Com 11 clubes, Taça Fares Lopes 2016 começará no dia 7 de agosto

A sétima edição da Taça Fares Lopes terá 11 clubes na disputa pelo título e será iniciada no dia 7 de agosto. Após definição dos participantes, fórmula de disputa e cronograma, a Federação Cearense de Futebol elaborou o regulamento e a tabela básica da competição.

Diante da desistência do Ferroviário de participar do certame, as equipes serão divididas em três grupos. Os quatro melhores colocados do Grupo A1 avançam às quartas de final, junto com os dois primeiros colocados dos Grupos A2 e A3.

As partidas da fase de mata-mata (quartas de final, semifinal e final) serão disputadas em ida e volta, definidas por índice técnico (1º lugar geral x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º) e com o mando do time de melhor campanha no segundo duelo.

A competição será iniciada no dia 7 de agosto, com quatro partidas. Os jogos da final estão previstos para os dias 16 e 23 de outubro.

Criada em 2010 pela FCF, a Taça Fares Lopes já teve seis campeões: Horizonte (2010 e 2011), Guarani de Juazeiro (2012), Barbalha (2013), Icasa (2014) e Guarany de Sobral (2015). Confira a lista.

Veja os grupos da Taça Fares Lopes 2016:

Grupo A1
Ceará, Floresta, Fortaleza, Horizonte e Guarani de Sobral

Grupo A2
Alto Santo, Esporte Clube Limoeiro e Quixadá

Grupo A3
Crato, Guarani de Juazeiro e Icasa

Para ver a tabela básica da competição, clique aqui

Para ver o Regulamento Específico da Competição, clique aqui

Assessoria de Comunicação da Federação Cearense de Futebol

Leia também

5 respostas

  1. A quem interessa a derrocada do Ferrim? Ao Leão e o Vozão, não. Certamente à Federação, com o intuito de agradar (R$) aos prefeitos desses timecos do interior que estão jogando dinheiro na praça.
    Se o Ferrim se acabar, leva consigo parte da história gloriosa do futebol cearense, que hoje se resume somente ao Ceará (Glorioso) e ao Fortaleza (Tricolor de Ação). O restante é somente para completar tabela.

  2. Lamento o Ferroviário não participar da copa. Sem ele a copa e o futebol cearense só perdem.

    1. Quando eu jogava em clubes suburbanos, na década de 60, nós vencíamos, com exceção de Ceará e Fortaleza, qualquer timeco desse que tá nessa disputa. Aliás, cansei de vencer Itapipoca, Itapagé, Uruburetama, Itaitinga, Horizonte e outros de somenos. Hoje, qualquer jogador de meia-tigela quer ganhar mais de 10 mil por mês. As prefeituras, com o dinheiro do povo, podem fazer isso; mas, o Ferrim, que vive de poucas doações, não tem como. Vou continuar ajudando o Ferrim como posso, mas creio que ele não terá mais muito fôlego pra aguentar o que vem pela frente.

Os comentários estão desabilitados.



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Eleitorado nas urnas: você é a favor do voto impresso?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados