Caravana da Cultura da Secult chega ao Cariri

Caravana da Cultura da Secult chega ao Cariri

A Caravana da Cultura na Região do Cariri teve início na manhã desta quinta-feira (8), no Cinetreatro Professor Júlio Macedo Costa, em Brejo Santo. Na programação, apresentações da Banda de Música Municipal Olívio Lopes Angelim, do jovem Gustavinho do Acordeon e do poeta e músico Moreira Paz, secretário de Cultura de Missão Velha, e a apresentação das políticas culturais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), feita pelo secretário da Cultura do Estado, Fabiano dos Santos Piúba.

Participaram do encontro gestores e agentes culturais de municípios do Cariri como Aurora, Mauriti, Barro, Crato, Milagres e Missão Velha. A Caravana continua nesta sexta-feira (9), a partir das 8h, na Vila da Música, no Crato, com inauguração do Escritório Regional da Secult no Cariri.

“É uma satisfação estar aqui para debater a cultura como fator de desenvolvimento para as cidades. O professor Antonio Cândido tem um texto que fala do direito à literatura, da literatura como fator indispensável de humanização. E podemos expandir esse conceito para a Cultura, que é o ser e o se relacionar com o mundo. Ela é nosso perceber. Nessa crise que vivemos política e de preconceitos, a Cultura tem um papel importante nisso, de humanização. Para além disso, o Ferreira Gullar diz que a arte existe porque a vida só não basta. Por isso, a cultura tem um papel transversal, nas outras políticas. Educação sem cultura é só ensino. Saúde sem cultura é só remediação. Segurança sem cultura é só violência. Isso é para que se percebam a cultura como fator central de desenvolvimento”, frisou o secretário principalmente aos gestores municipais, na abertura do evento.

Novo Edital

O gestor aproveitou para anunciar um novo edital destinado a projetos que fortaleçam os sistemas municipais de cultura. “O governador Camilo estará lançando em agosto um edital chamado Culturas das Cidades, para fortalecimento dos sistemas municipais de cultura, com o valor de R$10 milhões. Para que os municípios possam participar têm que estar com o seu sistema municipal instituído. As cidades irão apresentar seus projetos nas linhas de ação que são: equipamentos culturais, tanto para programação ou reforma de teatros, museus, bibliotecas, etc.; fomento às artes, para que municípios possam ter seus editais de incentivo às artes; a terceira linha é para o patrimônio material e imaterial; e outra linha para projetos de formação em arte e cultura. Serão aportes entre 100 e 400 mil, dependendo do porte de cada cidade”, informou.

Boas-vindas dos gestores de Brejo Santo

As boas-vindas da prefeita de Brejo Santo, Teresa Landim, foi feita à equipe da Secult, que está presente para debater a política cultural para os municípios do Cariri. “É com muita alegria que recebermos a Caravana da Cultura, a equipe da Secult e a Dane de Jade, coordenadora do Escritório Regional da Secult que será inaugurado aqui no Cariri. Somos cientes que formamos na região um caldeirão cultural. Debater e refletir a cultura é de fundamental importância”, destacou.

O secretário de Cultura, Turismo e Eventos de Brejo Santo, Miran Basílio, também falou sobre a importância do evento. “Hoje será um dia riquíssimo, visto que teremos a oportunidade de discutirmos as demandas culturais para nossos municípios. Que através da cultura busquemos dias melhores para o nosso povo!”, ressaltou.

Participaram também da abertura a diretora da Vila da Música e coordenadora do Escritório Regional da Secult no Cariri, Dane de Jade; o prefeito de Milagres, Lielson Landim; a diretora do Theatro José de Alencar, Selma Santiago; o presidente da Câmara Municipal, João Batista; e o Major Sobreira, representando a polícia militar.

Novo Escritório Regional da Secult

Durante a abertura do evento, a coordenadora do Escritório Regional da Secult no Cariri, Dane de Jade, ressaltou que a Secult está construindo uma ação para o local em diálogo com os agentes culturais. “Temos que pensar as regiões como grande terreno de desenvolvimento e criatividade. Os equipamentos de cultura estão sediados em 99% na capital, e a gente precisa mudar esse paradigma. A Cultura hoje é um bem comum que tem igual importância como a saúde, educação e precisamos fazer os gestores entender isso”, disse, direcionando sua fala para secretários de cultura de vários municípios presentes.

“O escritório será uma construção bilateral, entre Secult a sociedade. Precisamos de nossos gestores entendendo o que é a complexidade cultural. A cultura é um viés de transformação. Pensamos o escritório sediado no território do Cariri, que é composto por 29 municípios com muitas potencialidades. Ele será uma instância de mediação entre a Secult e municípios do Cariri, para fomentar a formação profissional no campo das artes e culturais e estimular a participação de gestores, agentes culturais no processo de reconhecimento e acompanhamento de ações culturais”, destacou, convidando o público para estar presente na inauguração do Escritório, na manhã desta sexta-feira, na Vila da Música, no Crato.

Atendimento às prefeituras e gestores culturais

Pela tarde, a Caravana da Cultura teve continuidade com as reuniões setoriais. A coordenadora de Artes e Diversidade Cultural da Secult, Valéria Cordeiro, conversou com gestores culturais dos municípios do Cariri sobre as visitas técnicas que a Secult vem realizando nos equipamentos do interior do Estado. “São encontros que os técnicos da Secult aproveitam para conhecer a estrutura e as demandas dos equipamentos no interior do Estado, como museus e bibliotecas”, ressaltou.

A gestora aproveitou para falar do Sistema Estadual de Bandas de Música e do Festival Música na Ibiapaba. “Estamos retomando o Sistema Estadual de Bandas de Música. Lá no Festival Música na Ibiapaba devemos nos reunir para sair com um plano para 2017 e 2018. Para os alunos e regentes, é um Festival muito importante de formação, que acontecerá neste ano de 22 a 29 de julho em Viçosa do Ceará”, comentou.

A diretora do Theatro José de Alencar, Selma Santiago, por sua vez, falou sobre o Sistema Estadual de Teatros do Ceará. “Esse sistema segue uma lei de 2005, que determina sua criação. Seu objetivo principal é promover a articulação no Estado entre gestores dos equipamentos cênicos”, ressaltou.

Os secretários de cultura dos municípios como Wilton Dedê, do Crato, também tiveram espaço para expor suas ideias, narrando sobre experiências culturais no seu município com os mestres da cultura, reforçando a importância de repasse dos saberes dos mestres nas escolas. O secretário adjunto de cultura de Mauriti, Zé Fernandes, compartilhou a ideia de que os mestres precisam de um espaço para formação e para mostrarem seus trabalhos.

Já o secretário de Cultura de Aurora, Cicero José, elogiou a iniciativa da Secult. “Estou apostando tudo nesse escritório. É uma ideia pioneira. Acho que vamos superar barreiras para fazer projetos para editais”, comentou.

Moreira Paz, secretário de Cultura de Missão Velha, em debate, fez uma abordagem sobre a importância de se catalogar os agentes culturais dos municípios. “Tenho um projeto que quero fazer há muito tempo. Quero fazer um catálogo cultural de todo município para que se possa conhecer as pessoas, quem são agentes culturais”, frisou.

Programação no Crato

Nesta sexta-feira, 9/6, no Crato, a Caravana da Cultura será sediada na Vila da Música, das 8h às 22h, com a assinatura dos termos de cooperação entre a Secult e a Universidade Regional do Cariri (Urca), para o desenvolvimento de ações no campo de pesquisa e formação, a apresentação da Política Cultural do Estado, o lançamento do Escritório Regional do Cariri, as Reuniões Setoriais, e ainda com a abertura da exposição de Xilogravura “Mestres e Mestras da Cultura do Ceará” do poeta, cordelista e xilógrafo, Otávio Menezes. Concluindo estes dois dias de atividade no Cariri, haverá também, às 19h, de uma terreirada com apresentações culturais para entrega das carteiras dos Mestres e Mestras da Cultura da Região do Cariri.

Sobre a exposição

A exposição do “Mestres e mestras da Cultura do Estado”, do poeta, cordelista, xilógrafo, Otávio Menezes, que esteve em cartaz durante a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará, terá abertura na Vila da Música, às 19h. A mostra traz 57 xilogravuras que talham os traços de cada um dos Tesouros Vivos do Ceará e estará em cartaz durante todo o mês de junho, no equipamento localizado no Crato.

“Com esses talhos, Otávio revelou não só os veios das marcas temporais em seus rostos, mas também as veias e vias das artes e ofícios, dos saberes e fazeres dos Mestres e Mestras da Cultura que transmitem nos mais diversos rincões do Ceará seus conhecimentos milenares e comunitários, pois a cultura é uma saber/fazer comum e solidário, como a vida desses mestres e como essa bela exposição de Otávio Menezes que, na verdade, é uma celebração à cultura popular e tradicional do Ceará”, descreve o secretário da Cultura do Estado, Fabiano dos Santos Piúba.

PROGRAMAÇÃO

CRATO
Local: Vila da Música, Belmonte, Crato

DIA 09 | (sexta)
08h às 12:30
Abertura Oficial.
Apresentação da Orquestra Solibel Jovem e do grupo musical “Distinto Duo”.
Apresentação da Política Cultural do Estado e lançamento do Escritório Regional da Secult noCariri.
Assinatura dos Termos de Cooperação entre Secult/CE e Instituições Locais.
Reuniões Setoriais (gestores municipais, pontos de cultura, agentes culturais, equipamentos, regentes de bandas e sistema estadual de teatro).
12:30 ás 14h
Almoço
14h às 18h
Reunião Setorial – Plenária para debate das principais questões da região do Cariri.
19h às 22h
Abertura da Exposição de xilogravura “Mestres e Mestras da Cultura do Ceará”, de Otávio Menezes.
Terreirada para entrega das carteiras dos Mestres e Mestras da Cultura da Região do Cariri.

Assessoria de Comunicação da Secult – FOTO: Nívea Uchoa

Leia também



PATOM

Enquete