Carro que atropelou e matou duas mulheres em Juazeiro do Norte é localizado estacionado em motel

WhatsApp Image 2022-10-04 at 06.57.13 (1)

Caminhonete Hilux SW4 de cor prata e placas KKM-3828, inscrição de Juazeiro, foi encontrada na noite desta segunda-feira (3), no estacionamento de um dos apartamentos de um Motel no bairro Limoeiro. O motorista não localizado, diz a Polícia.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Redes sociais

A Polícia Militar apreendeu nesta segunda-feira (3), em Juazeiro do Norte, uma Caminhonete Hilux SW4 de cor prata e placas KKM-3828 que atropelou e matou duas mulheres no início da madrugada, no cruzamento da Avenida Castelo Branco com a Rua Raimundo Machado da Silva, perto do Unique Condomínio, bairro Romeirão.

Segundo a PM, por volta de 00h25min, Elizângela Lima de Oliveira, de 31 anos que residia no sítio Marrocos, e Maria Edilania do Nascimento, de 50 anos, que morava na Rua Magistoso Pinto de Feitosa, bairro Frei Damião estavam numa motocicleta Honda de placa OIA-5850 quando foram colhidas pela Hilux que trafegava em alta velocidade e teria avançado o sinal vermelho abalroando o veiculo em que as duas estavam. Após a colisão o motorista fugiu sem prestar socorro as vítimas que morreram no local.

O policiamento que atendeu ocorrência informou a CIOPS a placa do carro e após pesquisa foi localizada a casa do proprietário, Matheus Giestal Rodrigues de Oliveira, de 21 anos na Rua Esmeraldo Cardoso Lobo, bairro José Geraldo da Cruz, em Juazeiro do Norte. Na residência, os policias foram informados por familiares do jovem que ele não se encontrava no local.

Por volta das 22h30min, denuncias chegadas a CIOPS, davam conta de que o veiculo atropelador se encontrava estacionado na garagem de um dos apartamento do motel cê kisabe na Rua Antonio Almeida Magalhães, bairro Limoeiro, em Juazeiro do Norte. Uma patrulha militar compareceu ao endereço indicado onde apreendeu o veiculo que foi recolhido ao pátio da 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro, a fim de ser periciado. Um advogado que segundo a PM, afirmou ser representante do acusado disse que Matheus Giestal deveria ser apresentado ainda nesta terça-feira na Delegacia de Polícia Civil.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



PATOM

Enquete