, que pretende unir as três forças políticas da Câmara, representadas por Arnon, Bender e Raimundão.

Logo depois de desarticular a oposição, o prefeito eleito convidou todos os vereadores para um almoço. Compareceram 17, dos 20 futuros parlamentares que devem assumir mandatos na legislatura 2017-2020. Nas palavras de recepção aos vereadores, Arnon disse que espera contar com o apoio da nova Câmara. O prefeito eleito ressaltou que, neste momento, os poderes Executivo e Legislativo não vivem bons momentos e, por isso, a responsabilidade é maior para corresponder às expectativas.

Durante o encontro, Arnon não falou sobre eleição para a Mesa Diretora, mas conversou individualmente com parte dos vereadores presentes. No grupo, Arnon garantiu que os vereadores terão acesso total a sua administração Monteiro (PDT), Claudionor Mota (PMN), Auricelia Bezerra (PDT), Aninha Teles (PDT), Tarso Magno (PRP), Gledson Bezerra (PMN), Damian de Firmino (PRTB), Preto Macedo (PMDB), Darlan Lobo (PMDB), Seu Valmir (PPS), Nivaldo Cabral (DEM), Márcio Jóias (PDT), Capitão Vieira (PEN), Adauto Araújo (PSC), Davi Araújo (PEN), José Barreto (PPS) e Jaqueline Gouveia (PRB). Os ausentes foram Demontier Agra (PPL), Domingos Borges (PPS), Cicinho Cabeleireiro (PPL) e Rosane Macedo (PPS).

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete