Chuvas devem ficar abaixo da média na região dos principais reservatórios do Estado

A previsão é que regiões litorâneas ou serranas possam receber intensos volumes de chuva. ( FOTO: VC Repórter/Rafael Lemos )

Diário do Nordeste

O novo prognóstico da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) divulgado nesta terça-feira (21), aponta que a região Jaguaribana, onde ficam os principais reservatórios do Estado, deve receber volumes abaixo da média histórica. A informação foi confirmada pelo presidente do órgão, Eduardo Martins.

Entretanto, para todo o Ceará, há uma maior probabilidade de chuvas em torno da média no período de março a maio deste ano. De acordo com a análise da fundação, há 37% de probabilidade para a categoria abaixo da média, 43% de probabilidade para a categoria em torno da média e 20% de probabilidade para a categoria acima da média.

Já nas regiões litorâneas ou serranas, existe a possibilidade de ocorrerem eventos extremos de chuva.

Dados anteriores

O novo prognóstico é semelhante ao que já tinha sido divulgado em janeiro deste ano. Depois de cinco anos de seca, a probabilidade era de chuvas dentro da média histórica em 40% para os meses de fevereiro, março e abril.

As precipitações acumuladas durante o último mês da pré-estação chuvosa no Ceará (janeiro) ficaram abaixo da média mensal e causaram diferentes impactos nas regiões cearenses. De acordo com o último mapa do Monitor de Secas do Nordeste (MSNE), as chuvas de janeiro trouxeram uma discreta melhora para a região noroeste do Estado.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados