CASO TALITHA. Soldado Leonardo é expulso da Policia Militar/CE.

Leonardo Lima Tavares

Redação/Agência Caririceara.com
Fotos: Reprodução/WhatsApp

O soldado Leonardo Lima Tavares foi expulso da Policia Militar do Ceará acusado do acidente em matou a criança, Talita Piêtra Oliveira Garcia, 11 anos de idade. O acidente aconteceu na manhã do dia 18 de outubro de 2015, na Avenida Padre Cícero, imediações da passarela no bairro São José, em Juazeiro do Norte.

Leia o relatório final da trinca processante sobre o caso:

Considerando o relatório final da trinca processante, cujo entendimento pautado nos princípios que regem o devido processo legal, concluiu: “após detida análise dos depoimentos e documentos carreados aos vertentes autos, bem assim, dos argumentos apresentados pela defesa do aconselhado, em tal sentido, por unanimidade de votos, a praça acusada está incapacitada de permanecer na ativa da corporação”; RESOLVE, ante o exposto, homologar o Relatório de fls. 613/631, e punir o SD PM LEONARDO LIMA TAVARES ¬ M.F. Nº136.074¬1¬9, com a sanção de DEMISSÃO, por ser esta a punição adequada à gravidade de sua conduta, tendo em vista a prática de ato incompatível com a função militar estadual, com fundamento no Art.23, inc. II, “c”, c/c Art.33, da Lei nº13.407/2003, diante dos atos contrários aos valores militares previstos no Art.7º, incs. IV, V e X, bem como a violação dos deveres militares consubstanciados no Art.8º, incs. II, IV, V, XV, XVIII, XXIII, XXXIII e XXXIV, caracterizando, assim, a prática das transgressões disciplinares capituladas no Art.12, §1º, incs. I e II, c/ c o Art.13, §1º, incs. VIII e XXXII, e §2º, inc. LIII, todos do referido diploma legal, como sanção às transgressões cometidas. PUBLIQUESE. REGISTRE¬SE E CUMPRA-SE. CONTROLADORIA GERAL DE DISCIPLINA ¬ CGD, em Fortaleza, 11 de novembro de 2016. Maria do Perpétuo Socorro França Pinto CONTROLADORA GERAL DE DISCIPLINA DOS ÓRGÃOS DE SEGURANÇA PÚBLICA E SISTEMA PENITENCIÁRIO

Leonardo Lima Tavares ainda pode recorrer a decisão da Controladoria.
Dia 25 de janeiro acontecerá a segunda audiência.

(Com informações são do repórter Cícero Lúcio)

Relembre o caso:

Talita Piêtra Oliveira Garcia, 11 anos de idade tentava atravessar a avenida Padre Cícero quando morreu atropelada pelo Soldado Leonardo.
Talita Piêtra Oliveira Garcia, 11 anos de idade tentava atravessar a avenida Padre Cícero quando morreu atropelada pelo Soldado Leonardo.

Na manhã do domingo (18/10/2015), a criança de nome de Talita Piêtra Oliveira Garcia, 11 anos de idade que residia na Rua Antonio Jucier Pereira, 31, no Bairro José, em Juazeiro do Norte, morreu ao ser atropelada por um carro por volta das 08 horas. O acidente aconteceu na Avenida Padre Cícero, imediações da passarela no bairro onde a mesma morava.

De acordo a policia, o veiculo atropelador trata-se de um Pálio de cor cinza e placa OIL 9983, inscrição de Juazeiro do Norte guiado pelo Soldado da policial militar do Ceará, Leonardo Lima Tavares, o qual segundo testemunhas, trafegava em alta velocidade que após colher a vítima se evadiu sem prestar o devido socorro a criança que teve morte no local.

Por volta do meio-dia, o militar foi localizado junto com carro pela polícia e apresentado na 20ª DRPC. De acordo com informações, a vitima tentava atravessar a avenida quando o fato se deu.

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete