Cerca de 3 mil oportunidades de emprego e renda são oferecidas durante o Mês do Trabalhador

unnamed FOTO GOVERNO DO CEARÁ

Se o trabalho traz dignidade ao homem, o Governo do Ceará preparou uma programação especial para gerar mais emprego e renda para os cearenses. Um conjunto de ações voltadas para os trabalhadores será realizado pelo Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT) durante todo o mês de maio. E a abertura aconteceu nesta segunda-feira (2), na Unidade de Atendimento do Centro, em Fortaleza, com a presença da governadora do Ceará, Izolda Cela. A ação é uma parceria com o Governo do Ceará por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), em comemoração ao Dia do Trabalhador.

“O Ceará tem trabalhado muito, com o Governo liderando ações nas diversas instâncias para apoiar empresas, trabalhadores e crédito para os pequenos. Entre as ações, está o Ceará Credi, uma linha de microcrédito orientado voltada para apoiar e incentivar os pequenos empreendedores. Eles são uma fonte muito importante de crescimento, de força para a nossa economia. Para além disso, investimos em ações sempre pautadas na preparação das pessoas, pois essa base educacional é necessária. Temos que ter uma geração bem preparada, e assim abraçar as oportunidades de emprego e renda”, disse a governadora.

Os trabalhadores que comparecerem às unidades de atendimento do IDT/SINE em Fortaleza ou no interior, contarão com uma programação diversificada que inclui mais de 3 mil oportunidades de colocação no mercado de trabalho bem como de geração de renda: entre vagas de emprego, concessão de crédito (para os que pretendem empreender) e encaminhamentos para serviços autônomos.

Com a programação especial, Vladyson Viana, presidente do IDT, projeta atender cerca de 60 mil pessoas nesse mês de maio. “Nesse momento de superação da pandemia, a gente vai atender esse trabalhador cearense com várias oportunidades de geração de renda. Seja no emprego formal, ou através de microcrédito pra estimular o empreendedorismo, seja para o trabalhador autônomo que presta um serviço pontual. É um conjunto de serviços para gerar mais oportunidades aos cearenses, com a ampliação do atendimento do IDT e de outros serviços”, explica.

Haverá ainda, durante todo o mês, palestras, plantão para análise de currículo e orientação profissional, atendimento para profissionais autônomos e pessoas com deficiência, cadastro, tira-dúvidas e habilitação ao seguro-desemprego, acesso ao microcrédito (através do Ceará Credi), e outras atividades voltadas à informação e a geração de oportunidades de trabalho e renda.

“Estamos trabalhando muito, temos um planejamento estratégico que procura incentivar os setores que mais geram emprego e renda aos cearenses. Fábricas expandindo, recuperação do agronegócio, e a gente procura capacitar nossos trabalhadores, para que encontrem não apenas recolocação, mas que exista uma melhoria salarial. Continuar crescendo é um dos grandes desafios da economia cearense”, apontou Maia Júnior, titular da Sedet.

Atendimento especial

O projeto Ceará de Oportunidades promoverá também atendimento especial em todas as 18 unidades do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT). Nos locais, continuam o atendimento tradicional de intermediação de mão de obra, mas também várias ações serão realizadas ao longo de todo o mês de maio.

Além das oportunidades de emprego e renda, na segunda (2) e terça-feira (3), o Governo do Ceará, por meio da Sedet e outras instituições parceiras, oferta uma programação de serviços para os trabalhadores, na Praça do Ferreira, das 8h às 16h.

“Nós, como poder público estadual, estamos à disposição dos trabalhadores, aqui temos atendimento e orientação para a área da saúde, segurança, educação, cultura, e proteção social, com muitos serviços agregados. Mas o mais importante, gerar oportunidades através das capacitações, e da orientação profissional, gerando encaminhamento para o mercado de trabalho, estágio, carteira assinada, trabalho autônomo, e assim valorizarmos o trabalhador”, ressaltou Onélia Santana, secretária da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS).

Ceará Credi

Uma das ações será uma orientação e cadastro para o Ceará Credi, um programa que concede crédito e capacitação para microempreendedores, com o objetivo de contribuir para a criação e fortalecimento dos pequenos negócios no estado, gerando mais emprego e renda.

No primeiro momento do programa, foram disponibilizados R$ 100 milhões de investimento em microcrédito produtivo orientado. Desse valor total, já foram contratados mais de R$ 62 milhões, distribuídos para um total de 23.442 – microempreendedores financiados. As pessoas inscritas têm seus cadastros analisados e podem ter acesso a créditos que variam de R$ 500,00 a R$ 5 mil. Após análise de elegibilidade e priorização, o atendimento é feito por meio de um dos 108 agentes de crédito, que estão alocados em 47 postos de atendimento distribuídos em todo o Ceará, em parceria com o IDT.

Para o casal Carla Daniele e Otacílio Ferreira, a oportunidade chegou com o Ceará Credi. “Nós temos um pequeno negócio na área de perfumaria e produtos de beleza, e já havíamos tentado financiamento com bancos, mas nunca conseguimos. Até agora! FIcamos felizes demais em ter esse dinheiro para reinvestir no nosso negócio”, explicou Otacílio.

“Eu havia me inscrito no final do ano passado, e hoje conseguimos a liberação de R$ 2 mil, para impulsionar nossas vendas. São parcelas que cabem no nosso bolso, e com a orientação e capacitação do Ceará Credi, vamos usá-lo da melhor forma que possível”, explicou Carla Danielle.

A programação do Ceará de Oportunidades segue até o final de maio nas unidades do IDT, mas na Praça do Ferreira, até esta terça-feira (3), os trabalhadores têm a sua disposição uma série de serviços como emissão de carteira de identidade, CPF, cadastro para doação de medula óssea; aplicação de vacinas; exibição de filmes no Cine Teatro São Luiz; orientações do Detran, palestras; e atividades para as crianças.

Acesse aqui a programação

Presentes

Também estiveram presentes os secretários Chagas Vieira, da Casa Civil, Fabiano Piúba, da Cultura do Ceará, e Sandro Caron, da Segurança Pública e Defesa Social.

*Governo do Ceará

Leia também



600x600px_Banner_02.04_PMB_2022

Enquete