“Carregadores” fazem corte de árvore para festa do pau da bandeira de Santo Antonio em Barbalha

Foto: Blog do jornalista Josélio Araújo
Foto: Blog do jornalista Josélio Araújo

De 29 de maio a 13 de junho serão realizadas as quermesses, parte religiosa, missa e procissão.

A árvore símbolo da festa do Pau da Bandeira, realizada anualmente em Barbalha, foi derrubada nesta sexta-feira (13) em cerimônia festiva realizada pelos “carregadores”, como são conhecidos os homens que conduzem o tronco pelas ruas da cidade, no dia da abertura dos festejos do padroeiro.

A festa abre as homenagens ao “santo casamenteiro”, costuma atrair cerca de 500 mil pessoas às ruas de Barbalha, durante sua realização.

Antes da derrubada da árvore, os carregadores se reúnem no Mercado Público para tomarem o caldo revigorante. Em seguida se dirigem à Igreja Matriz, onde fazem uma caminhada de mãos dadas, rezam e pedem as bênçãos ao santo padroeiro do município.

Depois de dois anos, o ritual voltou a acontecer de forma tradicional. Os carregadores subiram às matas do sítio São Joaquim, obedecendo a todas as exigências do órgãos ambientais, e, sob o comando do capitão Rildo Teles, cortaram o angico que mede mais de 23 metros e pesa em torno de duas toneladas. A árvore permanecerá na “cama” para o processo de secagem e será trazido nos ombros dos carregadores na tarde do dia 29 de maio, para ser fincado em frente à igreja matriz ostentando a bandeira do padroeiro e mostrando que a cidade está em festa.

A festa de Barbalha tem como abertura a tradicional “Noite das Solteironas”, quando “moças encalhadas ou no caritó”, pedem, em clima festivo, graças a santo Antônio para encontrar um matrimônio.

No dia 29, antes pela manhã, haverá missa de abertura e cortejo dos grupos da tradição população. No período da tarde vários artistas de renome fazem apresentações em palcos montados em diferentes pontos da cidade, antecedendo o carregamento e o hasteamento do Pau da Bandeira. Este ano, não haverá shows artísticos no Parque da Cidade. O equipamento está em reforma e os recursos que seriam destinados às apresentações serão revertidos em benefício das famílias das enchentes enfrentadas pelo município no último mês de abril.

De 29 de maio a 13 de junho serão realizadas as quermesses, parte religiosa, missa e procissão.

*Conteúdo do Blog do jornalista Josélio Araújo

Leia também



600x600px_Banner_02.04_PMB_2022

Enquete