Campanha dos 16 de ativismo pelo fim da violência contra a mulher segue até o dia dez de dezembro

Campanha dos 16 de ativismo pelo fim da violência contra a mulher segue até o dia dez de dezembro

João Vieira/Agência Caririceara.com
Foto: Divulgação

Lançada oficialmente no último dia (20), do mês em curso pelo Conselho dos Direitos da Mulher Cratense- CMDCM, a Campanha dos 16 de ativismo pelo fim da violência contra a mulher segue com uma vasta programação até o dia dez de dezembro.

Esse movimento desde sua primeira edição, em 1991, já conquistou a adesão de cerca de 160 países.

Mundialmente, a campanha se inicia em 25 de novembro, Dia Internacional da não violência contra a mulher, e vai até 10 de dezembro, o Dia Internacional dos Direitos Humanos, passando pelo 6 de dezembro, que é o Dia Nacional de mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres.

No Brasil, a Campanha acontece desde 2003 e para destacar a dupla discriminação vivida pelas mulheres negras, às atividades começam em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra.

Com o tema Mulher: conjuntura política e superação da violência, a campanha desse ano, pretende mobilizar a sociedade pelo fim da violência contra mulher, para tanto, foi elaborada uma vasta programação que vai desde atos públicos,, momentos formativos, a partir das rodas de conversas, reuniões, palestras, seminário, vigília, além da campanha do laço branco que tem como finalidade o engajamento dos homens no enfrentamento a violência de gênero.

Para falar mais sobre a campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher, a Reportagem conversou com a Presidente do Conselho dos Direitos da Mulher Cratense, Verônica Carvalho………………………..

O Seminário com o tema Mulher: conjuntura política e superação da violência acontecerá na URCA nesta sexta feira (25), a partir das nove horas da manhã.
A Presidente do Conselho dos Direitos da Mulher Cratense, Verônica Carvalho, destaca outra ação que também deve acontecer na sexta feira………………………..

A propósito da campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher, a Titular da Delegacia da Mulher em Crato, a Delegada Kamyla Brito, reforça a importância das mulheres denunciarem seus agressores……………………..

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete