Coema aprova projeto para extração de gipsita em Santana do Cariri

gipsita.fotodivulgacao1

O Conselho de Meio Ambiente (Coema) aprovou nesta quinta-feira (2) o projeto para extração de gipsita no município de Santana do Cariri, de interesse da Empresa Chaves S/S Mineração e Indústria. O projeto tem como objetivo a extração de gipsita com a finalidade de fabricação de gesso, em uma área de 18,70 hectares da zona rural da região.

A área requerida para pesquisa e que será a mesma para a lavra do empreendimento, mede 224,42 ha, e está localizada em terrenos pertencente a Chaves S/A.

O mineral gipsita é um sulfato de cálcio di-hidratado (CaSO4.2H2O), geralmente branco ou incolor, micáceo, lamelar, de brilho nacarado, fibroso e de dureza baixa, que ocorre em diversas regiões do mundo. Apresenta um amplo e diversificado campo de utilizações.

Segundo o projeto, a instalação e a operação do empreendimento oferecerão oportunidades de emprego nas localidades adjacentes e região. Durante a fase de implantação, a mineradora ofertará oportunidades de aproveitamento para a mão de obra, gerando empregos diretos e indiretos.

Com a aprovação do colegiado, o empreendimento passa para a próxima fase de seu licenciamento ambiental, com emissão da licença prévia da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace).

Em formato virtual, a 298ª reunião ordinária do Coema foi presidida pelo secretário Estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno, com participação do secretário executivo do Conselho e superintendente da Semace, Carlos Alberto Mendes.

A íntegra do encontro está disponível no canal do Youtube da Semace.

*Governo do Ceará

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete