Candidatos aprovados defendem lisura do Concurso da URCA

Depois das denúncias de candidatos, de que o concurso que visa o preenchimento de 42 vagas para professor auxiliar, assistente e adjunto da Universidade Regional do Cariri (Urca), teria apresentado uma série de irregularidades durante a seleção, dentre as quais falta de transparência por parte das bancas examinadoras, não divulgação das notas, inexistência de espelho das provas e até ligação de avaliadores com candidatos que foram aprovados.

Várias pessoas aprovadas no Concurso da Universidade Regional do – URCA entraram em contato com nossa redação para defender a lisura do certame que teve mais de 1700 inscritos de diversos estados do país.

Ouçamos o que fala Edmar de Sousa de Fortaleza………………..


Rachel Callou de
Recife confirma que em sua área tudo ocorreu de forma correta…………………..

Rosane Santos Gueudeville de
Salvador também faz a defesa do certame…………………….

Nossa redação recebeu também a seguinte carta de um professor que fez a prova:

Eu me chamo Túlio Henrique Pereira e sou natural de Itumbiara, município do interior do Estado de Goiás. Eu sou graduado em História pela Universidade Estadual de Goiás, com Mestrado em Memória pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, e com doutorado em História pela Universidade Federal de Uberlândia.

Quero informar a comunidade cratense que já participei de vários concursos públicos em diversos estados do Brasil. E que sinto muita satisfação em ter participado do concurso público para Professor Efetivo da URCA.

Eu fiquei muito satisfeito com o que vi e posso confirmar que gostei da forma que o concurso foi organizado. Muitas universidades deveriam se espelhar. Tudo que estava previsto no edital e no cronograma foi respeitado. Os monitores, os fiscais, os prazos, todos estão de acordo com o cronograma, com a resolução e com o edital.

O que me incomoda é o fato de agora alguns candidatos estarem unidos para desmoralizar o edital e o concurso público alegando muitas inverdades, inclusive.

Eu já aceitei participar de concursos em que nem direito a recurso o candidato tinha. Mas eu fui consciente disso. E posso afirmar que o concurso da URCA foi muito mais organizado que outros concursos de outros Estados.

Coloco-me a disposição da justiça e de qualquer outra instituição para atestar que o concurso se deu de forma tranquila, ética, respeitosa, acolhedora e com lisura. Minha aprovação é a prova disto.

Foto Divulgação
Por: João Vieira/Agência Caririceara.com
*Com colaboração do Radialista Paulo Dimas

Todos direitos reservados a Caririceara.com. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização sob pena, de punição de acordo a Lei dos Direitos Autorais.

Leia também

Os comentários estão desabilitados.



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados